top of page

Ferrovia: Talgo cresce 33,5% em 2023 e melhora previsões para o ano


Ferrovia: Talgo cresce 33,5% em 2023 e melhora previsões para o ano

A Talgo S.A., empresa espanhola que atua na produção e manutenção de comboios ligeiros de alta velocidade, registou receitas de 470,3 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2023, mais 33,5% que os 352,2 milhões de euros registados no período homólogo do ano anterior. Este crescimento de receitas deveu-se principalmente ao aumento da atividade de produção da empresa e às extensões de contratos com operadores ferroviários europeus, na Alemanha (DB) e na Dinamarca (DSB). O projecto de fabrico de locomotivas e remodelação de comboios da Renfe em Espanha, que constituirão a Série 107, bem como os ganhos recorrentes e estáveis ​​da actividade de manutenção, também contribuíram para o crescimento dos indicadores até Setembro.


A Talgo registou um EBITDA ajustado de 64,5 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2023, o que representa um aumento de 68% face ao período homólogo. Esta melhoria do EBITDA ajustado do terceiro trimestre deveu-se, por um lado, à estabilização das margens operacionais e, por outro, aos resultados extraordinários decorrentes das prorrogações dos contratos atuais. Nesse sentido, a empresa aumentou as margens para 13% ante 10,9% no mesmo período de 2022, e acima do esperado para 2023. Mesmo com isso, a Companhia continua a referir as incertezas derivadas da macroeconomia e da geopolítica como determinantes do desempenho do projeto, especialmente em relação à cadeia de abastecimento e aos custos financeiros.


Carteira de pedidos em alta

A Talgo conheceu uma forte evolução positiva na vertente comercial, que elevou a carteira de encomendas para um máximo histórico de 4,2 mil milhões de euros, impulsionada pelos mais de 1,9 mil milhões de euros em novas adjudicações alcançadas nos primeiros nove meses do ano. Desta forma, a Talgo supera em muito as suas expectativas de novas contratações e consolida uma carteira de encomendas que proporciona um elevado grau de estabilidade sobre o nível de atividade industrial para os próximos anos.

Ferrovia: Talgo cresce 33,5% em 2023 e melhora previsões para o ano

Os serviços de manutenção, geradores de receitas recorrentes e de caixa de longo prazo da empresa, respondem por 46% da carteira de pedidos atual. A Empresa destaca o potencial de crescimento desta área de atividade, graças às novas frotas que entram em operação.


Com o objetivo de mitigar o impacto negativo de fatores exógenos, como a inflação, e proteger as margens dos projetos, a Talgo continuou trabalhando na inclusão nos contratos de cláusulas de indexação e repercussão de despesas financeiras relacionadas ao financiamento de projetos, bem como em aspectos relacionados a cadeia de suprimentos, como relocação e expansão da base de fornecedores.


Previsões para 2023

O aumento da actividade industrial, bem como o actual dinamismo comercial e os rendimentos extraordinários provenientes das prorrogações de acordos levaram a Talgo a melhorar as suas previsões para o ano de 2023. Esta melhoria do cenário poderá afetar tanto as receitas como as margens operacionais.

 

Com jornalistas nos dois lados do oceano, informamos que nossos textos contêm expressões e palavras utilizadas tanto no Brasil como em Portugal, de acordo com a origem do conteúdo e o mercado principal a que se destinam.



Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page