top of page

Ferrovia: Na rota para a China, Turquia com grande expansão da sua rede até 2023


Ferrovia: Na rota para a China, Turquia com  grande expansão da sua rede até 2023

A Turquia planeja expandir sua rede para ir dos atuais 12.803 quilômetros para 16.775, coincidindo com a comemoração do centenário da República da Turquia em 2023, e consolidar sua posição na crescente rota para a China.


A iniciativa Belt and Road visa conectar a Ásia com a África e a Europa por meio de redes terrestres e marítimas, ao longo de seis corredores, para melhorar a integração regional, aumentar o comércio e estimular o crescimento econômico. Em janeiro passado, a Turquia operou dois serviços piloto de Ancara através da ferrovia BTK para a Rússia e a China, respectivamente.



O primeiro serviço entre a Ásia e a Europa foi através do Corredor do Meio e da Ferrovia Baku - Tbilisi - Kars, BTK, em 2019. O Corredor do Oriente Médio, que vai da Turquia, passando pela Geórgia, Azerbaijão e Ásia Central, até a China, dá asas à Turquia que pretende se tornar uma alternativa às rotas marítimas e transiberianas, e que com a expansão da rede projetada para 2023 iria reforçar esse posicionamento.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Ferrovia entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page