top of page

WEC: Kobayashi conquista a pole para a Toyota em Le Mans


 Kamui Kobayashi (Japão), José María López (Argentina) e Mike Conway (Inglaterra.
Kamui Kobayashi (Japão), José María López (Argentina) e Mike Conway (Inglaterra.

Kamui Kobayashi, da Toyota Gazoo Racing, ao volante do o Hybrid Hypercar No. 7 Toyota GR010, conquistou a pole position para as 24 Horas de Le Mans, prova que será disputada neste fim de semana, e quarta rodada do FIA WEC.


É a quarta vez em cinco anos que Kobayashi consegue a pole em Le Mans. O detentor do recorde absoluto selou a pole com uma volta sensacional de 3m23.900s com o trio formado por Kamui Kobayashi (Japão), José María López (Argentina) e Mike Conway (Inglaterra.


Já a Porsche conseguiu uma pole surpresa no LMGTE Pro depois que a sessão recebeu bandeira vermelha após o acidente com o Porsche 911 RSR – 19.


Antonio Felix da Costa liderou a equipe JOTA para a pole na LMP2, enquanto o Nº 88 Dempsey Proton Porsche conquista a pole na categoria LMGTE Am.


Destque ainda para a segunda posição no grid para o Toyota Nº 8 com Brendon Hartley postando 3m24,195s volta apenas 0,295s atrás da pole.

Antonio Felix da Costa
Antonio Felix da Costa

O Alpine Elf Matmut com Nicolas Lapierre e o brasileiro André Negrão vai largar em terceiro do grid com uma volta em 3m25,574s, já a quarta posição é para o Nº 708 da Glickenhaus Racing conduzido por Olivier Pla e com outro brasileiro, Pipo Derani com uma volta em 3m25.639s estabelecida por Pla, que fica a 0,065s do Alpine.


Apesar disso, Negrão acredita que a Alpine pode desafiar os pilotos da equipe japonesa, atual tricampeã da prova, na corrida deste final de semana.



“Em uma prova de 24 horas, a posição de largada não é tão determinante para o resultado final”, diz André Negrão, que foi campeão de Le Mans em 2018 e 2019 na categoria LMP2, a segunda na hierarquia da prova. “O importante é estarmos próximos dos líderes, no caso os Toyota, para podermos batalhar com eles durante a prova. Em 24 horas de corrida muita coisa vai acontecer e apesar da vantagem deles por gastarem menos combustível e por fazerem menos pit stops, nós estamos na briga. Agora vamos repassar a estratégia de corrida para tentar essa vitória no domingo”, disse Negrão, vencedor em Le Mans na classe LMP2 em 2018 e 2019. A equipe Alpine não vence a prova na classificação geral desde 1978.

Outros dois pilotos do Brasil disputaram a Hiperpole: Daniel Serra garantiu a segunda posição no grid da LMGTE-Pro com uma Ferrari 488 GTE Evo da AF Corse, enquanto Felipe Fraga largará da sexta posição na LMGTE-Am com um Aston Martin Vantage AMR da TF Sport.


Além dos pilotos que participaram da Hiperpole, outros dois competidores do Brasil não se classificaram para a disputa das poles positions de todas as categorias realizada hoje. Felipe Nasr, da Risi Competizione, partirá da 14ª posição entre os competidores da LMP2, enquanto Marcos Gomes inicia a corrida no 15º posto da LMGTE-Am com um Aston Martin Vantage AMR da Aston Martin.

Largada e chegada na TV – A edição deste ano das 24 Horas de Le Mans tem largada marcada para 11h de sábado (21). Com narração de Hamilton Rodrigues e comentários de Thiago Alves e Edgard Mello Filho, a prova contará com transmissão dos canais Fox Sports em dois horários: das 11h às 13h30 de sábado, e das 8h às 11h de domingo (22).


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Automobilismo entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page