top of page

Aston Martin Vantage GT3 obtém vitória histórica nas 24 Horas de Spa-Francorchamps

Aston Martin Vantage GT3 obtém vitória histórica nas 24 Horas de Spa-Francorchamps
Aston Martin Vantage GT3 número 007 da Comtoyou Racing, vencedor

A Aston Martin conquistou um resultado glorioso nas 24 Horas de Spa-Francorchamps, a corrida de 24 horas totalmente GT3 mais prestigiada do mundo, nos dias 29 e 30 de junho. A vitória da equipe parceira da Aston Martin, Comtoyou Racing, e dos pilotos Mattia Drudi (Itália), Marco Sørensen e Nicki Thiim (ambos da Dinamarca), foi a primeira da marca britânica de carros esportivos ultraluxuosos nessa prova desde 1948. O resultado também marcou o primeiro triunfo do novo Aston Martin Vantage GT3 em uma prova de 24 horas. Foi a primeira vez que os famosos “Wings” (alusão ao logotipo da Aston Martin) venceram na clássica corrida de resistência belga desde que ela se tornou um evento totalmente GT em 2001.


Para o bicampeão mundial de Endurance do FIA GT, Nicki Thiim, e para o tricampeão mundial, Marco Sørensen, carinhosamente conhecido no esporte como o “Trem Dinamarquês”, foi a primeira vitória de ambos em uma corrida de 24 horas no mesmo carro e na classificação geral. Anteriormente, eles conseguiram três vitórias nas 24 Horas de Le Mans na classe GT.


Sørensen afirmou: “Este é um momento muito especial. Vencer já no primeiro ano com o novo Vantage GT3 é uma conquista incrível. É um carro fantástico e tivemos um bom pressentimento sobre ele durante todo o ano. Mas para vencer um evento como este é preciso mais do que boa pilotagem e boa sorte. A equipe, e todos na Aston Martin Racing, bem como os meus companheiros de equipe, merecem crédito por uma vitória que recordarei para sempre”.
Aston Martin Vantage GT3 obtém vitória histórica nas 24 Horas de Spa-Francorchamps
Pilotos do Aston Martin Vantage GT3 com os troféus da vitória
Thiim acrescentou: “É difícil colocar em palavras o que isso significa para mim e para a Aston Martin. Há muito tempo que tentamos vencer esta corrida e fazê-lo desta forma é uma sensação incrível. Acho que todo mundo sabe o que sinto em relação à Aston Martin. Tivemos tantas lembranças especiais juntos e esta vitória está entre as melhores”.

Para Drudi, campeão mundial do GT World Europe, foi uma oportunidade de brilhar em um dos maiores palcos das corridas de resistência. E foi o que ele fez, colocando o carro número 007 na disputa a cada vez que entrava no cockpit – inclusive nas primeiras horas da corrida, onde ele colocou a equipe em uma posição de liderança antes do primeiro de vários períodos do Safety Car.


Numa noite complicada, onde trovoadas torrenciais e múltiplos incidentes neutralizaram o evento durante várias horas, a Comtoyou Racing manteve o carro na luta pela liderança, mesmo quando as paradas nas boxes durante os períodos de Safety Car forçaram mudanças de posição. Em todas as vezes em que isso aconteceu, a equipe se recuperou e voltou para a frente, de modo que, quando a manhã chegou e a pista secou, a Contoyou Racing se viu em uma luta direta pela vitória com uma Ferrari, dois BMWs e o outro Aston Martin Vantage GT3 da classe Pro, número 34, da equipe parceira Walkenhorst Motorsport, pilotado por Henrique Chaves (POR), Ross Gunn (GBR) e David Pittard (GBR).


Aston Martin Vantage GT3 obtém vitória histórica nas 24 Horas de Spa-Francorchamps

Na hora final da corrida, o Aston Martin número 007 da Comtoyou Racing estava 10 segundos atrás da Ferrari quando esta foi para os boxes e ficou retida na entrada do pitlane por um carro travado por pane mecânica. Essa reviravolta impediu a Ferrari de correr pela vitória e permitiu a Drudi correr sem oposição até a bandeira quadriculada.

“Vencer com Nicki e Marco foi uma experiência fantástica”, disse Drudi. “Esta é uma corrida muito difícil, mas diria que tivemos uma prova perfeita, sem problemas e com uma execução muito boa. Estou muito orgulhoso de todos na equipe.”

 

Gunn levou o Vantage GT3 número 34 da Walkenhorst ao quarto lugar, após uma forte corrida em que a equipe liderou em várias ocasiões. A Walkenhorst Motorsport, anteriormente vencedora da prova, esteve perto de conquistar a vitória na classe Silver Cup com o Vantage GT3 número 35 pilotado por Romain Leroux (França), formado pela AMR Driver Academy em 2022, e por Lorcan Hanafin (Grã-Bretanha) e Maxime Robin (França). Infelizmente, o carro foi vítima inocente de um acidente após um período de Safety Car na manhã de domingo, enquanto lutava pela liderança da classe.


O novo Vantage GT3, derivado do novo carro de rua Vantage apresentado no início deste ano em Silverstone, construído em torno do chassi de alumínio da Aston Martin e alimentado pelo motor V8 biturbo de 4 litros, vem se mostrando muito competitivo. Só no mês de junho, conquistou vitórias no IMSA WeatherTech SportsCar Championship, na SUPER GT Series, no Nürburgring Langstrecken-Serie e no evento Road to Le Mans. Agora a Aston Martin pode somar a essa contagem a vitória nas 24 Horas de Spa-Francorchamps.

Adam Carter, Chefe de Endurance Motorsport, afirmou:


Aston Martin Vantage GT3 obtém vitória histórica nas 24 Horas de Spa-Francorchamps
Aston Martin Vantage GT3 número 34 da Walkenhorst Motorsport, quarto colocado
“Oferecemos nossos sinceros parabéns e agradecimentos à nossa parceira Comtoyou Racing por esta fantástica vitória do novo Aston Martin Vantage GT3. Sabemos desde o início da temporada do que o carro é capaz, e este desempenho em Spa foi uma combinação de excelência técnica, resistência, coragem e execução. Também gostaria de parabenizar a Walkenhorst Motorsport por um desempenho árduo que infelizmente não rendeu um pódio. O trabalho duro de todos na Aston Martin Racing já está dando frutos com um carro que ainda é tão jovem. Vencer as 24 Horas de Spa não é uma conquista pequena e, tendo em conta que só foi conquistado três vezes por um fabricante britânico nos seus 100 anos de história, e agora duas vezes pela Aston Martin, é uma das nossas maiores vitórias em corridas de longa duração”.

O melhor resultado anterior da Aston Martin na era GT3 das 24 Horas de Spa foi em 2021, quando Gunn, Sørensen e Thiim terminaram em terceiro lugar na classificação geral, tendo lutado pela liderança durante grande parte da corrida. Antes disso, o melhor resultado GT foi também o terceiro lugar em 2008, com o DBR9 GT1. Na classificação geral, a Aston Martin havia vencido pela última vez em 1948, sob regulamento diferente, com um DB1 esportivo de 2 litros dirigido pelos britânicos St John Horsfall e Leslie Johnson.

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page