• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Por R$ 138.290, furgão Jumpy da Citroën já vem com vidros laterais

Atualizado: Set 4


Um dos modelos da Citroën mais desejados por empreendedores e donos de negócios de todos os tamanhos ganha uma nova versão. A partir de hoje, está disponível na rede de concessionárias o Citroën Jumpy Vitré. O utilitário recebeu modificações em relação à versão anterior, que prometem agradar ainda mais ao seu público. Ele chega ao mercado pelo preço público sugerido de R$ 138.290.


O Citroën Jumpy Vitré é ideal para receber adequações, de acordo o perfil do empreendimento. Entre as vantagens, estão os vidros laterais, que facilitam as modificações e evitam cortes na lataria externa. Por ser um veículo voltado para transformações, na área interna, na parte do compartimento de carga, o acabamento foi todo remodelado e alguns itens que os transformadores iriam normalmente descartar foram suprimidos para facilitar o serviço. O separador inferior de cabine também foi excluído.


O utilitário ganhou maior capacidade de adaptação e precisará de menor nível de intervenção para transformações. Ou seja, menor tempo parado na oficina e custos extras. Essas características geram menor TCO (ou custo total de propriedade), assegurando mais produtividade, eficiência e, consequentemente, maior rentabilidade.


A nova versão mantém a lista de equipamentos do Furgão Pack, e as mudanças realizadas privilegiam o consumidor que pretende fazer transformações no utilitário e adaptá-lo à sua necessidade. O compartimento de carga, por exemplo, permanece livre, amplo e com as portas traseiras para as mais diferentes destinações. Já as laterais do veículo, agora, passam a ser equipadas com vidros.

Outra grande vantagem são as dimensões funcionais do utilitário, que não exigem atualização da carteira de motorista para veículos pesados. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, o utilitário original, dependendo do tipo de adaptação (sendo inferior a 8 passageiros), o condutor habilitado na categoria B (mais comum em veículos de passeio) está apto para guiar o Citroën Jumpy Vitré.


Com capacidade para até 1.500 kg de carga útil, altura máxima de 1,94m, volume de até 6,1m³ e comprimento de 5,30m, sua agilidade e versatilidade se destacam no trânsito das grandes cidades ou em trechos rodoviários.


A porta lateral é deslizante e as portas traseiras, 50/50, possuem abertura de 90°, podendo chegar a um ângulo de 180°, que facilitam o carregamento, descarregamento e adaptação a qualquer que seja o ramo de negócios do proprietário, uma vez que não encostam no solo das áreas de abastecimento – como docas dos centros logísticos. Com a abertura bipartida, inclusive, é fácil o avanço de uma empilhadeira. O assoalho é alto e em posição ergonômica, facilitando posicionamento adequado para carga, descarga e o deslocamento dentro do furgão.

MOTOR E SUSPENSÃO


O moderno e já consagrado por sua excelente performance motor BlueHDi 1.6 Diesel de 115cv / 30 kgfm – associado a uma caixa manual de seis marchas também equipa esta versão do Citroën Jumpy Vitré. O propulsor é um dos responsáveis por tornar o furgão uma é referência em seu segmento e garante o melhor índice de consumo em sua categoria e autonomia de quase 900 km.


Ao adotar as normas de motorização EURO 6 (conjunto de regulamentações sobre emissão de poluentes para motores diesel que, em comparação com a vigente no país, prevê uma redução ainda maior de emissão desses gases) assegura um menor nível de emissões de gases poluentes.


Mesmo com um motor com excelente aceleração e força de arranque, o Hill Assist vem dar um toque de conforto e praticidade ao motorista que não precisa se preocupar com a inclinação do terreno em que o parou o furgão.

SEGURANÇA

O Citroën Jumpy Vitré vem equipado com dois airbags frontais para proteger os passageiros em caso de colisão na parte dianteira do veículo. O controle eletrônico de estabilidade (ESP) garante segurança e conforto na direção ao motorista, além de auxiliar na condução do veículo em situações potencialmente de risco, como em curvas mais fechadas, desvios bruscos de rotas ou pisos escorregadios.


O condutor ainda conta com o alerta de fadiga, que acende uma luz no painel sugerindo que faça uma parada de descanso após dirigir por mais de duas horas ininterruptas acima de 65 km/h. O sistema de freios é composto por discos dianteiros e traseiros, sendo os da frente ventilados.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Automóveis entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br


Laja Revista Publiracing
Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !