top of page

Ferrovia: Alstom vai produzir no Brasil 37 trens Metropolis, para Santiago, no Chile


Ferrovia: Alstom vai produzir no Brasil 37 trens Metropolis, para Santiago, no Chile

A Alstom, ganhou um contrato de € 355 milhões para fornecer seu sistema de sinalização Urbalis CBTC, além de 20 anos de manutenção e 37 trens Metropolis para Santiago, Chile. Os novos trens, combinados com o sistema de sinalização CBTC, ajudarão a otimizar a capacidade e eficiência da nova Linha 7 do Metrô de Santiago, cuja inauguração está prevista para o final de 2027.


"Este contrato é a validação das inovações de mobilidade inteligente e sustentável e tecnologia avançada da Alstom. Nossos trens e sistema de sinalização melhorarão não apenas a qualidade da mobilidade e transporte no Chile, garantindo transporte confiável, seguro e disponível, mas também fornecerá a cidade de Santiago com uma alternativa eficiente e ecológica ao transporte rodoviário para milhões de passageiros", diz Denis Girault, diretor administrativo da Alstom no Chile.


Cada um dos 37 trens Metropolis automáticos de 102 metros que a Alstom entregará ao Metrô de Santiago terá capacidade para transportar até 1.250 passageiros e proporcionar uma experiência aprimorada aos passageiros. As unidades terão 4 portas largas de cada lado, ar-condicionado e um sistema avançado de informações para passageiros que exibe informações de rotas e estações, enquanto recursos de segurança, como câmeras externas de alta resolução e interfones que mantêm a comunicação dos passageiros com o centro de controle, aumentarão a segurança dos passageiros e da infraestrutura. A Alstom fabricará os novos trens em sua fábrica de Taubaté, no Brasil, com a entrega das primeiras unidades prevista para 2025.


"Nossos trens e sistema de sinalização melhorarão não apenas a qualidade da mobilidade e do transporte no Chile, garantindo transporte confiável, seguro e disponível, mas também fornecerão à cidade de Santiago uma alternativa eficiente e ecológica ao transporte rodoviário para milhões de passageiros." Denis Girault

A Alstom entregará seu sistema de sinalização Urbalis CBTC em 26 quilômetros da linha. Urbalis o que reduz o intervalo entre os trens, maximizando a capacidade do sistema e ajuda a melhorar a eficiência energética das operações. A Alstom também integrará medidas avançadas de cibersegurança ferroviária para melhorar a proteção dos sistemas de controle de trens da Linha 7 para trens e sinalização.



Atualmente em construção, a Linha 7 do Metrô de Santiago terá 26 quilômetros de extensão e 19 estações, beneficiando uma população estimada em 1 milhão 365 mil habitantes. Quando a Linha 7 estiver em operação, o tempo de viagem previsto entre as futuras estações terminais é estimado em 37 minutos, o que significa uma redução de 54% no tempo de viagem em relação ao que leva hoje pelo sistema de ônibus (aproximadamente 80 minutos). O valor do investimento da Linha 7 é de US$ 2.528 milhões.


Mais de 30 cidades encomendaram ou estão operando o trem Metropolis s, incluindo Amsterdã, Cingapura, Cidade do Panamá, Barcelona, Paris, Riad, Dubai, Sydney e Montreal.

 

Visite nossa Plataforma de Compra e Venda de Veículos e tenha atendimento com especialistas que vão ajudar você a realizar o melhor negócio



 

Gostou da matéria? – Saiba que a sua contribuição é muito importante para a realização do nosso trabalho de jornalismo independente.


Utilize a chave PIX - comercial@revistapubliracing.com.br e seja nosso parceiro -

O valor, você escolhe!


Conta Jurídica: (ARTUR JORGE SEMEDO, EDIÇÃO DE JORNAIS E REVISTAS).

Se preferir outra forma de contribuição (cartões), acesse aqui


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Ferrovia entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comentarios


350x250.gif
300.250.png
bottom of page