top of page

Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros

Atualizado: 7 de jul. de 2021


Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros
Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros

Com este texto sobre o Fiat Argo Trekking na motorização 1.8 Flex, terminamos nosso comparativo realizado em três partes, cada uma delas focando em um dos veículos que dirigimos ao longo de três semanas e que fazem parte de um perfil muito característico no mercado brasileiro, o dos pequenos Hatchs com aparência mais “aventureira”, como assim se convencionou chamar.

Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros

Na primeira semana o alvo de nossa atenção foi o Hyundai HB20x, em matéria que podem ler aqui. Já na semana seguinte o destaque foi o Renault Sandero Stepway, em conteúdo que também pode ser acessado através deste link . Já nesta última parte o alvo de nossa atenção foi o Fiat Argo Trekking com a motorização 1.8, recordando que a Fiat disponibiliza também uma versão com este acabamento, mas equipado com o motor 1.3, modelo que nossa equipe também teve a oportunidade de dirigir no momento do seu lançamento em 2019. Para recordar esse teste pode acessar aqui.


Mas ainda antes de falarmos especificamente do Argo, agradecemos desde já a vossa leitura, deixando o espaço de comentários à disposição de todos para interagirem conosco, deixando a vossa opinião e compartilhando a matéria nas vossas mídias sociais ou grupos de interesse, amigos e família. Outro convite é para que se inscrevam em nosso canal de vídeo no youtube, além de sugerir que sigam nossas mídias sociais no Faceboook, Instagram e Twitter.

Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros
Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros

Falando agora do alvo de nossa atenção esta semana, dos três veículos testados (HB20x, Stepway e Argo Trekking) neste perfil de proposta, o modelo da Fiat é o que apresenta as linhas mais elegantes e esportivas, com um design bem italiano e moderno, e um equilíbrio acertado entre a área metálica da carroceria e os detalhes em plástico, incorporando também a tradicional faixa preta no capô do motor. Além disso, o teto em preto e o esportivo aerofólio dando continuidade ao teto, harmonizam com os espelhos retrovisores em cor idêntica e dão um toque de esportividade e exclusividade ainda maior ao veículo na conjugação das duas cores.


Aliás, por falar em retrovisores externos eles são elétricos com sistema Tilt Down com setas de direção integradas. Uma faixa na parte inferior das portas percorre a lateral do veículo e ajuda a identificar a exclusiva opção da linha Argo com o nome Trekking em destaque. O nome da versão ainda fica evidente na parte inferior da tampa do porta-malas. Como referências no design, destacamos as molduras das janelas em preto, assim como as barras de teto longitudinais e logotipos da Fiat em tom escuro. Já as maçanetas das portas são no tom da carroceria. As rodas apresentam uma cor exclusiva cinza, de liga leve 6.0 x 15" nelas são instalados pneus de medida 205/60 R15 de uso misto.

Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros

Aqui um dos destaques do Argo em relação aos outros dois modelos de nosso comparativo, a escolha por pneus de uso misto pela Fiat, o mais honesto deles se olharmos para o perfil das opções que se propõem a ir um pouco mais além.


Finalizamos nossa observação externa deixando as principais dimensões do Hatch italiano. São 3998 mm de comprimento, 1724 mm de largura, 1513 mm de altura com 210 mm de vão livre em relação ao solo e ainda 2521 mm de distância entre eixos.


Antes de acessarmos ao interior do Argo, reiterar que o modelo italiano é dos três o que tem o design mais atraente e moderno, de linhas muito bem trabalhadas, mistura elegância com esportividade, exibindo também, e como já comentado, um ótimo trabalho de integração das peças plásticas que realçam o conceito destas versões, dos para-choques ao contorno inferior da carroceria, passando pelas caixas de rodas.

Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros

O acesso ao interior é realizado através de chave do tipo canivete com telecomando para abertura das portas, vidros e porta-malas. Na unidade que testamos a Fiat tinha incorporado o Kit Trekking Plus que por R$ 2789.00 adiciona a câmera de ré, o sistema de Keyless que facilita a entrada no veículo sem a necessidade de tirar a chave do bolso, e ainda o ar condicionado digital. Com isso nosso Argo Trekking com a configuração testada pela nossa equipe tem um valor referência de R$ 88.095 para o estado de São Paulo, ou R$ 85.290 para o restante do território brasileiro. A diferença, é claro, pelo imposto ICMS, cobrado em maior percentual no estado de São Paulo e que vem sendo alvo de criticas (naturais) por todo o segmento automotivo.



Como referido na avaliação aos outros dois modelos do nosso comparativo, o habitáculo do Argo, não é o mais amplo, esse mérito é inteirinho do Renault Stepway, mas o interior do carro italiano é o mais moderno e atraente dos três, com ressalva para os porta-objetos, que são escassos e de reduzidas dimensões. A central multimídia é de 7" Touchscreen com Android Auto e Apple Car Play, Bluetooth, entradas USB (2) e sistema de reconhecimento de voz. Nesta tela são ainda apresentadas as imagens da já referida câmera de ré entre outras tradicionais funções e configurações.


Muito atraente e de fácil entendimento, a multimídia é também destaque pela ótima localização, elevada no painel central, uma configuração padrão para os modelos Argo e Cronos.

Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros

Destaque para ainda para o painel de instrumentos de 3,5" multifuncional com velocímetro digital de grandes dimensões, além de disponibilizar informações importantes do veículo. Ele é em TFT personalizável muito atraente e mais um ponto onde o Argo é o destaque entre os três.


Já no sentido inverso, e como referido acima, está o espaço disponibilizado, limitações, aliás, que se estendem para o porta-malas, onde o Argo com os seus 300L (idêntico ao HB20x) de volume também não consegue superar com 320L do carro francês, o grande destaque em espaço entre os três.


O volante de ótima espessura tem comandos de rádio e telefone com regulagem apenas em altura. Já quanto aos principais itens de conforto destacamos os bancos com encosto de cabeça e cinto de três pontos em todas as posições, vidros elétricos com sistema de um toque também para todas as portas, e o ótimo sistema de áudio que habitualmente equipa as unidades que testamos da marca italiana, de qualidade bem interessante para o segmento, deixando o HB20x em posição intermediária neste quesito, já que o Stepway perde muito no conforto interno ao entregar o sistema de áudio de menor qualidade de todos eles.

Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros
Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros

É chegado o momento de falarmos das questões dinâmicas de nosso teste. Adiantamos que o Argo Trekking em sua última atualização recebeu os imprescindíveis, para a segurança, controles de estabilidade e tração, se juntando a itens como freios ABS e auxilio de saída em rampa.


Nesta versão o motor é o 1747 cm³ que entrega 135 cv com gasolina e 139 com etanol nas 5750 rpm. Já o torque é de 18,76 kgfm com gasolina e 19,27 kgfm com etanol nas 3750 rpm. Este motor trabalha em conjunto com um câmbio automático, com modo manual, de 6 marchas. Naturalmente esta motorização limita muitas das qualidades do carro, um propulsor que apesar do bom escalonamento do câmbio não permite entregar a mesma agilidade da mecânica do HB20x, o mais dinâmico dos três. No Fiat até ficamos com a sensação que o motor tem sempre algo mais para dar, mas para isso temos que pressionar o pedal do acelerador sem dó, e o consumo se recente bastante desta postura mais agressiva do pé direito.

Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros

Aproveitando, os 48 litros do tanque de combustível (o tanque dos outros dois modelos é de 50L) foram abastecidos com etanol e no final de nosso circuito misto conseguimos uma média de 7,9 km/l o que acabou por ser um bom resultado, ressaltando que realizamos, além do tradicional circuito urbano, outros tantos quilômetros em estrada, reservando ainda espaço para conhecer o comportamento da proposta em alguns trechos de terra.


Ponto positivo para a engenharia da Fiat ao ajustar de forma muito eficaz a suspensão, confortável na cidade, transmite segurança em estrada quando dirigindo em velocidades maiores, sendo também correta na absorção de buracos e pedras quando percorremos caminhos de terra. Numa configuração praticamente tradicional para este perfil de veículos, ela é do tipo independente McPherson na dianteira e eixo de torção de roda semi-independente na traseira. Uma suspensão bem versátil que tem no seu contato com o solo, os pneus, mais um ponto positivo para a proposta da Fiat que é a única a ser fiel ao conceito “aventureiro” entregando pneus de uso misto, mais eficazes em superfícies de baixa aderência como lama ou terra.


Já os freios são também eles na receita padrão, de disco ventilado na frente e tambor atrás, e tanto em asfalto como em terra sempre foram muito fiéis em sua função para frear com segurança e equilíbrio os 1140 kg de peso do nosso veículo.

Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros

Mais um elogio para a direção de assistência elétrica, macia, precisa e eficaz em todas as circunstâncias do nosso teste, sendo mais um dos itens que elogiamos de uma proposta que entrega um design atraente e jovem, um ambiente interno bem agradável, e no qual lamentamos principalmente a motorização bem conservadora que limita muito o seu desempenho, além do pacote de airbags com apenas duas bolsas frontais, lembrando que tanto o HB20x como o Stepway vêm de série com quatro airbags.

Artur Semedo - Editor de Veículos da Revista Publiracing
Artur Semedo - Editor de Veículos da Revista Publiracing

Conclusão do Editor: Foram três semanas dirigindo três dos mais desejados compactos aventureiros, ambos de tração dianteira, um estilo bem brasileiro, que adiciona alguns temperos de versatilidade a propostas tipicamente urbanas. Hyundai HB20x, Renault Stepway e por último Fiat Argo Trekking 1.8 são ótimos exemplos deste perfil do qual as marcas não abdicam em suas linhas já que têm um público fiel e são elas, muitas vezes, as responsáveis pelo toque de exclusividade no lineup dos respetivos modelos.

Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros
Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros

No caso do nosso Argo ele é um veiculo muito atraente, tanto por fora como por dentro, e temos a certeza que a nova geração de motores que brevemente deve chegar na linha Argo vai trazer uma “alma” nova para a proposta, que é recheada de qualidades e que com um motor mais eficiente e ágil vai deixar a concorrência em situação bem difícil.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Testes e Comparativos entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comparativo: Argo Trekking 1.8, HB20x e Renault Stepway, terceira semana com três aventureiros

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page