top of page

Na Europa 7,5% dos carros novos adquiridos no segundo trimestre são totalmente elétricos


Na Europa 7,5% dos carros novos adquiridos no segundo trimestre são totalmente elétricos

No segundo trimestre de 2021, os registros de carros eletricamente carregáveis ​​continuaram a se expandir na União Europeia. A participação de mercado de veículos elétricos a bateria mais que dobrou - de 3,5% no segundo trimestre de 2020 para 7,5% este ano - enquanto os híbridos plug-in representaram 8,4% de todos os carros novos vendidos.


A demanda por carros híbridos também aumentou fortemente durante este período de três meses, respondendo por 19,3% dos registros de automóveis da UE. Naturalmente, registou-se uma redução do espaço de mercado para veículos com combustíveis tradicionais (gasolina e diesel), que no segundo trimestre representaram 62,2% dos automóveis novos comercializados.



Carros a gasolina e diesel

No entanto, de abril a junho de 2021, os registros de veículos com motores a gasolina e diesel cresceram em toda a UE (25,3% e 7,8%, respectivamente) devido a uma base de comparação baixa devido às restrições COVID-19 do ano passado. No entanto, este crescimento foi consideravelmente mais modesto em comparação com os restantes segmentos de combustíveis, resultando numa redução da participação de mercado que vive seu momento de virada para a mobilidade eletrificada.


Com isso, o diesel passou a representar 20,4%, ante 29,4% no segundo trimestre de 2020 e lembrando que na Europa praticamente todos os modelos têm suas versões com motor diesel. Da mesma forma, a participação de mercado de automóveis movidos a gasolina diminuiu 10 pontos percentuais (de 51,9% em abril a junho de 2020 para 41,8% este ano), apesar do aumento da procura na maioria dos mercados da UE, incluindo os quatro principais.


Veículos com motor alternativo (APV)

No segundo trimestre do ano, os emplacamentos de veículos elétricos a bateria (VEBs) aumentaram 231,6%, atingindo 210.298 automóveis. Este aumento foi ajudado por ganhos substanciais em todos os quatro maiores mercados da região, especialmente na Espanha (+ 372,7%) e na Alemanha (+ 357,0%).


Os veículos elétricos híbridos plug-in (PHEVs) tiveram um segundo trimestre ainda mais impressionante em 2021, com registros crescendo 255,8%, para 235.730 unidades. A Itália estava entre os mercados de crescimento mais forte novamente, com 21.647 carros plug-in registrados de abril a junho - um aumento ano a ano de 659,3%. Os três outros principais mercados da UE também viram ganhos impressionantes no segmento de PHEV até agora este ano: Espanha (+ 430,3%), França (+ 276,4%) e Alemanha (+ 269,9%).


Com 541.162 unidades vendidas na UE durante o segundo trimestre do ano, os veículos elétricos híbridos (HEVs) continuaram a ser a maior categoria de carros com motorização alternativa em termos de volume. Todos os mercados da UE registraram ganhos percentuais de dois ou mesmo três dígitos durante este período, incluindo os quatro principais. Como resultado, os registros de híbridos mais do que triplicaram de abril a junho, um aumento de 213,5% em comparação com um ano atrás.



A demanda por veículos a gás natural (GNVs) na União Europeia aumentou 41,8% para 13.497 unidades durante o segundo trimestre, principalmente sustentada pelo crescimento notável na Itália (+ 94,0%), que sozinha representa 75% de todas as vendas da UE neste segmento.


Já os emplacamentos de automóveis a GPL mais do que duplicaram (+ 134,1%) para 59.363 unidades, impulsionadas por um forte desempenho na Itália (+ 89,5%) e na França (+ 266,0%), os dois maiores mercados da UE para automóveis a GPL.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Automóveis entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page