top of page

Estreia mundial há 70 anos: O Opel Olympia Rekord Caravan


Estreia mundial há 70 anos: O Opel Olympia Rekord Caravan

Há 70 anos, a Opel apresentou o Opel Olympia Rekord no Salão Internacional do Automóvel (IAA) e conquistou o público. A nova geração de veículos não estava apenas disponível em berlina, mas também em carroçaria Caravan. Ao revelar o Opel Olympia Rekord Caravan de 1953, a marca sediada em Rüsselsheim causou um grande entusiasmo, pois era nada menos do que a primeira station wagon produzida em série por um fabricante alemão. O modelo, que é tão elegante quanto confortável e ao mesmo tempo prático, torna-se, assim, pioneiro. No futuro, a combinação das melhores características da berlina e de uma carrinha de entregas ("caravan" = "car" e "van") tornar-se-ão um pilar da gama de modelos.


No IAA Mobility 2023 (onde a equipe da Revista Publiracing estará presente), a Opel está mais uma vez a desempenhar um papel pioneiro com a mais recente geração do bestseller da classe dos compactos, o Astra. De 5 a 10 de setembro, o novo Opel Astra Sports Tourer Electric fará a sua estreia mundial em Munique, tornando-se numa das primeiras station wagons totalmente elétricas de uma marca alemã. Proporciona aos clientes da Opel a experiência de uma station wagon dinâmica, confortável, extremamente prática e, acima de tudo, sem emissões locais, ideal para as deslocações diárias ou viagens de férias com toda a família.

Estreia mundial há 70 anos: O Opel Olympia Rekord Caravan

O início de uma história de sucesso: O pioneiro Opel Olympia Rekord Caravan

Já em 1950 o Opel Olympia estava disponível, para além da berlina, em configuração de carrinha de entregas. No entanto, a Opel introduziu uma verdadeira revolução no IAA de 1953 com o novíssimo Olympia Rekord. Isto porque, pela primeira vez, para além da carrinha de entregas fechada, passou a estar também disponível de fábrica uma versão station wagon denominada Caravan. "Um veículo ideal que combina harmoniosamente beleza e praticidade - durante a semana para as entregas aos clientes, aos fins de semana para um agradável relaxamento", dizia o anúncio da Opel na altura. Com o Opel Olympia Rekord Caravan, um fabricante alemão combina as vantagens de uma confortável berlina e de uma prática carrinha num veículo destinado, pela primeira vez, à produção em grande escala.


Na frente, o design em forma de boca de tubarão, que era caraterístico de ambas as variantes na altura, assume o papel principal. No caso da Caravan, a carroçaria em forma de pontão, de superfícies lisas, transita para uma traseira em forma de caixa com janelas laterais para que os passageiros da fila de trás também possam desfrutar das melhores vistas. O Olympia Rekord Caravan já não tem nada em comum com uma simples carrinha de entregas, o que significa que atrai a atenção dos compradores.


O elegante veículo de quatro lugares impressiona com um grande compartimento de carga que pode ser facilmente duplicado com o rebatimento dos bancos traseiros. Os encostos rebatíveis em ângulo facilitam a entrada dos passageiros; a porta traseira larga facilita a colocação e remoção de objetos de trabalho ou de peças volumosas. Além disso, a bagageira pode suportar uma carga útil de até 480 quilogramas e foi concebida de modo a poder ser facilmente limpa.

Estreia mundial há 70 anos: O Opel Olympia Rekord Caravan
Estreia mundial há 70 anos: O Opel Olympia Rekord Caravan

No entanto, o Olympia Rekord Caravan não prova a sua eficiência apenas com o seu design e utilização flexível, mas também com o seu motor económico de 1,5 litros com 40 cv, capaz de acelerar a Caravan a uma confortável velocidade de cruzeiro de cerca de 115 km/h. Isto fez com que o Olympia Rekord Caravan fosse um sucesso entre os clientes e, ao mesmo tempo, lançou as bases para os futuros modelos Opel. A versão Caravan ou station wagon torna-se, assim, parte integrante da gama. Quase dez anos após a estreia da primeira station wagon produzida em série por uma marca alemã, seguiu-se o Kadett A Caravan em 1963. Foi a primeira station wagon compacta da Opel e rapidamente ajudou a marca a tornar-se líder de mercado neste segmento de carroçaria.


Prazer de condução espaçoso e sem emissões locais: O novo Astra Sports Tourer Electric

Dentro de poucas semanas, a Opel abrirá o próximo capítulo na longa história de sucesso das station wagons de Rüsselsheim, com o novo Opel Astra Sports Tourer Electric a celebrar a sua estreia no IAA Mobility 2023. Ao mesmo tempo, a marca com o Blitz sublinha mais uma vez o seu papel pioneiro na disponibilização de tecnologias e conceitos inovadores a um vasto grupo de compradores - o Astra Sports Tourer Electric é uma das primeiras station wagons totalmente elétricas de um fabricante alemão.

Estreia mundial há 70 anos: O Opel Olympia Rekord Caravan

Tal como todas as variantes do Astra, o Astra Sports Tourer Electric não impressiona apenas pelo seu design arrojado e puro, mas também pelo seu desempenho responsável. A nova station wagon totalmente elétrica de Rüsselsheim transmite puro prazer de condução sem emissões locais. O motor elétrico debita 115 kW/156 cv e um poderoso binário máximo de 270 Nm - ambos disponíveis desde o primeiro toque no pedal do acelerador, assegurando arranques rápidos e uma aceleração convincente. E enquanto muitos outros automóveis elétricos estão limitados a 150 km/h ou 160 km/h, o novo Astra Sports Tourer Electric tem uma velocidade máxima de 170 km/h. Mesmo com os bancos traseiros na sua posição elevada, o Astra Sports Tourer Electric oferece 516 litros de espaço na bagageira - com os bancos rebatidos, a capacidade aumenta para 1.553 litros. As baterias estão praticamente alojadas na parte inferior da carroçaria, pelo que não se perde espaço para passageiros ou bagagem no interior.

Estreia mundial há 70 anos: O Opel Olympia Rekord Caravan
 

Com jornalistas nos dois lados do oceano, informamos que nossos textos contêm expressões e palavras utilizadas tanto no Brasil como em Portugal, de acordo com a origem do conteúdo e o mercado principal a que se destinam.



Kommentare


350x250.gif
300.250.png
bottom of page