top of page

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta

Atualizado: 2 de ago. de 2021


Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta
Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta
Ficha técnica Hyundai Creta Prestige

Nossa equipe rodou durante alguns dias com a versão Prestige (topo de linha) do SUV Creta da Hyundai. É essa experiência que vamos passar para vocês nas próximas linhas, expondo as percepções ao dirigir um carro que se mantem como uma das preferências do brasileiro no segmento, mesmo se tratando de um produto que não vem sofrendo grandes alterações nos últimos anos, no entanto, ele nunca deixou de receber atualizações que o foram deixando em bom nível, tanto quanto a equipamentos como design, antecipando que o modelo ganhará no final deste ano uma nova geração.

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta

Com um desempenho comercial ainda muito interessante, a decisão de mudar quando se está no topo, nos remete ao que aconteceu com o hatch HB20, que mudou radicalmente em 2019 quando também estava consolidado no grupo dos preferidos no segmento dos compactos. Com essa ação a marca evita que o modelo perca seu espaço de mercado, numa atitude arriscada e ao mesmo tempo corajosa. Essa mudança quando se está em alta é um misto de respeito pelo consumidor e observação atenta das tendências, num posicionamento que corresponde ao que é hoje o mercado automotivo, onde deixaram de ser as marcas a ditarem as regras do jogo, mas muito mais os desejos ou necessidades do consumidor que com as suas escolhas vão mostrando para as montadoras o caminho a seguir nas evoluções e inovações que cada uma apresenta.

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta
Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta

E a Hyundai Motor Brasil com sua produção local consegue agradar aos desejos do consumidor local e incorporar em seus produtos suas principais características como marca, muitas delas evidentes no Creta e responsáveis pela contínua competitividade do modelo em seu segmento.


Mas ainda antes de transmitir nossas percepções, agradecemos desde já a vossa leitura, deixando o espaço de comentários à disposição para interagirem conosco através da vossa opinião e agradecendo também o compartilhamento da matéria com conhecidos, amigos e família. Outro convite é para que se inscrevam no nosso canal de vídeo no youtube, além de sugerir que sigam nossas mídias sociais no Facebook, Instagram e Twitter.


Como escrevemos acima, o desempenho do Creta ainda é bem interessante, sendo nos últimos meses o segundo SUV compacto mais vendido, só perdendo para o Jeep Renegade que lembramos foi atualizado em Dezembro de 2020.

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta

Foram 5 902 unidades do modelo emplacadas em Junho e 6 983 em Maio, acumulando 33 493 unidades do modelo saídas das lojas para as ruas, superando com louvor modelos atualizados recentemente, sobrevivendo a um mercado conturbado pelos problemas globais na produção, especialmente a falta de semicondutores que tem afetado a produção também no Brasil, levado mesmo à paralização de linhas de produção e, naturalmente, falta de alguns produtos no mercado.


Para o cliente que não gosta de esperar e quer comprar seu carro novo imediatamente, ele vai à loja, ou marca, que tiver disponibilidade, e esse parece ser mais um fator que tem ajudado no desempenho do Creta, já que modelos concorrentes como o Tracker da Chevrolet, por exemplo, simplesmente desapareceram das lojas após a paralização da produção, fazendo o modelo da GM despencar nas vendas.

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta

Em termos de design o Creta sempre foi, em nossa opinião, um modelo conservador, sem grandes arrojos de inovação, mas aplicando em suas curvas muito do que se deseja num SUV compacto atraente e agradável. Além disso, sua postura é de um veículo de porte interessante. São 4.270 (mm) de comprimento, 1.780 de largura, 1.635 de altura, finalizando com 2.590 de entre-eixos.


Com estas dimensões a sensação que fica ao observar o Creta é de uma proposta encorpada. Como destaques no exterior podemos referir o conjunto de lanternas, faróis principais (com projetor) e de condução diurna tudo em LED, a utilização harmoniosa das peças em plástico para dar acabamento na carroceria, com destaque especial para a grade frontal de generosas dimensões, destacando o logo da Hyundai ao centro em cromado. Aliás, o acabamento em cromado é utilizado pela marca de forma sempre muito elegante em seus modelos e versões mais sofisticadas, sendo escolhido, por exemplo, para as maçanetas das portas e pegador do porta malas, harmonizando com as barras de teto longitudinais na cor prata, e naturalmente, com as elegantes rodas de liga leve diamantadas de 17" onde são instalados pneus de medida 215/60 R17.

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta
Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta

Como notas finais ao exterior do Hyundai Creta Prestige, referir que os espelhos retrovisores (ajuste elétrico e luz indicadora de direção) são na cor da carroceria, e a antena é do tipo barbatana de tubarão, na cor preto brilhante, finalizando nossa observação com uma referência ao elegante spoiler que dá continuidade ao teto do Creta e que tem incorporado uma luz de freio adicional.


Hora de passar para o interior que é um dos destaques do Creta. Começamos obviamente pela inédita pulseira que permite acesso ao nosso SUV sem chave, e com ela no pulso podemos também dar partida ao motor. Uma exclusividade que poderá ser prática em momentos ou circunstâncias.


O interior do SUV compacto da Hyundai se apresenta sóbrio e bem equipado, no entanto, sentimos a falta da opção de um teto panorâmico ou até mesmo de um simples teto solar. Algo que consideramos fundamental para ser competitivo diante das novidades que vêm chegando ao mercado nacional neste competitivo segmento.

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta

Mas a Hyundai trabalha muito bem a sofisticação que quer entregar para a versão mais completa do modelo, com o acabamento em couro sendo destaque em diversos pontos no interior, como, por exemplo, o couro sintético utilizado nos bancos, no revestimento da alavanca de câmbio, nos apoios de braço das portas e do console central, além do volante. Ainda complementando o interior sem dúvida agradável do Creta, as maçanetas internas, em cromo acetinado. Os dois tons do interior, inclusive nos bancos, deixam o habitáculo muito atraente e elegante, assim como a iluminação (em tons de azul), de todos os principais comandos e do painel de instrumentos, permitindo viagens noturnas muito agradáveis ao volante do Creta.

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta

O interior da versão Prestige é muito bem equipado, disponibilizando ar-condicionado automático digital com saída de ar para os bancos traseiros, carregador wireless para smartphones, espelho retrovisor interno eletrocrômico, acendimento automático dos faróis (sensor crepuscular), câmera de ré com linhas dinâmicas e sensor de ré, vidros elétricos dianteiros e traseiros com funções one-touch (descida e subida) e antiesmagamento, além de encosto de cabeça e cinto de segurança de três pontos para todos os lugares, sem esquecer o sistema de fixação ISOFIX® com top tether para cadeirinha de bebê e assento infantil.


Além destes itens, referência para o bom pacote de seis (6) airbags, com bolsas frontais, laterais de tórax e cortina.


A central multimídia é a prática blueNav com tela touchscreen de 7 polegadas com navegação GPS, incorporando a não muito comum TV digital, com integração aos sistemas Apple CarPlay e Google Android Auto, conexão Bluetooth com streaming de áudio e comandos no volante. O bom sistema de áudio é distribuído através de 4 alto falantes e 2 tweeters, com uma função que baixa o som do que estivermos ouvindo para nos lembrar que estamos chegando perto de um radar de velocidade. Com tantos destes aparelhos espalhados nos lugares mais despropositados e que servem para controlar alterações a limites de velocidade de difícil compreensão, ter uma tecnologia assim ao nosso dispor no veículo que dirigimos é muito interessante, até para nós, que interiorizamos e incentivamos um comportamento cívico e correto no trânsito, sendo este um sistema que ajuda, principalmente, a evitar surpresas desagradáveis até para o mais cuidadoso motorista.

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta

Sentados no banco do condutor e numa posição de condução muito correta, olhamos a nossa volta e observamos um interior muito sóbrio e elegante, onde o espaço interno é generoso e o aproveitamento dos espaços para objetos é também ela corretamente distribuída. Todos os principais comandos estão bem posicionados e permitem um acesso fácil e prático, sem necessitar tirar a atenção do condutor e desviar sua atenção da condução. Ainda de fácil leitura é o painel de instrumentos, bem agradável e prático em sua interpretação, harmoniza muito bem suas cores com o restante do habitáculo.


Ainda antes de acionar o botão de ignição do motor, referir que o sempre importante espaço para bagagens entrega no Creta um volume de 431L, muito idêntico ao disponibilizado, por exemplo, no Nissan Kicks (432L), maior que o do Chevrolet Tracker (393L) e bem maior que o líder Renegade, que entrega apenas 320L. No segmento, o destaque continua sendo o Renault Duster com 475L.

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta

Hora de acionar o botão de partida do motor e dar inicio ao nosso teste dinâmico. A motorização para esta versão topo de linha do Creta é o 2.0 (1999 cm³) flex que entrega 166 cv com etanol e 156 cv com gasolina a 6.200 rpm, já o torque é, respetivamente, 20,5 (kgfm) e 19,1 a 4.700 rpm. Um motor já conhecido de testes anteriores realizados pela nossa equipe e que confirmou sua característica mais conservadora, embora robusta e consistente, mas que, apesar de um nível de potência até interessante, chama muito mais a atenção pela confiabilidade que pelo desempenho.


A relação entre o motor e o câmbio automático (com modo manual) de 6 marchas não é tão “afinada” como no Creta equipado om o motor 1.6, e a utilização do modo manual é uma ótima opção para quem não quer ter surpresas tão desagradáveis com o consumo. Antecipando o resultado final do teste dinâmico, em nosso circuito misto (urbano/estrada), o Hyundai Creta com este motor 2.0 entregou uma média de 7,4 km/l com etanol, um resultado não muito positivo, no entanto, é uma escolha mecânica interessante para quem pensa em longevidade e confiabilidade para o seu veículo. Vale aqui a antecipação que o novo Creta, que chegará até final do ano, já terá opções com motor turbo, mais modernos e eficazes.

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta
Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta

Com controles de tração e estabilidade, o Hyundai Creta Prestige é muito equilibrado em suas reações, sendo confortável e naturalmente eficiente na absorção das imprecisões em estradas e ruas, bem como muito estável em curva. Com recursos como o auxilio de saída em rampa, o conforto é sentido de forma bem clara no habitáculo do Hyundai Creta. Através de uma calibração muito adequada no conjunto molas e amortecedores, a suspensão do tipo McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira é responsável por muita da postura correta do Creta, que além do conforto na cidade é muito confiável em curva quando circulamos em velocidades maiores. Sua direção elétrica contribui para uma dirigibilidade muito interessante, fazendo do Creta, um dos mais destacados SUVs compactos quando o assunto é consistência, integridade e confiabilidade do conjunto mecânico. Aliás, essa característica é notada também no acabamento, seja através da qualidade dos materiais utilizados, integração das peças utilizadas e isolamento acústico.


Ao dirigir o Creta é possível sentir a integridade de construção do Creta, sólida e de pouquíssimos ruídos estranhos, ele passa uma rara sensação de sofisticação se comparado com outras propostas do segmento. Mais uma referência positiva é em relação à direção elétrica que faz da condução do Creta algo bem seguro e ágil em qualquer circunstância do dia a dia. Muito leve e precisa nas manobras urbanas é também firme e eficaz em alta velocidade.

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta

Já em relação aos freios, eles são ABS com EBD de disco ventilado na frente e tambor atrás, utilizando a receita da grande maioria dos produtos de seu segmento, sendo seguros e eficazes quando solicitados para frear os 1399 kg de peso da proposta. Como informação complementar referir que esta versão 2.0 é mais pesada que Honda HR-V, Chevrolet Tracker e Nissan Kicks (o mais leve de todos com 1140 kg), se apresentando apenas 33 kg mais pesado que o novo Captur da Renault , em segmento que tem nas versões do Renegade 1.8 flex as propostas mais pesadas de todos os modelos do segmento de SUVs compactos equipados com motor a gasolina (e etanol).

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta

Conclusão do Editor – O Hyundai Creta é nesta versão Prestige o expoente máximo de uma linha de grande sucesso no mercado brasileiro, sendo esse posicionamento definido principalmente pela motorização diferenciada em relação a seus irmãos, ou mimos como a Pulseira/chave que permite abertura e fechamento das portas e acionamento do motor. O SUV compacto fabricado no Brasil tem nesta versão, e com a cor da nossa unidade, um preço referência de R$ 123.590, preço competitivo em relação a concorrentes, apesar da ausência de alguns argumentos citados acima como o teto solar/panorâmico e uma motorização mais moderna. No entanto o Creta Prestige carrega qualidades que nos agradam bastante e que destacam a proposta no segmento, e que são a integridade de toda a estrutura do veículo, da carroceria ao interior, entregando um produto sólido, robusto e muito confiável.


Para publicidade, patrocínio ou parcerias na seção Testes/Comparativos entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Avaliação: Conforto e solidez são destaques na versão topo de linha do Hyundai Creta
Classificação do teste ao Hyundai Creta Prestige

Galeria de Imagens


350x250.gif
300.250.png
bottom of page