top of page

Ferrovia: Alstom revela a nova geração do TGV


Ferrovia: Alstom revela a nova geração do TGV

A Alstom revelou a nova geração do trem de alta velocidade TGV. A unidade foi revelada na linha de produção da Alstom em La Rochelle.


O TGV M, teve a participação direta da área de engenharia do fabricante e também dos especialistas e material rodante e de alta velocidade da SNCF, empresa francesa que vai operar as novas unidades já a partirv de 2024.


Inicialmente são 115 unidades encomendadas, das quais 100 para operar na França e outas 15 para operar em mercados internacionais, possivelmente onde a SNCF já operara como a Espanha, por exemplo sendo usado para serviços INOUI e OUIGO TGV:


De entre as diversas novidades, foi anunciada uma modularidade sem precedentes, que permite ajustar o número de carros o mais próximo possível das necessidades e demanda (7, 8 ou 9), para transformar rapidamente um espaço de 1ª classe em um espaço de 2ª classe e vice-versa, reconfigurar o interior remover ou adicionar assentos, espaços para bicicletas ou bagagens, etc.



Um aumento de 20% no espaço a bordo, ou seja, uma oferta possível de até 740 lugares em comparação com o atual máximo de 634.


Eficiência energética por passageiro transportado foi outra preocupação: a pegada de carbono do TGV M é a mais baixa do mercado e 97% dos componentes do trem são recicláveis. Com uma redução de 32% nas emissões de CO2, o TGV M está totalmente alinhado com os compromissos ambientais do Grupo SNCF, conforme estabelecido no programa SNCF Voyageurs "Planète Voyages", que visa reduzir a pegada de carbono e o consumo de energia de todas as suas atividades.

Ferrovia: Alstom revela a nova geração do TGV

Acesso a serviços conectados em evolução que atendem às necessidades dos passageiros, como Wi-Fi a bordo, além de informações completas em tempo real nas diversas áreas do trem.


As novidades do TGV M, bem como as suas especificações técnicas, são diferentes das da frota atual, levando a SNCF Voyageurs a implementar um programa operacional envolvendo todos os players do Grupo.


Operação

O TGV M terá 9 carros de passageiros em vez de 8 como os TGVs atuais. Ou ao fato de que a maioria das interfaces na cabine do operador serem totalmente digitalizadas.


Manutenção

Grandes investimentos têm sido feitos nos Technicenters de manutenção do TGV para tornar suas instalações compatíveis com o TGV M e para instalar bancadas de manutenção automatizadas que podem verificar várias centenas de peças de um trem em poucos segundos.


E nesses Technicenters, os novos conceitos de manutenção preditiva, baseados no uso dos milhares de dados do TGV M, prometem trazer a manutenção do TGV para uma nova era. Os dados técnicos fornecerão informações claras, confiáveis ​​e de alto valor agregado, permitindo antecipar avarias em portas, sistemas de ar condicionado e, em geral, todos os sistemas que contribuem para a operação do trem e conforto dos passageiros. O objetivo é reduzir os custos de manutenção em cerca de 30%.


Para o desenvolvimento do novo TGV foram realizados investimentos de cerca de 50 milhões de euros em dez das dezesseis unidades da Alstom na França que estão envolvidas no projeto do novo trem: Belfort para as locomotivas, La Rochelle para os vagões (estudos, industrialização, compra, fabricação e teste de vagões de passageiros), apoio logístico e de serviços e projeto gestão; Villeurbanne para o sistema informatizado de controle e comando, informações aos passageiros e equipamentos de bordo; Ornans para os motores; Le Creusot para os truques; Tarbes para tração; Toulouse (COE electric) para os circuitos eléctricos; Petit Quevilly para os transformadores; Saint-Ouen para design e sinalização; e ainda Valenciennes para o estudo dos elementos de design de interiores



No total, 4.000 empregos serão gerados por este projeto na indústria ferroviária francesa.

Clientes


De acordo com a empresa o design de interiores foi pensado para promover o descanso e um ambiente silencioso, para uma viagem serena e tranquila. Por outro lado, as áreas sociais foram pensadas para quem deseja divertir-se com amigos ou familiares. As janelas foram ampliadas para uma visão panorâmica da paisagem. A iluminação se adaptará à intensidade da luz natural no trem. Todos os assentos, projetados para o máximo conforto, terão recursos de conectividade, oferecendo a todos um poderoso WIFI.


O TGV M é o primeiro TGV que, desde o início da sua concepção, foi concebido em estreita colaboração com associações de pessoas com mobilidade reduzida (nomeadamente utilizadores de cadeiras de rodas e deficientes visuais). Será o primeiro TGV a oferecer acesso totalmente independente ao trem. Uma plataforma elevatória giratória permitirá que os usuários de cadeira de rodas acessem o trem de forma independente, até a sala reservada para eles, e um sistema de som para localizar as portas orientará os deficientes visuais quando embarcarem.

Ferrovia: Alstom revela a nova geração do TGV

Maquinistas

Pela primeira vez, os maquinistas estiveram envolvidos no projeto da cabine. Usando óculos de realidade virtual, cem operadores fizeram um tour virtual pela cabine, com a escolha de 3 designs de espaço. O conforto, o espaço e a ergonomia da cabine receberam muita atenção. A iluminação indireta foi introduzida e os controles foram posicionados para facilitar os gestos rotineiros.


Próximos passos para o TGV M

O próximo grande passo será a fase de testes dinâmicos a 200 km/h em Velim (República Tcheca) até o final de 2022. Isso abre o primeiro capítulo de um longo período de testes para este trem de alta velocidade.


O conforto dos assentos será testado por uma amostra representativa de pessoas, a fim de colher suas reações e fazer ajustes, se necessário.


O carro dedicado a pessoas em cadeira de rodas tem várias inovações. Continuam os trabalhos com as associações para finalizar os ajustes técnicos e a escolha da sinalização. Atendentes e equipes de manutenção também são envolvidos nesse processo, a fim de identificar mudanças na forma de trabalhar.


Ainda alvo dos testes que se iniciam até final do ano está o carro bar, que foi completamente redesenhado. Por este motivo, a empresa vai iniciar trabalhos específicos para adaptar a oferta de restauração a este novo espaço.



Visite nossa Plataforma de Compra e Venda de Veículos e tenha atendimento com especialistas que vão ajudar você a realizar o melhor negócio



Gostou da matéria? – Saiba que a sua contribuição é muito importante para a realização do nosso trabalho de jornalismo independente e totalmente gratuito.


Utilize o QR Code


O valor, você escolhe!


Se preferir outra forma de contribuição (cartões), acesse aqui



Para publicidade, apoio ou parcerias na seção #Ferrovia entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page