• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Náutica: Qual é o barco certo na pesca oceânica de lazer?


Navegar sem dificuldades pelos mares do Atlântico e aproveitar as belezas da costa brasileira para um passeio, pescaria ou mergulho. Este é o objetivo de quem gosta de lazer náutico e pescaria em alto mar. Na hora de escolher uma embarcação apropriada, a Fishing Raptor, principal fabricante de barcos do gênero no país, indica como opção o novo modelo de 42 pés, que já revoluciona o conceito de embarcações “sportfisherman”, voltadas para pessoas que pescam por esporte ou recreação. Conta com alta resistência e desempenho para navegar em longas distâncias, além de soluções de design no que se refere a acomodações e espaços de convivência para receber os amigos e a família. Pode transportar até 12 pessoas com total conforto.


“Os barcos da marca Fishing são tão fortes que podem ser comparados a veículos Off-Road no mar. Isso porque assim como os carros deste tipo percorrem diferentes estradas, este barco é capaz de deslizar pelas águas para lugares distantes da costa e desprovidos de estruturas de apoio. São modelos já se tornaram sinônimo de embarcações voltadas a pesca oceânica no Brasil e também no exterior ”, enfatiza Fernando Assinato, diretor do estaleiro Fishing Raptor, que tem a sua unidade fabril instalada em Santa Catarina e representações em várias partes do país e no mercado internacional.


CONHEÇA MAIS SOBRE A FISHING 420

A Fishing 420 é uma lancha capaz de cruzar o mar até mesmo em condições desfavoráveis devido ao projeto desenvolvido por renomado engenheiro americano e ao processo construtivo. A hidrodinâmica e angulação do casco, com raio em “V” profundo, permitem cortar as ondas em mar aberto com mais facilidade. Já a boca de 4.70 metros (largura de um bordo ao outro) oferece grande estabilidade.

O modelo foi construído para oferecer segurança em alto mar, conforto na navegação, e atende as mais rigorosas normas internacionais. Possui reforços em termos de estrutura como a proa maciça, característica única da categoria. Também utiliza soluções que oferecem melhor desempenho em resistência, absorção de impactos, leveza e isolamento acústico e térmico.


A metodologia de construção também contribui para otimizar o consumo de combustível. A embarcação tem uma autonomia de 11h de navegação, o que contribui para saídas mais longas e idas para estruturas marítimas e pontos de pesca distantes da costa. É capaz de alcançar velocidades altas e manter um cruzeiro em torno de 32 nós com 2 motores ips 600 (435hp), em condições de mar desfavoráveis. Tecnologias de navegação como o sistema IPS (Inboard Performance System) e controle por joystick também auxiliam nas manobras.


A central de comando oferece uma visão 360º ao piloto que, de pé, também pode ter ampla visão sobre o para-brisas. O cockpit é protegido por hard top (capota rígida) para o maior conforto em dias de sol intenso ou chuva. Se o cliente preferir, a marca ainda oferece a opção de alterar o layout e incluir um posto de comando adicional em um segundo deck (tuna tower). Outro opcional são as antenas UHF com diversos tamanhos e alcances, sistemas de GPS e sonares capazes de auxiliar na leitura das estruturas abaixo do barco, da temperatura da água e do tipo de solo – características amplamente observadas para a captura de peixes, especialmente no inverno quando ocorre a mudança no comportamento dos animais.


Já o armazenamento de acessórios e itens para a pesca garante, além de espaço, mais comodidade aos usuários que podem, por exemplo, personalizar o local e o número de suporte de varas. A embarcação também conta com livewell, um viveiro para iscas vivas no deck, e sofás retrateis na popa (parte traseira) que podem ser recolhido para aumentar o espaço de circulação em momentos de pescaria.

No deck inferior ao cockpit há cozinha, sofá com mesa para refeições, amplos banheiro e cama de casal, além de beliche. Na versão Convertible, com o convés principal fechado, o cliente ainda pode transformar a mesa em cama com acionamento elétrico. Acabamentos com materiais específicos para a náutica nas áreas molhadas e móveis em compensado naval garantem maior durabilidade e resistência.


O modelo custa R$ 2,15 milhões, incluso motorização de 2x IPS 500 diesel além de ar, gerador, guincho elétrico, inversor, carregador, TV, geladeira e porta-varas.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Náutica entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br


Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !