top of page

Aviação: Air Canada encomenda 18 aviões Boeing 787-10


Aviação: Air Canada encomenda 18 aviões Boeing 787-10

A Boeing e a Air Canada anunciaram que a transportadora está selecionando o 787 Dreamliner para modernizar e aumentar ainda mais sua frota com um pedido de 18 jatos widebody 787-10, com o opção de comprar mais 12. A principal companhia aérea do país, a Air Canada, implantará os novos aviões como parte de sua estratégia mais ampla para reduzir as emissões de carbono, ao mesmo tempo em que expande sua rede de rotas global.


"A Air Canada fez do investimento na experiência do passageiro uma prioridade fundamental. Nossa experiência mostra que os clientes gostam muito de voar no Dreamliner, por isso temos o prazer de oferecer a eles uma versão maior desta aeronave popular, que estreará um novo modelo de última geração. "O mais importante é que o 787 é altamente eficiente em termos de combustível e gerará economias operacionais, bem como apoiará nossas metas de sustentabilidade de redução de emissões", disse Michael Rousseau, presidente e CEO da Air Canada.


Reduzindo o uso de combustível e melhorando a eficiência em até 25% em comparação com os jatos da geração anterior, o 787 ajuda a avançar nas ambiciosas metas ambientais da Air Canada nas próximas décadas. A transportadora está posicionada para otimizar a sua frota à medida que adiciona rotas internacionais em mercados novos e outros já existentes.

A Air Canada opera atualmente uma frota de 38 jatos 787, incluindo oito jatos 787-8 e 30 jatos 787-9. O maior modelo da família, o 787-10, pode transportar até 336 passageiros com autonomia de 6.330 milhas náuticas (11.730 km).


O Canadá está entre as maiores bases de fornecimento internacionais da Boeing, com mais de 550 fornecedores nas mais diversas áreas. Há também mais de uma dúzia de fornecedores canadenses apoiando o programa 787, incluindo a fábrica de compósitos aeroespaciais da Boeing em Winnipeg. Todos os anos, a Boeing contribui com cerca de 4 mil milhões de dólares canadianos em benefícios económicos para o Canadá, ao mesmo tempo que apoia mais de 14.000 empregos diretos e indiretos.


Desde que o serviço comercial começou em 2011, a família 787 abriu mais de 370 novas rotas diretas em todo o mundo e recebeu mais de 1.760 pedidos de 87 clientes – incluindo mais de 870 pedidos repetidos de 56 clientes recorrentes. No último ano, o 787 recebeu mais de 295 pedidos e compromissos. Quase metade de todas as operadoras do 787 Dreamliner voam mais de uma variante e quatro companhias aéreas operam, ou irão operar, frotas com todas as três variantes.


 

Com jornalistas nos dois lados do oceano, informamos que nossos textos contêm expressões e palavras utilizadas tanto no Brasil como em Portugal, de acordo com a origem do conteúdo e o mercado principal a que se destinam.


Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page