top of page

Entrevista: José Lameiro, do Ralicross para a Montanha em ano muito positivo



Entrevista: José Lameiro, do Ralicross para a Montanha em ano muito positivo

Foi uma das “aquisições” sonantes do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group 2023. José Lameiro, piloto e patrão da Diatosta, transferiu-se das lides do Ralicross para a Montanha e, aos comandos do seu Skoda Fabia Super Car, realizou uma época muito positiva. O piloto de Aveiro faz agora o balanço da temporada.


No arranque da temporada de 2023, quais eram as suas expectativas?

“Em 2023, no início, esperava sobretudo aprender e tentar evoluir, pois estava absolutamente consciente das dificuldades. O desafio era extremamente exigente para mim e contrariava todas as minha aptidões naturais. Nunca competira em asfalto e tenho uma dificuldade nata na memorização do traçado, algo absolutamente fundamental para se ser rápido na Montanha. Tem de se conhecer muito bem para confiar e atacar, pois não existe margem de erro. Erras, bates e, sendo assim, estava muito ansioso e nervoso. O primeiro contacto com a Montanha foi, garanto, assustador, mete muito respeito. Admiro muito esta malta, são endiabrados!”

Entrevista: José Lameiro, do Ralicross para a Montanha em ano muito positivo

Modalidade nova, desafios novos. Se tivesse de escolher “aquele momento” na época, qual seria?

“O maior desafio foi a Falperra, a mítica Falperra. Fazer aquela rampa dá um arrepio na espinha e foi a que mais adorei. nunca me imaginei algum dia a competir ali, alucinante, garanto! Foi espetacular e estou desejoso de lá voltar, com muito respeito!”

Quais os momentos menos felizes que enfrentou em 2023?

“Dos momentos desapontantes, foram problemas sentidos no motor, estamos a resolver, as rampas são muito mais exigentes para os motores e o nosso manifestamente não estava adaptado, agora confiamos que ficará bem. Faz parte da curva de aprendizagem pois também para a equipa tudo foi novo. Optei por continuar na DM Motorsport e com a IGV, em vez de mudar para uma outra equipa e sei que continuaremos a ter sucesso, temos valia para isso”.

Entrevista: José Lameiro, do Ralicross para a Montanha em ano muito positivo

E que balanço retira da temporada?

“Acabei por me surpreender com a nossa rapidez. Falhamos 3 corridas e ainda assim fizemos 12º à geral e Top 4 na geral dos Super Challenge, tendo ainda alcançado o pódio nos SC1. Ora, se levarmos em conta que fiz muitas das subidas com limitações, o balanço para mim é excelente. Não batemos nem estraguei o meu ‘rapaz’. O Skoda é um carro fenomenal e vai melhorar em 2024. Foi bom, este campeonato é duro, excelentes carros, excelentes pilotos, sendo assim estou muito feliz, muito contente por estar na Família da Montanha!”

A época seguinte está quase a bater à porta. Quais os planos e objetivos para 2024?

Em 2024, a aprendizagem vai continuar, obviamente. Ter fiabilidade mecânica para somar todos os pontos e ser mais rápido nas rampas em que competi serão os grandes objetivos. A melhoria continua está sempre presente comigo, estou sempre desassossegado, sempre a desafiar a evolução e em 2024 queremos ser mais fortes”.

Entrevista: José Lameiro, do Ralicross para a Montanha em ano muito positivo

350x250.gif
300.250.png
bottom of page