top of page

Espanha encomenda 20 jatos Eurofighter para modernizar sua frota de aviões de combate


Espanha encomenda 20 jatos Eurofighter para modernizar sua frota de aviões de combate

Conhecido como programa Halcon, a Espanha acaba de anunciar um pedido que abrangerá a entrega de uma frota de caças equipados com radar E-Scan (Electronically Scanned) composto por 16 monopostos e 4 bipostos para substituir a frota de F-18 operada pela força aérea espanhola nas Ilhas Canárias.


Este contrato fará com que a frota espanhola de Eurofighters cresça para 90 aeronaves. Com a primeira entrega prevista para 2026, essas novas aeronaves irão aprimorar e posicionar a frota de caças da Força Aérea Espanhola entre seus aliados da OTAN com o caça mais moderno desenvolvido na Europa, além de garantir a atividade industrial até 2030.



“Este pedido adicional reforça o compromisso da Espanha não apenas com o Eurofighter, mas também com seu desenvolvimento e ambiente industrial. Gostaria de agradecer ao cliente por sua posição firme em relação à defesa europeia no momento em que ela é mais necessária”, disse Mike Schoellhorn, CEO da Airbus Defense and Space.


A aquisição, avaliada em 2,043 bilhões de euros, foi aprovada pelo Conselho de Ministros da Espanha em 14 de dezembro de 2021 e inclui a aeronave, motores, simulador e os serviços de suporte necessários.


Em serviço com a Espanha desde 2003, a força aérea do país opera o Eurofighter a partir das bases aéreas de Morón (11ª Ala) e Albacete (14ª Ala), protegendo o território espanhol e desempenhando um papel fundamental no coração da OTAN em diferentes missões de Policiamento Aéreo no Báltico e, mais recentemente, no Mar Negro. Com a chegada destas novas aeronaves, a Espanha vai equipar também uma terceira base com jatos Eurofighter, nomeadamente Gando nas Ilhas Canárias, que alberga a 46ª Ala.



O Eurofighter espanhol é montado, testado e entregue na planta da Airbus de Getafe (Espanha) e sua pegada industrial se traduz em mais de 20.000 empregos diretos e indiretos somente na Espanha. As principais empresas nacionais de defesa e tecnologia estão envolvidas no processo de fabricação. A Airbus também está trabalhando no Getafe em coordenação com o Centro de Armamento e Logística Experimental (CLAEX) da Força Aérea Espanhola para fazer várias modificações, como a implementação do novo pacote de software CM02+ para os Eurofighters Tranche 1. Uma grande melhoria tática oferecida por este software é a nova capacidade de direcionamento automático de armas ar-superfície após a integração do pod de direcionamento Litening-III. Outras capacidades ar-ar e ar-superfície também foram introduzidas, juntamente com melhorias nos sistemas de comunicação.


O Eurofighter é o maior programa de defesa da Europa, envolvendo Reino Unido, Espanha, Alemanha e Itália. Além das suas capacidades tecnológicas, assegura mais de 100.000 empregos na Europa. Até o momento, o programa Eurofighter registrou 681 pedidos de aeronaves para 9 nações ao redor do mundo.



Visite nossa Plataforma de Compra e Venda de Veículos e tenha atendimento com especialistas que vão ajudar você a realizar o melhor negócio

 

Gostou da matéria? – Saiba que a sua contribuição é muito importante para a realização do nosso trabalho de jornalismo independente e totalmente gratuito.


Utilize a chave PIX - comercial@revistapubliracing.com.br e seja nosso parceiro -

O valor, você escolhe!


Se preferir outra forma de contribuição (cartões), acesse aqui


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção #Aviação entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

350x250.gif
300.250.png
bottom of page