top of page

Mattias Ekström vence Mick Schumacher na final da Corrida dos Campeões


Mattias Ekström vence Mick Schumacher na final da Corrida dos Campeões

Mattias Ekström demonstrou mais uma vez sua versatilidade. Em sua terra natal, a Suécia, o piloto venceu a “Race of Champions”, uma tradicional competição disputada anualmente entre os melhores pilotos do automobilismo mundial, em uma pista gelada. O bicampeão do DTM e campeão mundial de rallycross teve palavras particularmente emocionantes para seu oponente na final, Mick Schumacher, a quem Ekström derrotou apesar de uma pequena explosão de fumaça em seu carro de corrida.


Nas quartas de final, ele venceu seu compatriota Johan Kristoffersson, que, como ele, é ex-campeão mundial de Rallycross. Já nas semifinais, Ekström enfrentou o piloto da Hyundai Thierry Neuville, vice-campeão mundial de rally. O belga também perdeu para o sueco. A final foi marcada por emoções especiais. Depois de Mattias Ekström ter vencido Michael Schumacher em Londres em 2007 e em Pequim em 2009, conquistando assim dois de seus três primeiros títulos ROC até o momento, ele agora enfrentou o filho de Michael, Mick, na disputa decisiva.

Audi Sport quattro S1 do Grupo B de mais de 500 cv.
Audi Sport quattro S1 do Grupo B de mais de 500 cv.

No carro de corrida preparado da Polaris, o sueco foi 10,6 segundos mais rápido que o alemão na primeira competição. Na segunda corrida, desta vez no modelo Supercar Lites de 320 cv, Ekström involuntariamente “pegou fogo”: após meia volta, saiu fumaça da caixa de fusíveis, o que não perturbou o piloto. “O meu co-piloto queria parar, mas eu não estava muito interessado em fazê-lo”, confessou divertido no final, depois de retirar o fusível a toda a velocidade. Sem parar, ele continuou seguindo na pista de gelo e ainda foi 1,3 segundos mais rápido que Schumacher.


“Que resultado fabuloso, e isto na minha terra natal,” disse um encantado Mattias Ekström. “A competição com o Mick foi ainda mais especial porque já venci duas vezes o Michael Schumacher. Estou muito orgulhoso. Mick é um grande talento e chegou à final da Corrida dos Campeões. Ele representa a próxima geração de pilotos de automobilismo, mas eu vou continuar correndo o máximo que puder”.
Mattias Ekström vence Mick Schumacher na final da Corrida dos Campeões
Duas gerações de carros de rally da Audi estiveram na pista
Mattias Ekström vence Mick Schumacher na final da Corrida dos Campeões
Mattias Ekström vence Mick Schumacher na final da Corrida dos Campeões

A quarta vitória do sueco, que venceu o Campeão do Mundo de Ralis Sébastien Loeb no ROC organizado por Fredrik Johnsson pela primeira vez em Paris em 2006, não foi o único motivo de alegria para os muitos fãs suecos do automobilismo. No sábado e no domingo, Mattias Ekström emocionou os espectadores com voltas de demonstração do lendário carro Audi Sport quattro S1 do Grupo B de mais de 500 cv. Seu companheiro de equipe Audi, o 14 vezes vencedor do recorde do Dakar, Stéphane Peterhansel, também causou arrepios no público ao pilotar o Audi RS Q e-tron, que liderou o Rally Dakar pela primeira vez há algumas semanas atrás.

 

Com jornalistas nos dois lados do oceano, informamos que nossos textos contêm expressões e palavras utilizadas tanto no Brasil como em Portugal, de acordo com a origem do conteúdo e o mercado principal a que se destinam.


Visite nossa Plataforma de Compra e Venda de Veículos e tenha atendimento com especialistas que vão ajudar você a realizar o melhor negócio



Gostou da matéria? – Saiba que a sua contribuição é muito importante para a realização do nosso trabalho de jornalismo independente e totalmente gratuito.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção #Automobilismo entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page