• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Aviação: Segundo a Boeing, número de aviões cargueiros deve aumentar 62% até 2039


A frota mundial de aviões cargueiros crescerá 62% num horizonte de 20 anos, prevê a Boeing no seu mais recente Market Outlook.


Até 2039, a Boeing prevê que o mercado mundial de carga aérea crescerá 4% ao ano, tornando necessários 2 430 novos aviões, para renovação e expansão da frota.


A frota mundial de aviões cargueiros comerciais passará, assim, dos 2 010 aparelhos registados em 2019 para 3 260 em 2039. Dos 2 430 novos aviões, 930 serão construídos de raiz e os restantes 1 500 resultarão de conversões de aviões de passageiros, antecipa a construtora norte-americana.


A procura por novas aeronaves será liderada pela região da Ásia-Pacífico, que se manterá como o maior mercado regional de carga aérea.

Em termos globais, e já analisando os impactos da Covid-19, o mundo deve precisar de algo em torno de 43 110 novos aviões comerciais, 2% abaixo do antecipado há um ano.


O abrandamento da procura será particularmente sentido na primeira década, com a Boeing a rever com baixa de 11% o número de novos aviões para um total de 18 350. Depois, o setor deverá retomar o ritmo de crescimento.


Das 43 110 novas aeronaves a serem produzidas, 20 590 vão substituir as existentes (mais caras em termos de operação e mais poluentes) e 22 500 visarão a expansão da frota.


A China e a Ásia-Pacífico deverão concentrar 41% da nova frota (e com isso aumentarão a sua participação de mercado do transporte aéreo mundial), enquanto 21% terão como destino a América do Norte, 20% a Europa, 7% o Médio Oriente, 6% a América Latina, 3% a Rússia e a Ásia Central e 2% a África.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Aviação entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br


Laja Revista Publiracing
Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !
Seminário de Segurança e Conectividade AEA!