• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing
729X90.gif

X Rally Team testa em prova portuguesa Toyota que estará no Sertões 2020


A equipe X Rally Team, tricampeã do Sertões e quatro vezes campeã da prova como construtora e preparadora, adicionará dois Toyota Hilux IMA 2020 para a disputa do Sertões deste ano, que acontece de 31 de outubro a 8 de novembro, com partida em Mogi Guaçu (SP) e chegada em Barreirinhas (MA). O bólido é o mesmo que venceu o Dakar de 2019 com Nasser Al-Attiyah, mas agora com atualizações, as mesmas usadas por Fernando Alonso quando disputou o Dakar deste 2020.


O time paulistano, que pelas mãos do piloto Cristian Baumgart e do navegador Beco Andreotti, venceu três edições consecutivas da prova – 2016, 2017 e 2018 -, e venceu o quarto seguido como construtora no título de Lucas Moraes e Kaique Bentivoglio em 2019, disponibilizará os dois modelos aos irmãos Cristian e Marcos Baumgart.


Os títulos vieram sob a insígnia Ford Performance na parceria com a Neil Woolridge Motorsport, que data desde 2014, e que continua em vigor independente da aquisição dos novos Toyota. “A pandemia forçou todo mundo a mudar seus planos, e correr com a nova geração da Ranger com motor V6 turbo estava em nossos. Entretanto, a NWM nos avisou de antemão que, por causa de toda a situação causada pelo coronavírus, eles não conseguiriam nos entregar os carros a tempo de testarmos e irmos para o Sertões”, falou Beco Andreotti, navegador tricampeão e chefe da X Rally Team.

“Eles são parceiros fantásticos e temos esta oportunidade de variar o mix de marcas dentro do time. Continuamos atendendo a outros pilotos com as X Rally Ranger de altíssima tecnologia e segurança construídas na nossa sede em São Paulo e agora começamos um novo capítulo trazendo as Toyota Hilux”, seguiu.


As novas Toyota Hilux foram construídas na Bélgica pela Overdrive e são os veículos oficiais da marca no Mundial FIA de Cross Country. É o mesmo carro com o qual o bicampeão mundial de Fórmula 1 Fernando Alonso disputou o Dakar deste ano na Arábia Saudita e que o tricampeão Nasser Al-Attiyah foi vice-campeão.


“É também um carro fantástico e conseguimos a oportunidade de ter a versão mais atualizada das Hilux e que já foram testadas exaustivamente pela Toyota, inclusive nas condições mais exigentes possíveis, como foi no Dakar. É uma opção também mais segura do que competir com um veículo que estaria em seu estágio inicial de desenvolvimento”, justificou Andreotti.


As duplas formadas por Cristian Baumgart e Beco Andreotti, e Marcos Baumgart e Kleber Cincea, já terão o primeiro contato com as máquinas no final de semana de 25 a 27 de setembro em Portugal, onde irão disputar o Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal, prova com 300 quilômetros de percurso. Dias antes, as duplas brasileiras testarão o carro de maneira independente em um trajeto de 250 quilômetros para os acertos iniciais.

“É importante termos este primeiro contato com o carro em condições de prova, não só de testes, para podermos nos adaptar às diferenças do novo modelo, aprender sobre sua mecânica e seus procedimentos, bem como chegar ao Sertões com a preparação adiantada”, destacou Andreotti.


As duas Ford Ranger V8 full-spec da classe T1 FIA – a mais veloz do cross country – com as quais Cristian e Marcos disputaram o Sertões 2019, permanecem para locação a pilotos interessados em disputar a prova com equipamento de ponta.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Automobilismo entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br


Laja Revista Publiracing
Planos.jpg
Reserve seu espaço