top of page

Com limitações na produção, Volvo Cars tem queda global de 10,6% nas vendas


Com limitações na produção, Volvo Cars tem queda global de 10,6% nas vendas

A Volvo Cars registrou vendas globais de 45.786 carros em agosto, queda de 10,6% em comparação com o mesmo período do ano passado, no entanto, a demanda para os produtos da Volvo Cars permaneceu muito robusta.


Desde meados de julho, as paralisações de fornecedores devido à Covid-19 no Sudeste Asiático, especialmente na Malásia, pioraram uma situação de fornecimento já tensa. Esta escassez de material levou a paradas temporárias de produção nas instalações da Volvo Cars na Suécia, Bélgica, China e os EUA, com volumes de produção reduzidos como resultado.


A Volvo Cars continua monitorando a situação e atualmente espera que, para o segundo semestre de 2021, seja um desafio atingir os níveis de volume alcançados durante o mesmo período em 2020. Isso terá um impacto na receita e no lucro, mas a Volvo Cars as perspectivas para o ano de 2021 ainda permanecem altas.


Nos primeiros oito meses do ano, a empresa vendeu 483.426 carros globalmente, um aumento de 26,1 por cento em comparação com o mesmo período do ano passado.


As vendas da linha de modelos eletrificados ​​da Volvo Cars Recharge permaneceram fortes e representaram 24,2 por cento de todos os carros vendidos no mês. Na Europa, a Volvo Cars atingiu um recorde histórico: 47,0 por cento de todos os carros vendidos em agosto eram da linha Recharge.


Os EUA relataram um sólido desempenho de vendas em agosto, com 10.686 carros vendidos, um aumento de 3,0 por cento em comparação com o mesmo período do ano passado. O aumento foi liderado pela forte demanda dos clientes, principalmente pelo XC90 - que foi o modelo mais vendido - seguido pelo XC60.


No mês de agosto, as vendas na China foram impactadas pelos surtos de Covid-19 no sudeste da Ásia. Isso levou a uma redução nas entregas no varejo, apesar da forte demanda subjacente e da entrada de pedidos. O volume total no mês atingiu 13.112 carros, queda de 17,2% em comparação com agosto do ano passado.


As vendas europeias no mês foram de 13.052 carros, um declínio de 25,4 por cento em comparação com o mesmo período do ano passado. A queda nas vendas está relacionada à escassez de materiais, que afetou os volumes de produção e, consequentemente a disponibilidade de produtos , e naturalmente desempenho das vendas da região.


Uma divisão detalhada das vendas regionais é fornecida abaixo:


No mês de agosto, o XC60 foi o modelo mais vendido com vendas de 14.972 carros (2020: 15.938), seguido pelo XC40 com vendas totais de 11.716 carros (2020: 13.828 unidades), e o XC90 com 8.023 carros vendidos ( 2020: 6.966 unidades).


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Automóveis entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page