top of page

Crise dos componentes e falta de produtos faz vendas de veículos despencarem na Europa


Crise dos componentes e falta de produtos faz vendas de veículos despencarem na Europa

Em julho de 2021, o mercado europeu de automóveis de passageiros sofreu um revés significativo após quatro meses de crescimento acelerado, com novos registros caindo 23,2%, para 823.949 unidades. Os quatro principais mercados da UE mostraram tendências semelhantes, todos registrando fortes perdas. A França registrou a queda mais acentuada (-35,3%) em julho, seguida pela Espanha (-28,9%), Alemanha (-24,9%) e Itália (-19,2%).


Durante o mês de agosto, os registros de automóveis em toda a União Europeia diminuíram 19,1% - em comparação com o mesmo mês do ano passado - para chegar a 622.993 unidades. Pelo segundo mês consecutivo, os maiores mercados de automóveis registraram quedas de dois dígitos: Espanha (-28,9%), Itália (-27,3%), Alemanha (-23,0%) e França (-15,0%).



Nos primeiros oito meses de 2021, os volumes de vendas tiveram um aumento ano-a-ano de 11,2%, contando com 6,8 milhões de novos carros de passageiros no total. Apesar do fraco desempenho dos mercados da UE durante os meses de verão, os ganhos substanciais no início do ano mantiveram o crescimento acumulado em território positivo. Como resultado, cada um dos quatro principais mercados apresentou crescimento até agora neste ano: Itália (+ 30,9%), França (+ 12,8%), Espanha (+ 12,1%) e Alemanha (+ 2,5%).


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Automóveis entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page