top of page

Dakar 2023: Moraes passa mal, para na especial, retorna e ainda chega em 3º na especial de hoje


Dakar 2023: Moraes passa mal, para na especial, retorna e ainda chega em 3º na especial de hoje

Com 114km de competição em trecho cronometrado, a especial mais curta entre as 14 programadas para a edição 2023 do Rally Dakar testou os limites de competidores e equipamentos. Com 90% (ou 102km, segundo a organização) do seu trajeto feito em um longo trecho de dunas do deserto Empty Quarter, na Arábia Saudita, a especial desta quarta-feira (11) marcou um dos momentos mais difíceis para o estreante brasileiro Lucas Moraes, que é o atual vice-líder do maior desafio do off-road mundial e por isso vem sendo uma das sensações do Dakar.


A quantidade e o nível de elevação e queda contínuos, além dos inúmeros saltos, na região de dunas chegaram a fazer o piloto brasileiro do Toyota GR DKR Hilux sentir-se mal e ter que parar o carro no meio da competição. “Não consegui segurar, tive que vomitar. Passei vários quilômetros me sentindo mal e essa sensação atrapalhou demais a minha concentração. Segurei até não ter mais como seguir em frente. Tive que parar para vomitar e aliviar o mal-estar. Fiquei muito feliz ao ver que mesmo assim nós terminamos bem a etapa de hoje. Estar entre os primeiros no Dakar é o maior desafio da minha carreira”.

Dakar 2023: Moraes passa mal, para na especial, retorna e ainda chega em 3º na especial de hoje

Moraes, que tem como navegador o alemão Timo Gottschalk, conseguiu terminar o dia como o melhor piloto entre os que conduzem os 12 Toyota inscritos, incluindo o atual campeão, o catariano Nasser Al-Attiyah, que chegou logo a seguir, na quarta posição. Ao todo, 73 carros estão inscritos na categoria principal do Dakar. A vitória na especial de hoje foi do modelo Prodrive Hunter T1+ da dupla formada pelo francês Sébastien Loeb e o belga Fabian Lurquin, que ocupam o terceiro lugar na classificação geral. O experiente multicampeão Loeb é atualmente a grande ameaça ao segundo lugar conquistado pelo brasileiro até o momento.


Mais brasileiros – Outra boa notícia para o Brasil nesta quarta-feira foi a vitória na categoria Quadriciclos, com Marcelo Medeiros, que bateu por 1min8s o terceiro colocado na classificação geral do rally até o momento, o argentino Manuel Andujar. Entretanto, por problemas em especiais anteriores, Medeiros se encontra em 11º na classificação geral de sua categoria.



Já na divisão Protótipos Leves, o navegador Gustavo Gugelmin reduziu de 12min43s para 7min48s sua desvantagem para a dupla formada pelo piloto belga Guillaume de Mevius e o navegador francês François Cazalet, atuais líderes da classificação geral da categoria no Dakar. Gugelmin e seu parceiro, o piloto norte-americano Austin Jones, ocupam a vice-liderança na classificação entre os protótipos leves. Esta matéria foi fechada às 12h30 com os resultados disponíveis no site oficial do Rally Dakar.


Como acompanhar na TV – No Brasil, flashes da corrida e reportagens especiais podem ser vistos pela ESPN4, das 22 às 23h, com o locutor Thiago Alves e o comentarista Edgard Mello Filho. A repórter Letícia Datena faz boletins diários e in loco, exibidos nos canais Band e Bandsports. Assinantes do Star+ acompanharão imagens comentadas em inglês e espanhol. Outra opção é baixar o app Red Bull TV e assistir a vários conteúdos especiais.

Já em Portugal os boletins diários são exibidos pelos canais Eurosport.

Dakar 2023: Moraes passa mal, para na especial, retorna e ainda chega em 3º na especial de hoje

10ª Especial, 114km, entre Haradh e Shaybah

1. Sébastien Loeb/Fabian Lurquin (Prodrive Hunter T1+) 1h48min32s

2. Mattias Ekström/Emil Bergkvist (Audi RS Q e-tron) +3min4s

3. Lucas Moraes/Timo Gottschalk (Toyota Hilux Overdrive) +5min22s

4. Nasser Al-Attiyah/Mathieu Baumel (Toyota GR DKR Hilux) +5min45s

5. Yazeed Al-Rajhi/Dirk Von Zitzewitz (Toyota Hilux Overdrive) +6min1s

6. Jakub Przygoński/Armand Monleón (Mini John Cooper Works Plus) +6min14s

7. Henk Lategan/Brett Cummings (Toyota GR DKR Hilux) +7min59s

8. Mathieu Serradori/Loic Minaudier (Century CR6-T) +9min57s

9. Martin Prokop/Viktor Chytka (Ford Raptor RS Cross Country) +10min11s

10. Guerlain Chicherit/Alex Winocq (Prodrive Hunter T1+) +10min26s


Classificação geral após dez especiais

1. Nasser Al-Attiyah/Mathieu Baumel (Toyota GR DKR Hilux) 34h19min20s

2. Lucas Moraes/Timo Gottschalk (Toyota Hilux Overdrive) +1h21min34s

3. Sébastien Loeb/Fabian Lurquin (Prodrive Hunter T1+) +1h37min23s

4. Henk Lategan/Brett Cummings (Toyota GR DKR Hilux) +1h48min37s

5. Giniel de Villiers/Dennis Murphy (Toyota GR DKR Hilux) +2h10min56s

6. Romain Dumas/Max Delfino (Toyota GR DKR Hilux T1+) +2h45min24s

7. Martin Prokop/Viktor Chytka (Ford Raptor RS Cross Country) +2h50min2s

8. Brian Baragwanath/Leonard Cremer (Century CR6-T) +2h56min28s

9. Wei Han/Li Ma (SMG HW2021) +3h43min22s

10. Juan Cruz Yacopini/Daniel Oliveras Carreras (Toyota Hilux Overdrive) +4h0min35s


 

Com jornalistas nos dois lados do oceano, informamos que nossos textos contêm expressões e palavras utilizadas tanto no Brasil como em Portugal, de acordo com a origem do conteúdo e o mercado principal a que se destinam.


Visite nossa Plataforma de Compra e Venda de Veículos e tenha atendimento com especialistas que vão ajudar você a realizar o melhor negócio




Gostou da matéria? – Saiba que a sua contribuição é muito importante para a realização do nosso trabalho de jornalismo independente e totalmente gratuito.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção #Automobilismo entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page