top of page

Em 2022 foram produzidos mais de 68 milhões de automóveis no mundo, aumento de 7,9%


Em 2022 foram produzidos mais de 68 milhões de automóveis no mundo, aumento de 7,9%

Na última edição do Relatório Econômico e de Mercado da ACEA (Associação Europeia de Fabricantes de Automóveis) que abrange todo o ano de 2022, a entidade forneceu uma visão geral detalhada dos registros de automóveis de passageiros, bem como da produção, tanto na Europa quanto nos principais mercados em todo o mundo.


Produção

Em termos de produção de automóveis de passageiros, apesar de um aumento de 7,1% na produção de automóveis da UE, os volumes totais na Europa caíram 1,6%, impactados pelo colapso dos mercados russo e ucraniano.


A produção de automóveis norte-americana aumentou 10,3% em 2022 para 10,4 milhões de unidades, impulsionada principalmente pela forte demanda nos EUA.


Com o fim dos bloqueios e com a demanda fortemente estimulada por incentivos governamentais, a produção de automóveis chinesa aumentou 11,7% no ano passado, com 23,2 milhões de veículos construídos, representando o país 34% da produção global.


Também impulsionada pela demanda doméstica robusta e maior confiança do consumidor, a produção de carros indianos atingiu 4,3 milhões de unidades em 2022, resultando em um forte crescimento de 21,6%.


No geral, mais de 68 milhões de automóveis de passageiros foram fabricados em todo o mundo em 2022, um aumento de 7,9% em relação ao ano anterior.


Registros (Emplacamentos)

Já olhando para os registros de automóveis de passageiros em 2022, os números globais de carros novos atingiram 66,2 milhões de unidades, com a recuperação das vendas no último trimestre do ano. No entanto, a demanda ainda está bem abaixo dos níveis pré-pandêmicos de 2019.


Os registros na região europeia caíram 10,4% em 2022, para 12,8 milhões de unidades, impactados principalmente pela falta de produtos para entrega, problema que tem origem na produção ainda afetada pela escassez de semicondutores e pelo conflito russo-ucraniano.


Apesar de uma ligeira recuperação no último trimestre de 2022, os volumes de vendas para o ano inteiro na América do Norte caíram 8,7% em comparação com 2021, para 12,7 milhões de unidades.


Já as vendas de automóveis de passageiros no Japão caíram 5,1% em comparação com 2021, devido aos preços mais altos da energia combinados com a depreciação do iene.


A demanda na China aumentou 7,6% em relação ao ano anterior, para 21,7 milhões de carros vendidos, já que a retirada dos incentivos do governo até o final de 2022 antecipou a demanda sendo claramente uma incógnita como o mercado chinês vai reagir após o fim de muitos dos incentivos para a aquisição de novos veículos, nomeadamente modelos de entrada, urbanos e de baixo consumo, e muito particularmente os elétricos.

 

Com jornalistas nos dois lados do oceano, informamos que nossos textos contêm expressões e palavras utilizadas tanto no Brasil como em Portugal, de acordo com a origem do conteúdo e o mercado principal a que se destinam.


Visite nossa Plataforma de Compra e Venda de Veículos e tenha atendimento com especialistas que vão ajudar você a realizar o melhor negócio



Gostou da matéria? – Saiba que a sua contribuição é muito importante para a realização do nosso trabalho de jornalismo independente e totalmente gratuito.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção #Automoveis entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comentários


350x250.gif
300.250.png
AEA_SDSEC2024_CARROSSEL_01.png
bottom of page