• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Ferrovia: Após um ano parado, serviço comercial de alta-velocidade AVE Medina-Meca é retomado


Ferrovia: Após um ano parado, serviço comercial de alta-velocidade AVE Medina-Meca é retomado

No dia 31 de março, o serviço comercial da Ferrovia de Alta Velocidade Haramain, o AVE Medina-Meca na Arábia Saudita, com todos os seus benefícios. Os serviços estavam suspensos desde 21 de março de 2020, em conformidade com as medidas tomadas pela Autoridade de Transporte Público Saudita para evitar a propagação do Covid-19.


A Haramain High Speed ​​Railway irá inicialmente oferecer três frequências diárias entre Meca e Medina, parando no Aeroporto Internacional King Abdulaziz, em Jeddah, e na King Abdullah Economic City, KAEC. As frequências aumentarão para 54 dia durante o período especial de Ramadã. A Haramain High Speed ​​Railway adotou um protocolo de proteção contra Covid-19, com o reforço dos procedimentos de limpeza e desinfecção dos trens, limitação do número de assentos a duzentos por trem para garantir a distância entre passageiros e controle de temperatura nas estações.


Desde a inauguração da atividade comercial, em 11 de outubro de 2018, até 15 de março de 2020, os trens de alta velocidade da Haramain High Speed ​​Railway prestaram mais de 3.300 serviços comerciais para cerca de 1 milhão de passageiros, com pontualidade tarifária média acima de 95 por cento.


Trabalho de instalação

Durante este período de inatividade comercial, foi mantida a atividade de instalação de sistemas de sinalização ERTMS nível 2 e outros equipamentos de via, concluindo a instalação de todos os sistemas para oferecer um serviço comercial com todas as vantagens ao longo dos 450 quilómetros do percurso tanto em velocidade, 300 km/h que já era ofertado desde 1º de janeiro de 2020 no trecho entre as estações Medina e KAEC, bem como em número de serviços.


A fase 2 da Haramain High Speed ​​Railway, agora iniciada, compreende a operação e manutenção da linha pelo Consórcio por um período de sete anos, prorrogáveis ​​até doze após a assinatura do novo acordo.


Tecnologia espanhola

A linha de alta velocidade Meca-Medina é o primeiro sistema de alta velocidade em um ambiente desértico. Praticamente todos os materiais que compõem a superestrutura (trilho, dormente, aparelhagem, brita, fio de cobre da catenária, postes de energia, cabos e sinalização foram reforçados para enfrentar o rigor do clima saudita, sendo fabricados e fornecidos pela indústria ferroviária espanhola.

O trem

O trem Haramain, baseado no Talgo 350 e adaptado para sua operação no deserto, exigiu o desenvolvimento de patentes em questões como proteção contra poeira e areia desértica, segurança e conforto em climas extremos ou soluções para melhorar a manutenção. Incorpora trinta tecnologias específicas, algumas delas baseadas na indústria militar ou nas energias renováveis, que constituem o chamado “pacote do deserto”.


Para combater areia e poeira em suspensão, os trens contam com sistema de air rail cleaning, acabamento especial em caixas e janelas, tintas e revestimentos antiabrasivos e anticorrosivos, estanqueidade de juntas mecânicas e elétricas, filtros para expelir poeira de dentro dos vagões e sistema especial de vedação da porta externa, entre outros.


Para contrariar as altas temperaturas, dispõem de unidades de ar condicionado autónomas de alta potência com autonomia de duas horas e isolamento de alto rendimento. Para melhorar a manutenção e reduzir o desgaste do material, as rodas do trem são maiores em diâmetro do que o Talgo 350.


Além disso, a Talgo projeta com o Google Cloud uma grande solução bata para armazenar e processar todos os dados emitidos por cada trem, cerca de 2.000 sinais por segundo, para monitorá-los em tempo real, armazená-los e ajudar no planejamento da manutenção preventiva.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Ferrovia entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br


Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !
Coluna de André Maranhão - Veículos híbridos e eletricos