top of page

Aviação: Morre Bernard Ziegler, visionário do sistema Fly-By-Wire da Airbus


Aviação: Morre Bernard Ziegler, visionário do sistema Fly-By-Wire da Airbus

A comunidade aeronáutica e especialmente a Airbus ficaram mais pobres com o falecimento de Bernard Ziegler, aos 88 anos. Ziegler, um dos pioneiros da engenharia da Airbus, foi fundamental para o lançamento do primeiro Fly-By-Wire com controles digitais de alavanca lateral em uma aeronave comercial de passageiros pelas asas do A320 em 1988.


A carreira de Ziegler durou cerca de quatro décadas. Ele percebeu todo o potencial que o FBW digital poderia trazer, incluindo proteção de envelope de voo incorporada ao software de controle. O legado de Ziegler continua vivo com o FBW digital em todas as aeronaves Airbus da geração atual e sua adoção como padrão em todas as aeronaves de passageiros modernas em todo o mundo.


Nascido em 1933, em Boulogne sur Seine, Ziegler graduou-se na “Ecole Polytechnique” francesa em 1954 e, posteriormente, em várias escolas de engenharia e treinamento de voo (Ecole Nationale de l'Air, Ecole de Chasse, Ecole Nationale Supérieure de l'Aéronautique , Ecole du Personnel Navigant Essais). Por dez anos, ele foi piloto de caça na Força Aérea Francesa.


Durante o início dos anos 1960, ele estudou engenharia aeronáutica na ENSA (l’Ecole Nationale Supérieure de l'Aéronautique) em Toulouse, que agora é ISAE-SUPAERO. Ele então frequentou a prestigiosa escola de pilotos de teste de voo EPNER, antes de iniciar uma carreira como piloto de teste militar.


Ziegler ingressou na Airbus como seu piloto de teste-chefe em 1972 e recebeu a tarefa de criar uma nova divisão de teste. Ele montou uma equipe que compartilhava os objetivos do escritório de projeto e dos países parceiros, promovendo a colaboração entre as tripulações de teste de voo e engenheiros de projeto.

Como piloto de teste, ele voou o primeiro A300 em 1972. O programa foi mais tarde um primeiro teste para o FBW, que transfere os comandos do piloto para a aeronave por meio de sinais digitais. O FBW oferece benefícios significativos por meio de semelhanças, segurança de voo aprimorada, carga de trabalho do piloto reduzida, menos peças mecânicas e monitoramento em tempo real de todos os sistemas da aeronave.


Ele também voou os A310, A320 e A340-200. Em junho de 1993, Ziegler participou do voo mais longo já realizado por uma aeronave civil, quando um A340-200, apelidado de “World Ranger”, voou ao redor do mundo de Paris com apenas uma escala em Auckland em pouco mais de 48 horas.


Até sua aposentadoria em dezembro de 1997, Ziegler foi vice-presidente sênior de engenharia da Airbus.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Aviação entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page