• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing
729X90.gif

Com um carro da South Racing, Guiga Spinelli e Youssef Haddad, enfrentam etapa do Mundial de Rally C


O ano era 2004, Guiga Spinelli estava ansioso para sua primeira prova em terras italianas. O carro e toda a estrutura da equipe tinham partido de São Paulo, e já nos arredores de Pordenone o veículo recebia os últimos acertos para a etapa italiana da Copa do Mundo de Rally Cross Country - o "Mundial" da modalidade.

Mal sabiam que a busca pelo objetivo naquela prova, não iria nem ao menos ter um começo. Poucos dias antes da largada, o Baja Italia 2004 foi cancelado, e com isto, a chance de Guiga e Marcelo Vivolo (navegador da equipe naquele período), serem desafiados na etapa italiana do Mundial também.

Contudo, uma prova do "Campeonato Italiano de Todo-o-Terreno" estava próxima, e como carro e estrutura já estavam por lá, a decisão foi que o desafio seria outro. Guiga e Marcelo voltaram ao Brasil, e retornaram semanas mais tarde para a Itália e à disputa da etapa do campeonato nacional.

Mas, realmente aquele não era o ano de Guiga comemorar a bandeirada final com uma "belíssima massa", um problema mecânico tirou a dupla brasileira da prova e desde então, desde 2004, a Itália segue sendo um desafio incompleto.

Agora, 14 anos mais tarde, uma nova oportunidade surge! Guiga Spinelli e o navegador Petrobras Rally Team,Youssef Haddad - que em 2004 era engenheiro da equipe naquela empreitada na Itália –, estarão em junho em Pordenone, para a 25ª edição do Baja Itália, a 6ª das 11 etapas do "Mundial" de Rally Cross Country.

Além de um terreno completamente desconhecido, o carro a ser utilizado também será novo para a dupla. Guiga e Youssef estarão com um protótipo T1 FIA, desenvolvido pela equipe alemã South Racing.

"Já conversamos há muito tempo com a equipe, e agora a oportunidade surgiu de forma mais sólida. A South Racing vem se destacando em vários rallies no mundo, participando das provas com vários modelos de carros, em constante desenvolvimento e com diferentes pilotos. Vamos juntos para a Itália em busca do melhor resultado. É um prazer poder competir com eles", destaca Guiga Spinelli.

"Quanto a disputa, a característica do Baja Italia é ter Especiais curtas e que se repetem, ou seja, é uma prova com velocidade alta, já que a confiança no trecho faz querer ir sempre mais rápido que a volta anterior. Com isso, o levantamento a prova é de máxima importância, porque qualquer informação obtida e que possa ajudar no trecho, vai se transformar em segundos preciosos conquistados", afirma Youssef Haddad.

"É muito bom dar as boas-vindas ao Guiga e ao Youssef. Todo o time está ansioso por uma corrida emocionante na Itália. Conheço Guiga há vários anos e com toda a experiência dele, somada a nova geração do nosso carro, acredito que podemos ter grandes resultados no Baja deste ano. Com certeza será um grande desafio, com muita concorrência. A equipe está ansiosa", diz Scott Abraham, diretor da South Racing.

Guiga e Youssef vêm de um ótimo resultado no fechamento do Mundial de Rally Cross Country 2017, o Baja Portalegre (Portugal), disputado em novembro do ano passado. Aquela foi a última competição da dupla, antes de ser premiada no Capacete de Ouro, como melhores do Off Road brasileiro. Em Portugal, a dupla chegou em segundo, além de ter vencido uma das Especiais.

#CROSSCOUNTRY #AUTOMOBILISMO

Laja Revista Publiracing
Planos.jpg
Reserve seu espaço