top of page

WRC: Puma Hybrid Rally1 e a Ford prontos para o Rally de Portugal


WRC: Puma Hybrid Rally1 e a Ford prontos para o Rally de Portugal

O M-Sport Ford World Rally Team preparou-se com afinco para o Rally de Portugal, quinta prova do Campeonato do Mundo FIA de Ralis 2023, na estrada de 11 a 14 de maio. Portugal é uma das provas mais icónicas do calendário do WRC, conhecida pelos seus troços em terra rápidos e técnicos, neles incluindo-se o famoso “salto de Fafe” e a SuperEspecial de Lousada.


Trata-se de um rali que, em geral, testa as capacidades dos pilotos e a resistência das máquinas, este ano ao longo das 19 desafiantes especiais cronometradas, numa distância competitiva total superior a 300 km.


A Ford será o “Carro Oficial” do Rally de Portugal, dotando a organização de uma frota de 15 viaturas, todas elas destinadas ao serviço da prova organizada pelo Automóvel Clube de Portugal.


Além disso, terão dois Ford Ranger Raptor 3.0 de 288 cv nas funções de “Carro Zero”, devidamente identificados, que precederão a passagem dos participantes pelas especiais cronometradas ao longo dos quatro dias de competição.


Desportivamente, os pilotos do M-Sport Ford World Rally Team estão ansiosos pelo desafio e determinados a alcançar um bom resultado em Portugal, em especial depois do teste pré-rali de há uma semana. Atualmente, o estónio Ott Tänak é quarto classificado no Campeonato de Pilotos, a apenas 4 pontos do primeiro lugar, pelo que se aguarda uma luta renhida ao longo do rali.


Desde que o campeonato regressou à Europa e agora que têm início os ralis em pisos de terra, a luta pelas primeiras posições está a aquecer, estando Tänak ansioso por disputar a vitória em Portugal. O objetivo não é outro senão colmatar o fosso que o separa da liderança.


A posição de partida para as especiais é crucial nos ralis de terra. Tänak vai ser o terceiro na estrada na etapa de sexta-feira, o que lhe permitirá tirar vantagem face aos dois rivais à sua frente, que terão de enfrentar uma superfície de terra um pouco mais solta e menos aderente.


A equipa está confiante de que a experiência e as competências de Tänak lhe darão alguma vantagem nas desafiantes especiais do Rally de Portugal.


Também Pierre-Louis Loubet irá bater-se ao volante do Puma Hybrid Rally1, nesta que é a sua superfície favorita.

WRC: Puma Hybrid Rally1 e a Ford prontos para o Rally de Portugal

Será, também, um fim de semana de ação para os pilotos que utilizam o Fiesta Rally2, já que a M-Sport conta com um trio de pilotos muito talentosos: Adrien Fourmaux, Grégoire Munster e Robert Virves, que integram a categoria WRC2 com grandes expectativas. Fourmaux destacou-se recentemente no México e na Croácia graças às melhorias introduzidas no Fiesta Rally2, alcançando tempos competitivos em ambos os ralis.


Rich Millener, Diretor de Equipa do M-Sport Ford World Rally Team: "Tivemos um bom início de temporada, mas sabemos que a competição se torna mais difícil à medida que progredimos. O Ott tem demonstrado um ritmo e consistência incríveis até agora no campeonato, sendo que estamos confiantes que ele será capaz de continuar a demonstrar a sua excelente forma em Portugal. Também estamos ansiosos para ver o que o Pierre-Louis poderá fazer na terra e temos expectativas também muito altas na categoria WRC2. A equipa tem trabalhado arduamente, estamos constantemente a melhorar os nossos Puma e a desenvolver as nossas estratégias de evolução em termos de material. Este trabalho árduo tem de dar frutos em Portugal. A equipa está muito expectante para ver o que este rali nos reserva e ansiosa por dar um show aos seus fãs."
WRC: Puma Hybrid Rally1 e a Ford prontos para o Rally de Portugal

Ott Tänak: "Entramos agora na temporada de terra, onde as coisas começam a ficar mais sérias em termos de luta pelo campeonato. Tendo feito testes nesta superfície, ainda estamos um pouco atrasados em alguns pontos, mas toda a equipa está a trabalhar a fundo para encontrar modos de melhorar, sendo que ainda temos espaço suficiente para testar mais soluções. Vimos no México que os nossos concorrentes são fortes na terra e temos algumas áreas onde precisamos melhorar. Portugal é, em geral, um rali rápido, com uma superfície bastante arenosa, com algumas segundas passagens que podem ser muito duras e exigentes, mas vamos procurar reduzir a margem para continuar na luta."

Pierre-Louis Loubet: "Estou muito feliz por regressar a Portugal, ao que é o meu rali favorito, pois tenho experiência neste terreno. O objetivo não é outro senão conseguir um bom resultado. No ano passado foi o meu primeiro rali em terra com a equipa e a minha velocidade esteve lá, mesmo sem ter experiência com o Puma. Tenho a certeza de que podemos alcançar grandes coisas este ano."


Adrien Fourmaux, piloto WRC2: "Esta será a minha terceira vez em Portugal, mas a primeira vez ao volante de um Rally2. É um bom rali e seguido por muitos espectadores, adoro a sua atmosfera. Gosto de correr na terra e espero obter um bom ritmo, como no México. Esperamos um bom resultado, porque estamos a trabalhar muito para o alcançar.”

 

Com jornalistas nos dois lados do oceano, informamos que nossos textos contêm expressões e palavras utilizadas tanto no Brasil como em Portugal, de acordo com a origem do conteúdo e o mercado principal a que se destinam.


Visite nossa Plataforma de Compra e Venda de Veículos e tenha atendimento com especialistas que vão ajudar você a realizar o melhor negócio



Gostou da matéria? – Saiba que a sua contribuição é muito importante para a realização do nosso trabalho de jornalismo independente e totalmente gratuito. Saiba como apoiar aqui


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção #Automobilismo entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page