• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Com perdas de 7,1 mil milhões de euros em 2020, grupo Air France-KLM pede mais ajuda


O grupo Air France-KLM está a negociar com os governos francês, holandês e a Comissão Europeia um novo resgate, face à deterioração das condições do mercado da aviação.


A Air France-KLM registou perdas de 7,1 mil milhões de euros no ano passado, em consequência da crise sem precedentes que assolou o sector provocada pela pandemia de Covid-19.


Só no último trimestre de 2020, as perdas elevaram-se a mil milhões de euros, com as receitas a caírem 64,3% para 2,36 mil milhões de euros.


Entre Outubro e Dezembro, o grupo franco-holandês gastou 2,1 mil milhões de euros para manter as operações. No final do ano, tinha 9,8 mil milhões de euros de liquidez e linhas de crédito, contra os 12,4 mil milhões de três meses atrás. A dívida líquida ascende a 11 mil milhões de Euros.


Para piorar as coisas, o recrudescimento da pandemia e as novas limitações para viagens ameaça comprometer a época de Verão, que se esperava de retomada e de alivio para o caixa.


Assim sendo, um novo resgaste parece inevitável e as negociações com as autoridades nacionais e comunitárias já começaram. “É uma questão de dias ou de semanas, não de meses”, confirmou Frederic Gagey, director financeiro, à “Bloomberg”.


No ano passado, os governos francês e holandês, principais acionistas das duas empresas, acordaram resgatar a AF-KLM através da injeção de dez mil milhões de euros, entre empréstimos e garantias.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Aviação entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

AJLS Comunicação - O parceiro que falta para o seu negócio decolar!

Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !
Inscrições abertas para o SIMEA 2021!!