top of page

Do Peugeot 905 ao 9X8, 30 anos de inovação no Endurance


Do Peugeot 905 ao 9X8, 30 anos de inovação no Endurance

O Peugeot 9X8, o novo hipercarro da marca foi apresentado no início do verão e em breve estará competindo no Campeonato Mundial de Resistência (WEC) e na lendária 24 Horas de Le Mans. Há trinta anos, em 1991, foi o Peugeot 905 que encapsulou o pioneirismo regressando ao circuito de Sarthe como equipa oficial e participando do Campeonato do Mundial de Endurance.


O programa de desenvolvimento para este protótipo Peugeot Sport foi lançado em dezembro de 1988. Apresentado em fevereiro de 1990, o carro era uma lufada de ar fresco: era inovador, tinha uma pureza visual absoluta, e sua frente era característica dos modelos da marca da época. Construído sobre um chassi de fibra de carbono, projetado em colaboração com a Dassault, era movido por um motor V10 de 650cv, 3,5 litros e quarenta válvulas, muito próximo aos padrões da Fórmula 1 na altura.


Foi um grande sucesso entre 1990 e 1993. Com o 905, a marca competiu contra fabricantes como Porsche, Jaguar, e emergentes naquele momento como Toyota e Mazda.


1992 foi um ano marcante para a Peugeot, com dois objetivos: o título do Campeonato Mundial de Fabricantes e a vitória nas 24 Horas de Le Mans.

Do Peugeot 905 ao 9X8, 30 anos de inovação no Endurance
Do Peugeot 905 ao 9X8, 30 anos de inovação no Endurance
Do Peugeot 905 ao 9X8, 30 anos de inovação no Endurance

Algumas mudanças importantes foram feitas no carro para as 24 Horas de Le Mans: a asa dianteira foi removida, a asa traseira reposicionada e as venezianas da asa dianteira desapareceram.


A equipa Peugeot ainda alcançou resultados fantásticos ao longo da época de 1992 (2º em Monza, 1º e 3º em Le Mans, 1º e 2º em Donington, 1º e 3º em Suzuka, 1º, 2º e 5º em Magny-Cours). Isso lhes permitiu ganhar o título do Campeonato Mundial de Construtores de 1992.


Em 1993, a marca conquistou o 1º, 2º e 3º lugar no pódio das 24 Horas de Le Mans com os seus três 905 - o prémio máximo para a marca e as suas equipas.


A excelência da tecnologia Peugeot estava no auge e a marca decidiu abandonar após este resultado histórico.


Mas a Peugeot está agora de regresso às corridas de resistência com o 9X8.

Seguindo os passos de seus ilustres antecessores ele combina esportividade, know-how tecnológico, eficiência e excelência no design.

Do Peugeot 905 ao 9X8, 30 anos de inovação no Endurance
Do Peugeot 905 ao 9X8, 30 anos de inovação no Endurance

Os engenheiros e designers da Peugeot Sport inspiraram-se nos novos regulamentos do Hypercar, a nova classe de corrida de resistência. Enquanto outras optaram por cumprir as novas normas de uma forma mais conservadora, a equipe Peugeot preferiu a ousadia e a inovação.


Quanto ao motor, ele é híbrido, combinando um Biturbo V6 a gasolina de 500kW (680cv) nas rodas traseiras e um motor/gerador elétrico de 200 kW (270cv) nas rodas dianteiras. O regulamento estabelece limites claros para a operação do sistema, que permite que os carros híbridos sejam dirigidos com tração nas quatro rodas. Ele define o limite de transferência de energia para as rodas dianteiras e estipula que a potência média total do trem de força não pode exceder 500kW (680hp).


A tecnologia híbrida é, portanto, ao mesmo tempo uma vantagem, pois abre a possibilidade de tração nas quatro rodas, mas também um enorme desafio técnico, dada a complexidade do gerenciamento do trem de força.


É precisamente nisso que trabalha a marca. Ela está comprometida com a eletrificação acelerada de sua linha e está ansiosa para gerar desenvolvimentos técnicos ambiciosos e ganhar muito na competição.


Motor

PEUGEOT HYBRID4 500 kW trem de força (tração nas quatro rodas)

Eixo traseiro: 500kW (680hp) 2.6 lit motor a gasolina bimotor 90 ° + caixa de câmbio sequencial de sete velocidades

Eixo dianteiro: 200kW (270hp) motor elétrico / gerador + caixa de engrenagens

Bateria

Alta densidade, 900 volts co-desenvolvido pela PEUGEOT SPORT, TotalEnergies / Saft.

De 905 a 9X8



O novo hipercarro também tem um novo nome: 9X8.

O ‘9’ continua o padrão de nomenclatura dos veículos de competição da marca, como o PEUGEOT 905 (1990-1993) e 908 (2007-2011), duas das icônicas máquinas de Endurance do fabricante. Já o OX refere-se às tecnologias de tração nas quatro rodas e híbridas usadas no novo Hypercar, que estende a estratégia de eletrificação da marca para a competição.


O 8 é uma homenagem a todos os novos carros da PEUGEOT: 208, 2008, 308, 3008, 5008 e, claro, o PEUGEOT 508, desenvolvido pela mesma equipe de engenheiros e designers do Hipercarro, para se tornar o primeiro modelo a transportar o Peugeot com a etiqueta Sport ENGINEERED.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Automobilismo entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

1 Comment


mrubens500
Aug 18, 2021

Parabéns pela matéria , saudoso desta época do (905) qdo trabalhei na Peugeot do Brasil comandada pelo Thierry Peugeot e Meu Grande Amigo Jaroslav !!!!

Like
350x250.gif
300.250.png
AEA_SDSEC2024_CARROSSEL_01.png
bottom of page