• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing
  • José Ribeiro

Cristian Baumgart em Toyota Hilux vence Baja em Portugal na estreia do novo carro


A quarta prova do Campeonato de Portugal de Todo-o-terreno que este fim-de-semana decorreu em Reguengos de Monsaraz com a realização da Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal, teve o quarto vencedor distinto em tantas provas da temporada 2020, e no que diz respeito aos inscritos no campeonato luso, Alejandro Martins foi o vencedor. Tiago Reis venceu a Baja TT Vindimas do Alentejo, Miguel Barbosa subiu ao lugar mais alto do pódio na Baja TT ACP e João Ramos venceu a Baja TT do Pinhal. Estes resultados mostram bem a competitividade do CPTT e a indecisão quanto ao futuro campeão.


Mas foi o piloto brasileiro Cristian Baumgart, na estreia da nova Toyota Hilux, que venceu à geral a 32ª Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal.


A etapa final da prova alentejana disputada este domingo foi extremamente disputada. O primeiro setor do dia foi ganho surpreendentemente por Helder Oliveira e colocou Miguel Barbosa na liderança da prova. Para o derradeiro setor os três primeiros classificados estavam separados por escassos 21s. Seria, todavia Cristian que havia furado, a conseguir recuperar e chegar à vitória. Miguel Barbosa igualmente vítima de um furo desceria à 4ª posição atrás de Marcos Baumgart. Pior sorte teve Helder Oliveira, que após furar, o macaco não funcionou e o 13º lugar final não reflete a sua prestação ao longo de toda a prova, onde esteve sempre estre os mais rápidos.


Para Cristian Baumgart: “a corrida foi espetacular, mas foi muito difícil para mim porque não estou habituado a terrenos com tanta pedra. A região é muito bonita e foi sensacional. Para mim foi um sonho realizado andar aqui em Portugal e quem sabe para o ano que vem eu possa estar cá mais vezes.”.

Alejandro Martins

Alejandro Martins salientou que “É um sabor agridoce. Apesar de ter ganho o rali para o campeonato nacional, acabei por perder para o Cristian por 10 segundos. Foi uma competição bastante intensa do princípio ao fim. Todas as etapas eram novas e foi uma prova inovadora e interessante. Aliás, há muito tempo que não via uma prova assim. Penso que foi bom para todos e estou muito satisfeito por ter participado”.


Para Miguel Barbosa que com este resultado assumiu a liderança do Campeonato “Foi uma prova bastante dura e com especiais curtas. Todos pensávamos que iria ser uma competição relativamente fácil pela extensão dos troços, mas não foi isso que aconteceu. Este não é o resultado que gostaríamos para esta prova, mas é o resultado possível. Pelas minhas contas estamos na liderança do campeonato e como é obvio estou bastante satisfeito por isso”.


João Ramos e Pedro Dias da Silva terminaram nas posições seguintes. Alexandre Ré, em 10º lugar, venceu nos T3 enquanto Georgino Pedroso (Isuzu D-Max) triunfou nos T2 e Michael Braun (Porsche Cayene Proto) nos T8. Na Taça de Portugal venceu Joel Marrazes (Nissan).

Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Automobilismo entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br


Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !