top of page

CPM: Hélder Silva soma mais um triunfo na Arrábida e segue invencível na temporada


CPM: Hélder Silva soma mais um triunfo na Arrábida e segue invencível na temporada

O bicampeão nacional da Power House impôs novamente na Arrábida a sua Osella PA2000 EVO2, tendo António Rodrigues (Silver Car EF10) e José Correia (Norma FC20) protagonizado um duelo emocionante pelo segundo posto, com a “Bala do Douro” a superiorizar-se ao piloto e “patrão” da JC Group Racing Team por apenas uma décima de segundo. Vítor Pascoal nos GT, Luís Delgado nos Turismos e Luís Nunes nos Super Challenge venceram as suas respetivas categorias, enquanto Nuno Guimarães se impôs na Divisão Protótipos B.


Uma palavra inicial para o Clube de Motorismo de Setúbal. Célere nas decisões, rápido a ultrapassar as dificuldades, o clube organizador desta 32ª edição da Rampa Pêquêpê Arrábida 2023, manteve sempre um bom ritmo nas subidas e é credor de nota alta quanto ao nível organizativo. Por outro lado, as enchentes de público registadas nos dois dias de competição, transformaram a prova sadina numa verdadeira festa popular e de promoção da modalidade. Quanto à narrativa competitiva, esta Rampa Pêquêpê Arrábida foi emocionante.


Mais rápido em todas as quatro subidas realizadas na jornada de sábado, concluindo o dia na liderança, Hélder Silva viu José Correia suplantar as suas marcas nas duas subidas de treino de domingo. Mas, logo a seguir, o poveiro voltou a repor a ordem e, nas duas subidas de prova que fechavam o fim-de-semana, foi sempre o mais forte. No entanto, não repetiu a sua marca da subida de prova do primeiro dia, 1:40,813, que seria a melhor em termos absolutos do fim-de-semana.


António Rodrigues não pareceu sentir dificuldades por nunca ter alinhado anteriormente na prova com o seu Silver Car EF10 da NJ Racing/Lusimed e esteve sempre na disputa pelos lugares cimeiros. Terminou o dia de sábado já no 2º lugar da geral, viu José Correia se reaproximar nas duas subidas de domingo, quando o bracarense da JC Group Racing Team foi sempre mais forte, mas não o suficiente para recuperar todo o atraso de sábado, ficando os dois separados por apenas 141 milésimas de segundo!


Nuno Guimarães (Silver Car S2) voltou a não ter problemas para dominar a Divisão Protótipos B, onde está invicto há já um número expressivo de provas, sendo ainda o 4º da geral. Nas contas dos B, viu ainda Nuno Pinto (ADR Sport II) contribuir com um 2º lugar para uma saborosa “dobradinha” da NJ Racing. Victor Bessa (PRM RC) fechou o pódio nesta divisão.

CPM: Hélder Silva soma mais um triunfo na Arrábida e segue invencível na temporada

Voltando à geral, encontrámos no 5º posto Luís Nunes (Skoda Fabia R5) que, de forma perfeitamente avassaladora, construiu ainda o terceiro triunfo consecutivo na novel categoria Super Challenge. Foi, obviamente ainda triunfador no Grupo SC A, competição particular onde foi secundado por José Carlos Pouca Sorte e José Pacheco, aos comandos de dois Mitsubishi Lancer EVO VI.


Top 6 absoluto para Vítor Pascoal. O baionense rubricou com o seu Porsche 991 GT3 CUP aquela que foi a sua melhor exibição da temporada, vencendo de forma clara nas lides dos GT, face a Gabriela Correia (Mercedes AMG GT4) e Bernardo Garcia de Castro (Porsche 997 GT3 CUP), adversários que rodaram sempre demonstrando grande forma, bem vincada pela sua presença no 8º e 9º posto da geral da rampa.


Nessa tabela absoluta, o 7º lugar foi reclamado por Luís Delgado. O flaviense que tripula o Cupra Leon TCR da Nunes Sport dominou, uma vez mais, a Categoria Turismos e, dentro desta a Divisão 2. Foi também novamente e nas duas classificações secundado por Joaquim Teixeira. Este, mesmo com um toque logo a abrir o fim-de-semana, voltou a provar a sua valia, extraindo todo o potencial do Cupra TCR da JT59 Racing Team/Bompiso de primeira geração. O pódio da Divisão 2 e da geral dos Turismos ficou completo com a presença de Manuel Rocha e Sousa (Cupra TCR) no 3ºposto. O bracarense do Grupo TDS fez a sua melhor prova da temporada.

CPM: Hélder Silva soma mais um triunfo na Arrábida e segue invencível na temporada

Registo para o 10º posto final de Nuno Caetano, cada vez mais seguro na “barchetta” Osella PA21S da Power House.


Voltando às lides dos Turismos, Gonçalo Inácio, no Peugeot 208 R2 VTI da Befast Motorsport, venceu a batalha da Divisão 3, na frente do líder do Campeonato, Parcídio Summavielle, a braços com alguns problemas de pneus no seu Renault Clio R3 RS da MNE Sport. O 2º lugar do fafense permitiu-lhe, mesmo assim, reforçar a liderança na tabela de pontos. De regresso ao campeonato, José Borges (Citroen C2 R2) esteve sempre muito forte e almejou conquistar o 3º lugar na divisão.


Quanto à Divisão 1, José Carlos Magalhães estreou da melhor forma um Mitsubishi Lancer EVO X da melhor forma, com o “patrão” e piloto da MNE Sport a suplantar Carlos Gonçalves, em carro idêntico.

CPM: Hélder Silva soma mais um triunfo na Arrábida e segue invencível na temporada

Voltando a falar dos Super Challenge, um duo de “craques do asfalto” esteve entre os protagonistas do fim-de-semana. Miguel Matos (Peugeot 106 Maxi) e Bruno Carvalho (Citroen Saxo) lutaram taco-a-taco não só pela vitória no Grupo SC C, mas imprimiram um andamento tal que acabaram por ainda reservar o 2º e o 3º lugar finais da categoria, com Migue Matos a ser mais forte, mas sempre com Bruno Carvalho muito perto.


Já quanto ao grupo SC B, Gonçalo Janeira (Citroen AX GTi) construiu a segunda vitoria da temporada, na frente do jovem André Magalhães, num Fiat Uno 45s, enquanto Luís Silva (BMW M3) levava para Famalicão o triunfo nas contas do Grupo SC D, secundado pelo bracarense Rui Pinheiro (BMW M3) e por António Ferreira, aos comandos de um VW Golf V GTI).


Uma palavra para a excelente exibição de Nelson Rocha, aos comandos do único kartcross presente. O piloto do Semog registou boas marcas, deu espetáculo e nem o toque dado na última subida manchou a excelente exibição do experiente piloto.


Caiu no pano sobre a 3ª prova da temporada do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group. Agora, é tempo de retemperar forças e começar depois a preparar o encontro anual entre a “Família da Montanha” lusitana e a congénere europeia. Será na Rampa Internacional da Falperra, organizada pelo Clube Automóvel do Minho e que animará terras bracarenses nos dias 20 e 21 de maio.

 

Com jornalistas nos dois lados do oceano, informamos que nossos textos contêm expressões e palavras utilizadas tanto no Brasil como em Portugal, de acordo com a origem do conteúdo e o mercado principal a que se destinam.


Visite nossa Plataforma de Compra e Venda de Veículos e tenha atendimento com especialistas que vão ajudar você a realizar o melhor negócio



Gostou da matéria? – Saiba que a sua contribuição é muito importante para a realização do nosso trabalho de jornalismo independente e totalmente gratuito. Saiba como apoiar aqui


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção #Automobilismo entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comentários


350x250.gif
300.250.png
bottom of page