Revista Publiracing

WEC: Equipe de Bruno Senna vence as 4 Horas de Xangai

 

Embaixador das 6h de São Paulo, Bruno Senna conquistou a vitória nas 4h de Xangai, terceira etapa da temporada 2019/2010 do FIA WEC, ao lado de Gustavo Menezes e Norman Nato a bordo do carro da equipe Rebellion Racing, trazendo ainda mais expectativa para a etapa brasileira, marcada para o dia 1º de fevereiro.

 

Confira os melhores momentos da prova

O triunfo teve um caráter histórico: foi a quarta vez em oito temporadas da categoria que um carro não-híbrido venceu na classificação geral. E foi uma conquista bastante convincente, com os vencedores chegando mais de um minuto à frente dos novos líderes do campeonato, Sebastien Buemi, Kazuki Nakajima e Brendon Hartley, da Toyota.

 

Único piloto a ter vitórias nas quatro categorias do WEC desde o início da categoria, em 2012, Senna e seus parceiros agora ocupam a terceira posição no campeonato.

 

Já o trio que chegou à China na liderança, formado por José María López, Kamui Kobayashi e Mike Conway, também da Toyota, recebeu uma punição por ter queimado a largada e, com isso, acabou relegado ao terceiro lugar do pódio, diante dos dois carros da equipe LNT.de Michael Simpson/Charlie Robertson/Guy Smith e Jordan King/Ben Hanley/Egor Orudzhev, nesta ordem.

Na divisão LMP2, rolou a primeira vitória do ano da JOTA, com Antonio Felix da Costa, Roberto Gonzalez e Anthony Davidson - eles não venciam desde a etapa de Spa-Francorchamps de 2015 e deram à Goodyear o primeiro triunfo na categoria. Representante brasileiro na classe e atual campeão, André Negrão foi o quarto ao lado de Thomas Laurent e Pierre Ragues no carro da Signatech Alpine Elf.

Por fim, nas categorias GT, a Ferrari de James Calado/Alessandro Pier Guidi, da AF Corse, e o Aston Martin de Jonathan Adams/Salih Yoluc/Charlie Eastwood levaram as vitórias nas divisões Pro e Am, respectivamente. A próxima etapa do campeonato será as 8h do Bahrein, prevista para os dias 12 e 14 de dezembro.

 

Os dez melhores das 4h de Xangai:

1. B. Senna/G.Menezes/N.Nato (Rebellion Racing/LMP1), 4h00min59s

2. S. Buemi/K.Nakajima/B. Hartley (Toyota Gazoo Racing/LMP1), a 1min06s984

3. M. Conway/K.Kobayashi/J.M.Lopez (Toyota Gazoo Racing/LMP1), a 1 volta

4. J.King/B.Hanley/E.Orudzhev (Team LNT/LMP1), a 1 volta

5. C.Robertson/M.Simpson/G.Smith (Team LNT/LMP1), a 2 voltas

6. R.Gonzalez/A.Da Costa/A.Davidson (JOTA/LMP2), a 4 voltas

7. H.Tung/G.Aubry/W.Stevens(Jackie Chan DC Racing/LMP2), a 4 voltas

8. P. Hanson/F.Albuquerque/P.Di Resta (United Autosports/LMP2), a 4 voltas

9. A.Negrão/T.Laurent/P.Ragues (Signatech Alpine ELF/LMP2), a 5 voltas

10. F.Van Eerd/G.Van Der Garde/N.De Vries (Racing Team Nederland/LMP2), a 5 voltas

Resultado completo em http://fiawec.alkamelsystems.com/index.html

 

Os melhores na tabela do campeonato por classe:

 

LMP1

1. Brendon Hartley/Kazuki Nakajima/Sebastien Buemi, 62 pontos

2. José Maria Lopez/Kamui Kobayashi/Mike Conway, 59

3. Bruno Senna/Gustavo Menezes/Norman Nato, 43

LMP2

1. Frits Van Eerd/Giedo Van der Garde, 51 pontos

2. Gabriel Aubry/Ho-Pin Tung/Will Stevens, 51

3. André Negrão/Pierre Ragues/Thomas Laurent, 49

GTE Pro

1. Kevin Estre/Michael Christensen, 55 pontos

2. Alessandro Pier Guidi/James Calado, 50

3. Gianmaria Bruni/Richard Lietz, 49

GTE Am

1. Charles Eastwood/Jonathan Adam/Salih Yoluc, 58 pontos

2. Emmanuel Collard/François Perrodo/Nicklas Nielsen, 55

3. Ben Keatin/Jeroen Bleekemolen, 34

 

Classificação completa em aqui

 

CALENDÁRIO RESTANTE DA TEMPORADA 8 DO FIA WEC:

14 de dezembro de 2019 – 8 Horas de Bahrain (Bahrain)

1 de fevereiro de 2020 – 6 Horas de São Paulo (Brasil)

20 de março de 2020 – 1000 Milhas de Sebring (Estados Unidos)

25 de abril de 2020 – 6 Horas de Spa-Francorchamps (Bélgica)

13-14 de junho de 2020 – 24 Horas de Le Mans (França)

 

Para publicidade, patrocínio ou parcerias na seção Automobilismo entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Please reload

Please reload

Rádio Sore Rodas
Aleph Bank - Abra agora sua conta