top of page

São Paulo Catarina Aeroporto Executivo recebe autorização para operar voos internacionais


O São Paulo Catarina Aeroporto Executivo, empreendimento da JHSF dedicado exclusivamente à aviação executiva, recebeu da Agência Nacional de Aviação Executiva (ANAC), pelas mãos do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, a autorização para operar voos internacionais. A partir de agora, passa a ser denominado São Paulo Catarina Aeroporto Executivo Internacional.


Esta designação acontece em seguida a autorizações expedidas por Receita Federal, Polícia Federal, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro) para a operação de voos internacionais.


A cerimônia de internacionalização, que aconteceu na manhã desta quinta-feira no São Paulo Catarina Aeroporto Executivo Internacional, contou com a presença das seguintes autoridades: Tarcísio Gomes de Freitas, Ministro da Infraestrutura; Marcelo Sampaio, Secretário-Executivo do ministério da Infraestrutura; Carlos Eduardo Resende Prado, Secretário Nacional Substituto de Aviação Civil; Juliano Alcântara Noman, Presidente da Agência Nacional de Aviação Civil; Rafael Botelho, Diretor-Presidente Substituto da Agência Nacional de Aviação Civil; Giovano Palma, Superintendente de Infraestrutura Aeroportuária da Agência Nacional de Aviação Civil.


Com esta conquista, o São Paulo Catarina torna-se o primeiro aeroporto internacional totalmente privado do Brasil a operar como aeródromo público sob o regime de autorização, com a permissão para realizar pousos de aeronaves vindas de outros países e decolagens para fora do Brasil.



O São Paulo Catarina se consolida como a mais atrativa e moderna porta de entrada para viajantes que vêm a São Paulo a negócios. Criado com essa vocação, o aeroporto é próximo à capital e conta com toda segurança a estrutura necessária para atender esse público.


A partir da designação expedida pela ANAC, o São Paulo Catarina vai iniciar o processo de operacionalização de voos internacionais, o que vai conferir uma nova escala ao empreendimento. A mudança vai permitir que os clientes realizem decolagens e pousos de voos internacionais no mesmo aeroporto em que o avião tem sua base, reduzindo custos e tempo de deslocamento da aeronave para outros aeroportos. A mudança também facilita chegadas e saídas domésticas e internacionais, com a utilização de pátios contíguos.


A estrutura e o atendimento do São Paulo Catarina destacam-se pela qualidade e excelência. O projeto arquitetônico dos hangares foi desenvolvido pelo escritório franco-brasileiro Triptyque Architecture, tendo como referência os melhores aeroportos do mundo. Já o escritório do arquiteto Sig Bergamin foi responsável pelo FBO (Fixed Base Operator) - terminal dedicado à aviação executiva, assim como o novo terminal Internacional.


O São Paulo Catarina conta com uma pista de 2470m e tem capacidade para 200 mil pousos e decolagens por ano com a infraestrutura necessária para receber com conforto e segurança jatos intercontinentais como os modelos Global 7500 e 8000 da Bombardier, Falcon 6X, 8X e 10X da Dassault Falcon Jet, Legacy 650 e Lineage da Embraer e G650 e G700 da Gulfstream.


Desenvolvido e operado pela JHSF, o São Paulo Catarina foi inaugurado em dezembro de 2019 e atingiu a plena de capacidade dos seus hangares já no seu primeiro ano de operação. Com isso, no final de 2020, o plano de expansão do empreendimento foi antecipado em cerca de um ano elevando a capacidade para 16 mil m² distribuídos em 5 amplos e modernos hangares e mais de 39 mil m² de pátio.


Serviços:

- FBO com serviços de atendimento a passageiros, pilotos e tripulação com Concierge 24/7, lounges exclusivos, sala de cinema, salas para reuniões

- Hangares para longos períodos e pernoite;

- Centro de Serviços Autorizado Pilatus;

- Operação 24 horas, IFR diurno e noturno sem restrição de horários de operação , Serviço de Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis (SESCINC) Cat 5, Parque de Abastecimento de Aeronaves (PAA) Próprio, Rádio.

Ficha Técnica:

• Construído em uma área de 5,2 milhões de m²

• Pista com 2.470 metros de extensão

• 16.200 m² de hangar

• Pátios com 39.020 m²

• Capacidade para 200 mil pousos e decolagens por ano

• Projetado especificamente para a Aviação Executiva, visando atender todas aeronaves executivas em voos internacionais de longo alcance.

• Radio Catarina – Serviço de Informações Aeronáuticas de Aeródromo, Telecomunicações e Meteorologia

• Operação por instrumentos IFR;

• FBO (Fixed Based Operator) assinado por Sig Bergamin

• Hangares projetados pela Triptyque Architecture

• Capaz de receber jatos executivos intercontinentais de grande porte, como os modelos Global 7500 e 8000 da Bombardier, Falcon 6X, 8X e 10X da Dassault Falcon Jet, Legacy 650 e Lineage da Embraer e G650 e G700 da Gulfstream.

Localizado no Parque Catarina, no km 62 da Rodovia Presidente Castello Branco, o aeroporto está a aproximadamente 35 minutos de carro da cidade de São Paulo.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Aviação entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page