• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

FORD GT, uma exclusividade personalizada


O novo Ford GT terá apenas 500 unidades produzidas nos dois primeiros anos no mercado, o que lhe garante o título de carro mais exclusivo já oferecido pela marca. Mas os proprietários ainda poderão personalizar o supercarro com várias opções de cores e materiais, que os designers da Ford criaram para destacar as suas inovações e performance.

A carroceria conta com oito cores brilhantes, remetendo à herança da Ford nas corridas. Elas podem ser coordenadas com faixas esportivas e itens internos e externos, como as pinças de freio e acabamento das peças de fibra de carbono.

"Não são cores da moda, porque o Ford GT não é um carro da moda. Ele é um clássico – um verdadeiro carro de corrida para as ruas", diz Barb Whalen, gerente de design, cores e materiais da Ford.

A fibra de carbono – tradicionalmente usada como elemento decorativo em veículos de desempenho – no Ford GT é empregada como componente estrutural para redução do peso. As opções de acabamento brilhante, fosco ou na cor preta “Black Shadow” permitem diferenciar o seu visual, destacando os aspectos de competição, desempenho ou força.

O Ford GT também é o primeiro carro da marca a oferecer pinças de freio Brembo com combinações de cores personalizadas ​​. O sistema com seis pistões e discos de carbono-cerâmica tem pinças anodizadas nas cores preta, prata, azul, laranja ou vermelho.

Excepcionalmente leves, os discos de freio de carbono-cerâmica do Ford GT pesam menos da metade dos de ferro fundido. Seu sistema, com tecnologia derivada da Fórmula 1, é projetado para baixo deslocamento de fluido, o que melhora a rigidez e sensação do pedal. Tem também um sistema integrado de resfriamento para excelente desempenho sob várias condições.

Forma e função no interior

Na cabine do novo GT, a cor é usada com moderação em áreas como atrás dos encostos dos bancos – detalhe que pode ser visto de fora do carro. Do lado do passageiro, ao se abrir a porta, o painel de instrumentos com dois níveis e tonalidades combinantes cria um equilíbrio visual. Para ajudar a reduzir a distração do motorista, as cores e acabamentos acetinados se intensificam conforme avançam para o lado do passageiro.

Nenhum detalhe do supercarro foi esquecido pelos designers, onde a forma segue a função. Os bancos, por exemplo, têm uma nervura horizontal que amplia o espaço visualmente. O tecido de revestimento Alcântara foi escolhido tanto pelo toque refinado como pelo baixo peso.

"Fizemos um trabalho meticuloso de seleção de cores e materiais do Ford GT para infundir energia e, ao mesmo tempo, garantir o apelo visceral de um carro de alta performance", diz Barb Whalen. "Tudo nele foi criado intencionalmente para expressar o máximo de desempenho."

Fotos: Divulgação

#FORD #FORDGT

Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !