top of page

Aviação: Embraer atinge marca de 1.800 E-Jets entregues

Aviação: Embraer atinge marca de 1.800 E-Jets entregues

A Embraer entregou hoje a 1.800ª aeronave da família E-Jets em sua história. Na ocasião, um E190-E2 foi entregue em São José dos Campos à empresa de leasing Azorra e será operado pela Royal Jordanian Airlines. Esse é o terceiro jato E2 entregue para a companhia aérea da Jordânia, que já opera quatro E-Jets de primeira geração. A Royal Jordanian receberá um total de oito unidades do E2 no atual acordo.


Desde 2004, ano da entrada em serviço da primeira aeronave do programa, os E-Jets são um sucesso global, operando em frotas de 90 companhias aéreas e empresas de leasing de mais de 60 países. O E190-E2 integra a família de E-Jets de nova geração, que oferece os jatos mais silenciosos, menos poluentes e mais eficientes entre as aeronaves comerciais de até 150 lugares. Em 20 anos de operação, os E-Jets de primeira e segunda geração transportaram dois bilhões de passageiros em 26 milhões de voos, voando 140 milhões de quilômetros com 90 companhias aéreas de 60 países.


Aviação: Embraer atinge marca de 1.800 E-Jets entregues

“Estamos orgulhosos por fazer parte das celebrações deste marco histórico para a Embraer e para o programa E-Jets. Reconhecemos a colaboração de longa data entre a Royal Jordanian e a empresa brasileira, que é apoiada pelos nossos valiosos parceiros da Azorra. A família de aeronaves E2 apoia nossos objetivos estratégicos e integra-se perfeitamente à nossa visão de conectividade e crescimento regional. Isto representa um papel fundamental nos nossos esforços de modernização da frota, oferecendo eficiência, flexibilidade e satisfação incomparáveis aos passageiros. Juntamente com a Embraer e os nossos estimados parceiros da Azorra, esperamos proporcionar uma experiência excepcional aos passageiros, enquanto contribuímos para uma indústria da aviação mais sustentável”, destaca Samer Majali, Vice-Presidente e CEO da Royal Jordanian Airlines.

"Para a Azorra, fazer parte deste marco é uma honra e agradecemos à Embraer e aos nossos amigos da Royal Jordanian pela parceria contínua. Com a nossa carteira de encomendas e o crescente número de companhias aéreas que operam os jatos E2, continuamos a ver um futuro brilhante para estes aviões, que oferecem grande eficiência, experiência superior aos passageiros e vantagens econômicas aos operadores", afirma John Evans, CEO e fundador da Azorra.
Aviação: Embraer atinge marca de 1.800 E-Jets entregues

Arjan Meijer, Presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial, atribui a longevidade do programa E-Jets ao foco da Embraer em excelência e melhoria contínua. "É muito bom alcançar este marco com a Royal Jordanian e a Azorra, dois parceiros fundamentais. Estamos sempre buscando maneiras de melhorar nossas aeronaves - reduzindo custos operacionais, estendendo os intervalos de manutenção e adicionando novas tecnologias. Ainda este ano, anunciaremos uma série de melhorias de desempenho para o E2. Além disso, o E2 também já provou estar pronto para voar 100% com combustível sustentável de aviação (SAF). O E2 continua a chamar a atenção das companhias aéreas, demonstrando as suas vantagens em termos de consumo de combustível, emissões, silêncio, confiabilidade e conforto dos passageiros”.

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page