top of page

Aviação: Internacionalização de Congonhas anima operadores de aviação executiva


Aviação: Internacionalização de Congonhas anima operadores de aviação executiva
Instalações da Líder Aviação no aeroporto de Congonhas

A Infraero anunciou o início, neste mês, das obras para a reforma e adequação no aeroporto de Congonhas com o objetivo de permitir voos internacionais da aviação geral executiva. Os investimentos são da ordem de R$ 2,5 milhões, oriundos do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac). Segundo a Infraero, as obras devem ser concluídas ainda em outubro deste ano.


A operacionalização de voos internacionais em Congonhas ajudará a aquecer o mercado de aviação executiva. A TAM Aviação Executiva, primeiro lugar em comercialização de aeronaves e presente no mercado há 60 anos, está mais que preparada para essa nova fase. "Temos seis hangares em Congonhas, quatro salas VIP para passageiros e tripulantes, além de atendimento e coordenação de voo com equipe bilíngue 24 horas por dia. A expectativa é que nossos serviços de fretamento, gerenciamento e atendimento aeroportuário tenham um crescimento representativo nos próximos meses com esses voos internacionais. Atualmente, a unidade de negócios que engloba esses serviços representa 1/3 do faturamento da empresa", explica Leonardo Fiuza, presidente da TAM AE.

Aviação: Internacionalização de Congonhas anima operadores de aviação executiva
Representação de importantes fabricantes pela TAM Aviação Executiva

Já a Líder Aviação também vê boas perspectivas de negócios com Internacionalização de Congonhas, esperando um incremento de 18 a 20% no atendimento aeroportuário.


De acordo com a diretora de atendimento aeroportuário da empresa, Cynthia Oliveira, o Aeroporto de Congonhas é muito cobiçado, devido ao seu fácil acesso e por estar próximo aos grandes centros financeiros e comerciais de São Paulo. “O que favorece muito a aviação executiva, já que muitos dos nossos clientes são executivos que utilizam essa ferramenta de mobilidade para ganhar tempo e fazer negócios”. Ela acrescenta que a novidade beneficia a aviação executiva como um todo. Ganham operadores, clientes e a infraestrutura da aviação no Brasil.


Boa expectativa

Pelo o fato de a Líder Aviação ser uma empresa com um amplo mix de serviços voltados para a aviação executiva, como manutenção, atendimento aeroportuário e fretamento de aeronave, a expectativa é que várias áreas da empresa incrementem seus negócios com essa novidade. “Apenas no Atendimento Aeroportuário, temos uma expectativa de incremento de 18 a 20% a partir de outubro, quando as obras ficam prontas”, diz Cynthia.

O aeroporto está a cerca de apenas 8 km do centro de São Paulo, é muito bem equipado e tem uma importância logística grande para a movimentação no país.


Aviação de negócios

Para a aviação de negócios será uma ótima opção, na visão da diretora. "Principalmente para aqueles que estão chegando ao Brasil. Atendemos diversas empresas estrangeiras que investem aqui. Acredito que será um grande estímulo para mais viagens de negócios e pode significar um forte incremento na economia, em um momento que precisamos de todos os recursos para voltar a crescer. Além de ser um facilitador na praticidade e gestão do tempo dos investidores”, diz.


Cynthia ainda destaca a comodidade para os clientes da empresa e os novos usuários que irão surgir. “Nossa base em Congonhas já tem toda uma infraestrutura para receber esse público, com segurança, amplo estacionamento, hangares, Sala VIP, salas de reunião, pista e taxiway. Somando-se a isso, temos o serviço de fretamento executivo da empresa, incluindo helicópteros, para proporcionar mais comodidade aos clientes”, destaca. Segundo a diretora, para facilitar e proporcionar ainda mais confiança e segurança aos usuários que vêm de fora, a empresa possui, também em Congonhas, o centro de manutenção multimarcas homologado pela FAA, para o caso de ser necessário algum reparo ou serviço na aeronave.

Atualmente, um avião não pode chegar ou partir de Congonhas para o exterior. É necessário usar algum aeroporto internacional para fazer a saída do país. Mas, com a internacionalização, Congonhas oferecerá a agilidade de ter os órgãos governamentais de controle juntos em uma estrutura fixa com Polícia Federal, Anvisa, Receita Federal, entre outros. Os clientes agora terão a vantagem de embarcar na região central de São Paulo para um destino internacional, sem precisar se deslocar para aeroporto distantes da cidade.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção Aviação entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page