• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Ex-presidente da Azul, Antonoaldo Neves, sucede a Fernando Pinto na TAP


Antonoaldo Neves, ex-presidente executivo da brasileira Azul e atual administrador responsável pela área comercial da TAP, é o escolhido para suceder a Fernando Pinto como CEO da companhia de bandeira portuguesa, após de 17 anos de liderança do brasileiro.

Antes de se mudar de São Paulo para Portugal, Antonoaldo Neves foi presidente executivo da Azul, onde se envolveu no processo de fusão com a Trip, em 2012, em conjunto com David Neeleman, acionista da TAP através do consórcio Atlantic Gateway.

Ainda na Azul, promoveu a entrada da companhia nas Bolsas de Nova Iorque e de São Paulo, bem como a expansão internacional da companhia.

Antonoaldo Neves integrou a equipa da consultora McKinsey, onde desenvolveu diversos projetos de aviação e de infraestruturas no sector privado na América Latina, tendo ainda sido membro do Conselho de Administração da Infraero, a gestora brasileira de aeroportos, ficando responsável pelo planejamento do sector aéreo brasileiro entre 2011 e 2012.

Foi também diretor executivo da construtora brasileira Cyrela, entre 2010 e 2012, e começou a carreira na Odebrecht, como engenheiro de Montagem de Obras Eletromecânicas.

Antonoaldo Neves nasceu a 5 de Março de 1975 em Salvador, no Brasil, mas um dos seus avôs era natural de Oliveira de Azeméis, ao norte de Portugal

Licenciado em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, possui um MBA pela Darden School of Business da Universidade de Virgínia (EUA) e um mestrado em Finanças Corporativas pela PUC do Rio de Janeiro, Neves deverá ser eleito CEO da TAP na assembleia-geral de acionistas do próximo dia 31.

O também brasileiro e ex-Varig Fernando Pinto anunciou deixar a presidência executiva da TAP, ao fim de 17 anos, numa carta dirigida aos funcionários da companhia aérea portuguesa. Na mesma missiva, Fernando Pinto informou que permanecerá na companhia aérea portuguesa nos próximos dois anos como assessor.

#AVIAÇÃO #TAP #TRANSPORTE

Laja Revista Publiracing