top of page

Emplacamentos de veículos no Brasil crescem em fevereiro e em relação a 2022


Emplacamentos de veículos no Brasil crescem em fevereiro e em relação a 2022

Em fevereiro, segundo dados da Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, os emplacamentos de veículos no Brasil tiveram alta nas vendas diárias, na comparação com janeiro de 2023, e evolução de 11,16% sobre o mesmo mês de 2022. No ano, o setor registra crescimento acumulado de 14,25%.


“Tivemos apenas 18 dias úteis em fevereiro e conseguimos evoluir 11,16% no volume diário de veículos sobre o resultado de janeiro. Na média, foram emplacadas 12.801 unidades, diariamente, em fevereiro, contra 11.516 unidades em janeiro deste ano. A elevação sobre o ano anterior está muito relacionada ao auge da crise de falta de produtos que atingiu o setor automotivo, principalmente, nos anos de 2021 e 2022”, analisa Andreta Jr., Presidente da Fenabrave.


Segundo ele, dados os desafios conjunturais, como a alta taxa de juros e a sazonalidade de início de ano, os resultados são positivos. “Praticamente, todos os segmentos registram alta no acumulado do bimestre, em relação a 2022, com destaque para o mercado de motocicletas, categoria que tem boa expectativa de crescimento para este ano, segundo nossas projeções”, conclui Andreta Jr.


Avaliação por segmento

Automóveis e Comerciais leves

Após registrar bons resultados em janeiro, os segmentos de autos e leves tiveram alta nas vendas diárias em fevereiro. “O volume de fevereiro foi apenas 8,2% menor do que o de janeiro, mesmo em um mês com quatro dias úteis a menos de emplacamentos. Isso se deve ao fato de que, aos poucos, o setor tem conseguido encontrar o equilíbrio entre a oferta de produtos e a demanda dos consumidores”, afirma Andreta Jr.

Automóveis e Comerciais Leves Eletrificados

Os segmentos registraram um volume bastante próximo ao de janeiro (4.294 unidades em fevereiro, contra 4.502 no mês anterior). “Os híbridos seguem dominando este mercado, com participação superior a 80%, mas vale destacar que os emplacamentos de modelos elétricos tiveram alta de 79,7% no bimestre”, destacou o Presidente da entidade.


Caminhões

O movimento de antecipação de compras, por conta da mudança de tecnologia dos motores, exigida pelo Proconve P8, tem provocado volatilidade nos números do segmento. “Já esperávamos um primeiro trimestre com essas variações, pois, neste período, os compradores podem optar por veículos adequados às duas regras de emissões”.


Ônibus

Apesar da base baixa de comparação, já que o segmento foi um dos mais afetados nos últimos anos, Andreta Jr. destaca que já são claros os sinais de retomada no mercado de ônibus. “Essa categoria passou por um período difícil, com as restrições de circulação e as dificuldades enfrentadas pelas empresas de transporte de passageiros, mas os sinais de uma recuperação


Motocicletas

Considerado como um dos segmentos com maior potencial de crescimento para 2023, o mercado de motocicletas segue registrando bons números. “Mesmo com a seletividade de crédito, a demanda segue alta, já que se trata de um veículo essencial para a logística urbana das cidades e para qual muitos motoristas de automóveis e comerciais leves têm migrado, seja pela facilidade de locomoção ou por questões relacionadas aos valores gastos em aquisição e combustíveis, por exemplo”, analisa Andreta Jr.


Motocicletas Eletrificadas

Apesar do menor número de dias úteis, em fevereiro, o segmento conseguiu superar o volume total de janeiro. “No 1º. Bimestre, tivemos pouco mais de 1.000 unidades emplacadas e a expectativa é de crescimento para 2023”


 

Com jornalistas nos dois lados do oceano, informamos que nossos textos contêm expressões e palavras utilizadas tanto no Brasil como em Portugal, de acordo com a origem do conteúdo e o mercado principal a que se destinam.


Visite nossa Plataforma de Compra e Venda de Veículos e tenha atendimento com especialistas que vão ajudar você a realizar o melhor negócio



Gostou da matéria? – Saiba que a sua contribuição é muito importante para a realização do nosso trabalho de jornalismo independente e totalmente gratuito.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção #Automóveis entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page