top of page

Após sucesso no Dakar, Lucas Moraes se torna piloto oficial da Toyota Gazoo Racing



Depois de estrear já no pódio em seu primeiro Rally Dakar, disputado no início do ano, Lucas Moraes anunciou que passa a ser piloto oficial Toyota Gazoo Racing, além de retomar a parceria com o navegador Kaique Bentivoglio.


"O apoio da Toyota é um novo estímulo importante neste segundo semestre, quando a temporada realmente vai decolar. É a fase que define quem terá sucesso ou não. E a entrada de novos apoiadores desse nível nos dá tranquilidade de estarmos no caminho certo”, comentou Lucas Moraes.

"Estou muito animado para retomar a parceria com o Kaique. Vencemos o último Sertões e muitas outras corridas importantes juntos. Ele é garantia que nosso time terá uma navegação perfeita", acrescentou. Além da Toyota, a campanha da dupla contará com apoio de Red Bull, SpeedMax, Zapalla, Oakley e ainda a Strava.


Daniel Grespan, líder do projeto da Toyota Gazoo Racing no Brasil, celebrou a parceria com Lucas Moraes. “A estratégia de apoiar o automobilismo está no DNA da nossa área esportiva e ficamos muito honrados em celebrar a parceria com um dos maiores talentos das competições de off-road do mundo como o Lucas Moraes, que trouxe um resultado histórico para o Brasil no último Dakar com um terceiro lugar na classificação geral entre os carros”, diz Grespan.
Lucas Moraes cumprimenta Rodrigo Tauro, da Toyota Brasil
Lucas Moraes cumprimenta Rodrigo Tauro, da Toyota Brasil

Grande Momento – Moraes realmente vive um grande momento: no último final de semana, competindo com um UTV da Polaris da equipe MEM Motorsport e apoio da Red Bull, ele liderou todos os dias e venceu a quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Baja, aumentando ainda mais a liderança na classificação geral da competição.


“O Brasileiro de Baja é muito competitivo e, apesar de não utilizar o Toyota GR DKR que usei no último Dakar e na vitória do Sertões em 2022, disputar essas corridas é um grande desafio e também me ajuda a me manter afiado em termos de preparação. Por isso tudo, a vitória neste domingo, no Interior de São Paulo, foi muito especial. É mais um incentivo para buscar os melhores resultados possíveis esta temporada”, comentou o piloto

Moraes conquista novo apoiador e anuncia disputa Internacional

Os reflexos do bicampeonato do Rally dos Sertões e da melhor campanha de um estreante no lendário Rally Dakar continuam para o brasileiro Lucas Moraes. Nesta quinta-feira (13), o piloto anunciou que disputará a Baja España Aragón, prova válida pela quarta etapa do Campeonato Mundial de Rally Cross-Country, a ser realizada entre 21 e 23 de julho. Na ocasião, ele irá estrear um novo apoiador: a norte-americana Strava, principal plataforma para atletas e a maior comunidade esportiva do mundo, com mais de 110 milhões de atletas em 195 países.


"Eu já usava o app do Strava para me condicionar fisicamente. Então, já era um fã e aficionado”, comentou Lucas Moraes. “Fiquei muito feliz quando me convidaram para ser embaixador da marca, que realmente traz benefícios importantes para quem pretende chegar a um nível sofisticado de preparação pessoal. Tanto no Dakar quanto no Sertões, o condicionamento físico define muito do seu desempenho como competidor. E eu conto com a expertise da Strava para chegar ao meu máximo em termos de preparo físico, que também afeta a condição mental durante as longas horas de corrida em alta velocidade”, completou. Além do Strava, a campanha da dupla contará com apoio de Red Bull, Toyota Gazoo Racing, SpeedMax e Zapalla.

Campeonato Mundial – Moraes e Bentivoglio disputarão o Baja España Aragón a bordo de uma evolução do Toyota GR DKR Hilux T1+ da equipe belga Overdrive, mesmo carro com o qual Moraes realizou a melhor estreia de um brasileiro no Dakar. O modelo também foi utilizado pela dupla para vencer a edição 2022 do Rally dos Sertões, quando alcançaram o bicampeonato da principal prova do off-road das Américas.


Moraes estreou internacionalmente em 2022 disputando justamente o Baja Aragón, quando surpreendeu ao terminar em terceiro lugar, atrás apenas do pentacampeão do Dakar, Nasser Al Attiyah, e o experiente bicampeão mundial Yazeed Al-Rajhi.

Matias Rossi (Stock Car) posa com Moraes (centro) e Bentivoglio (direita)
Matias Rossi (Stock Car) posa com Moraes (centro) e Bentivoglio (direita)

“Como é uma etapa importante e tradicional do Campeonato Mundial, o Baja Aragón novamente vai contar com muitos dos principais pilotos e equipes que disputarão o Dakar”, disse Moraes. “Então, é uma prova ideal para nos preparar e entender qual é nosso potencial. No ano passado, essa participação foi especialmente importante, porque foi nela que fui monitorado pela equipe Overdrive, que me convidou para disputar o Dakar. Foi um dos momentos mais importantes da minha carreira”, comentou o piloto.

O Baja España Aragón vai acontecer 20 dias antes da 46ª edição do Rally dos Sertões, no qual Moraes e Bentivoglio novamente conduzirão o Toyota GR DKR Hilux T1+, dessa vez operado pela equipe MEM Motorsport – a mesma com a qual se tornaram os atuais bicampeões da prova.

“O timing será perfeito, pois voltaremos da Espanha já focados no Sertões”, disse Lucas. “Tanto na Espanha quanto no Sertões, teremos competidores de alto nível. Serão duas provas difíceis, mas daremos o nosso melhor em busca de bons resultados”, completou o piloto.

Conheça o carro que será usado pela dupla na Espanha e no Sertões:


Toyota GR DKR Hilux T1+

Ficha-Técnica

Apoio: Red Bull, Toyota, SpeedMax (PneuStore), Strava e Zapalla

Chassi: estrutura tubular em liga de aço

Carenagem: Toyota Hilux cabine dupla construída em kevlar e fibra de carbono

Tanque: 540 litros, padrão FIA FT3, cofre de fibra de carbono com contêiner de borracha deformável. Válvula de segurança anticapotagem

Medidas: 4.810mm (comprimento), 2.300mm (largura), 1.890mm (altura), 3.140mm (entreeixos)

Peso: 2.000kg sem fluídos

Motor: unidade V35A de série, 3,5 litros, gasolina, V6, biturbo. 266 kW (ou 356,4 cv) de potência e torque de 660 Nm a 5.100 rpm. Origem: Land Cruiser 300 GR Sport

Gerenciamento: MoTec com supervisão e padronização FIA da curva de potência

Transmissão: câmbio sequencial de seis marchas Sadev, engate por alavanca. Embreagem com discos cerâmicos de 215mm. Diferenciais de deslizamento limitado (dianteiro, central, traseiro)

Rodas: Evo Corse de 17 polegadas em liga leve

Pneus: BF Goodrich nas medidas 37/50R17

Suspensão: dianteira e traseira empregam triângulos duplos sobrepostos com 350mm de curso

 

Com jornalistas nos dois lados do oceano, informamos que nossos textos contêm expressões e palavras utilizadas tanto no Brasil como em Portugal, de acordo com a origem do conteúdo e o mercado principal a que se destinam.


Visite nossa Plataforma de Compra e Venda de Veículos e tenha atendimento com especialistas que vão ajudar você a realizar o melhor negócio



Gostou da matéria? – Saiba que a sua contribuição é muito importante para a realização do nosso trabalho de jornalismo independente e totalmente gratuito. Saiba como apoiar aqui


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção #Automobilismo entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

350x250.gif
300.250.png
bottom of page