top of page

Ford anunciou uma picape elétrica de segunda geração que será produzida em nova megafábrica


Ford anunciou uma picape elétrica de segunda geração que será produzida em nova megafábrica

A Ford anunciou o lançamento de uma picape elétrica totalmente nova em 2025, de segunda geração, ainda conhecida apenas como Projeto T3. Ela será produzida na megafábrica de veículos e baterias BlueOval City, em construção no Tennessee, nos EUA, com capacidade para 500.000 unidades/ano – veja o vídeo. A Ford e a parceira SK On estão investindo US$ 5,6 bilhões no projeto, que é considerado o início de uma nova era na indústria.


“A BlueOval City é um modelo para o futuro elétrico da Ford em todo o mundo”, disse Bill Ford, presidente do Conselho da Ford. “Vamos produzir veículos elétricos revolucionários em uma planta avançada que trabalha em harmonia com o planeta, combinando crescimento e inovação nos negócios com progresso ambiental.”


A BlueOval City foi projetada para ser o primeiro complexo de produção de veículos e baterias com carbono neutro da Ford. A meta da empresa é ter todas as suas fábricas no mundo abastecidas com eletricidade renovável e livre de carbono até 2035.


“O Projeto T3 é uma oportunidade única de revolucionar as picapes na América. Estamos unindo a experiência de 100 anos da Ford em picapes com o que há de melhor em veículos elétricos, software e aerodinâmica. É uma plataforma ilimitada em termos de capacidade e inovação”, diz Jim Farley, presidente e CEO da Ford.


“O seu processo de fabricação será igualmente inovador, com simplicidade radical, custo eficiente e tecnologias que farão da BlueOval City o equivalente moderno da fábrica Rouge de Henry Ford. Uma fábrica do futuro que pessoas de todo o mundo vão querer visitar.”


A BlueOval City faz parte do plano da Ford de aumentar a produção de veículos elétricos para 2 milhões de unidades/ano em todo o mundo até o final de 2026 e torná-los mais acessíveis para os clientes.

Ford anunciou uma picape elétrica de segunda geração que será produzida em nova megafábrica

Nova era na indústria


A Ford está desenvolvendo sua picape elétrica de segunda geração junto com a nova fábrica, com uma área de montagem 30% menor que as plantas tradicionais e maior capacidade de produção.


Ao mesmo tempo, a marca conseguiu reduzir a complexidade do trabalho dos times do Projeto T3, comparado aos programas anteriores, para entregar o desempenho e inovação que os clientes esperam das suas picapes.


Projeto T3 é uma abreviação de “Trust The Truck” (“Confie na Picape”) – grito de guerra do time de desenvolvimento que acabou sendo adotado como nome. A linha mestra da equipe foi criar uma picape em que as pessoas pudessem confiar na era digital – totalmente atualizável, em constante aprimoramento e capaz de rebocar, transportar e fornecer energia, com infinitas inovações desejadas pelos clientes.


A fábrica será abastecida com eletricidade livre de carbono desde a inauguração. Pela primeira vez em 120 anos, a Ford também vai usar energia recuperada das instalações e do sistema geotérmico para aquecer a fábrica sem geração de carbono – economizando cerca de 8,5 milhões de metros cúbicos de gás natural por ano.


O novo sistema de utilidades do complexo vai economizar cerca de 190 milhões de litros de água por ano reduzindo a evaporação das torres de resfriamento. Além de gerar zero resíduo para aterro sanitário, ele não usará água potável nos processos e haverá um sistema de captação de águas pluviais.


O complexo de 3.600 acres inclui uma fábrica de baterias BlueOval SK totalmente integrada. Ela vai produzir células e baterias que serão entregues diretamente na linha de montagem, em menos de 30 minutos.


A BlueOval City terá também um parque de fornecedores e um centro de modificação capaz de instalar acessórios muito usados nas picapes Ford – como revestimento de caçamba do tipo spray-in aplicado por robôs e caixas de ferramentas – antes da entrega para as revendas e clientes.

 

Com jornalistas nos dois lados do oceano, informamos que nossos textos contêm expressões e palavras utilizadas tanto no Brasil como em Portugal, de acordo com a origem do conteúdo e o mercado principal a que se destinam.


Visite nossa Plataforma de Compra e Venda de Veículos e tenha atendimento com especialistas que vão ajudar você a realizar o melhor negócio



Gostou da matéria? – Saiba que a sua contribuição é muito importante para a realização do nosso trabalho de jornalismo independente e totalmente gratuito. Saiba como apoiar aqui


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção #Automóveis entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Commentaires


350x250.gif
300.250.png
bottom of page