top of page

Após 15 anos de domínio do Volkswagen Golf, Peugeot 208 foi o veículo mais vendido na Europa em 2022


Após 15 anos de domínio do Volkswagen Golf, Peugeot 208 foi o veículo mais vendido na Europa em 2022

O mercado europeu de carros novos registrou mais uma queda ao longo de 2022. Os dados são da consultoria especializada JATO Dynamics após avaliação dos dados de 30 mercados (UE-26 + Reino Unido, Noruega, Suíça e Islândia), onde o volume total de veículos foi 11.309.310 unidades, representando uma queda de 4,1% quando comparado com 2021, e o nível mais baixo desde 1985.


Após 15 anos de domínio do Volkswagen Golf, Peugeot 208 foi o veículo mais vendido na Europa em 2022

No ano passado, o mercado registrou 674 mil unidades a menos do que o registrado em 2020 – quando a pandemia de Covid-19 atingiu as economias da Europa – marcando um declínio de 5,6%. Em comparação com 2019, o volume total caiu 29%, com menos 4,5 milhões de novas matrículas de veículos.


Felipe Munoz, Analista Global da JATO Dynamics, comentou:

“A escassez de veículos novos na concessionárias, inflação e crise de energia se mostraram grandes desafios para o já conturbado mercado no ano passado.

As consequências da pandemia, seguidas pela escassez de semicondutores ao longo de 2021 e 2022, só foram agravadas pela invasão russa da Ucrânia e os subsequentes aumentos dos preços da energia, impactando a confiança e os gastos do consumidor”.


OEMs da China ganharam terreno

Embora continuem a desempenhar um papel menor em termos de participação de mercado, as marcas chinesas - excluindo Volvo, Polestar, Lynk & Co, (parte do Grupo Geely) e incluindo MG – fez progressos significativos em 2022. Entre todos os grupos de carros, essas marcas ganharam a maior participação de mercado, com emplacamentos saltando de 66.100 unidades em 2021 para 152.400 unidades no ano passado.


Combinadas, as marcas chinesas venderam mais do que fabricantes tradicionais, incluindo Mazda, Suzuki e Jaguar Land Rover. Uma grande proporção das vendas correspondeu a veículos projetados e fabricados pela marca chinesa MG, que viu um aumento de volume de 116% para quase 114.000 unidades, superando empresas como Jeep e Honda.


A DR Automobiles, empresa italiana que vende veículos rebatizados fabricados pela marca chinesa Chery na Espanha e na Itália, superou o Smart e o Subaru com um aumento de 197% nas matrículas, para quase 25.000 unidades. Veículos MG e DR representaram 91% do volume registrado por todas as marcas chinesas. BYD, Hongqi, Maxus, NIO, DFSK e Aiways, todos registrou mais de 1.000 unidades.


Munoz, continuou: “Uma oferta de produto competitiva e metas de vendas razoáveis estão permitindo que as marcas chinesas façam incursões no mercado automóvel europeu. O próximo passo é aumentar a conscientização e encorajar a mudança do negativo sentimento que historicamente dissuadiu alguns consumidores europeus a comprar produtos chineses”.
Após 15 anos de domínio do Volkswagen Golf, Peugeot 208 foi o veículo mais vendido na Europa em 2022

Hyundai-Kia e Toyota também tiveram bom desempenho em 2022. O primeiro viu um aumento no volume de 3,8% para 1,05 milhão de unidades – Kia foi o principal contribuinte para esses resultados, superando sua marca irmã, Hyundai. As últimas gerações do Kia Sportage e Hyundai Tucson provaram ser populares entre os consumidores, superando a oferta de SUV de outros fabricantes líderes como o Volkswagen Tiguan, Peugeot 3008 ou Nissan Qashqai.


Os resultados da Toyota devem-se em grande parte ao sucesso do primeiro ano completo do Yaris Cross – o quarto B-SUV mais vendido da Europa. A montadora japonesa garantiu a segunda posição recorde no ranking por marcas, sendo superada na Europa apenas pela Volkswagen.


Tesla continua subindo

A participação de mercado da Tesla subiu de 1,43% em 2021 para 2,06% em 2022, vendendo mais que Seat, Mini e Suzuki, e ficando atrás da Nissan por apenas 4.300 unidades.


Este crescimento foi impulsionado pelo Modelo Y, o carro elétrico mais vendido da Europa. Veículo com pouco mais de 138.000 unidades matriculadas, o SUV totalmente elétrico foi o 13º carro mais vendido da Europa em 2022 e, como esperado, a crescente popularidade do Modelo Y veio no seguimento do sucesso do Modelo 3 – 17º veículo mais matriculado na Europa em 2021.


Stellantis, Suzuki e Volkswagen declinam

Em contraste, OEMs como Stellantis, Suzuki e Grupo Volkswagen viram sua queda de participação de mercado em 2022. A queda mais significativa foi sentida pela Stellantis – caiu de 20,23% em 2021 para 18,22% em 2022.


Emplacamentos caíram 14%, para 2,06 milhões de unidades – a maior queda entre os dez maiores OEMs da Europa em volume. Todas as quatro grandes marcas sob a égide da Stellantis (Peugeot, Opel, Fiat e Citroen) registraram quedas de dois dígitos devido a problemas de abastecimento e consequente indisponibilidade de veículos em modelos chave como o Peugeot 2008 e 3008 – ao lado de veículos tradicionais como o Jeep Renegade e o Fiat 500X.Como sinal positivo o fato do Peugeot 208 carregar agora a marca do modelo mais vendido na Europa.


2022 também marcou o fim do reinado do Volkswagen Golf como o carro mais vendido na Europa. O hatchback vinha sendo o veículo mais popular no continente desde 2007.


Munoz, acrescentou: “O sucesso do Golf deve-se ao fato de que foi capaz de atender às necessidades de uma ampla gama de consumidores sem liderar em nenhum parâmetro. Mas os tempos mudam, e hoje as prioridades do consumidor são bem diferentes de alguns anos atrás."

Além dos desafios com software, o clássico modelo da Volkswagen enfrentou uma nova concorrência interna com o apetite crescente por SUVs, e a popularidade crescente de seus irmãos, o T-Roc, Tiguan, Karoq, Ateca e mais recentemente o Formentor. Embora não sejam rivais diretos, esses veículos ficam perto do Golf em termos de preços.


Nesse novo cenário o Peugeot 208 surgiu como o beneficiário direto destes novos desafios ao liderar a lista dos veículos mais vendidos. A última vez que a Peugeot liderou o mercado europeu foi em 2007, com o Peugeot 207.


O Golf caiu do 1º para o 5º lugar no ranking geral na lista dos modelos mais vendidos entre 2021 e 2022. O Dacia Sandero foi o segundo da Europa, mantendo a posição alcançada em 2021 graças à contínua e forte demanda especialmente na França. O Volkswagen T-Roc se tornou o SUV mais vendido da Europa e garantiu o 3º lugar, sendo seguido pelo Fiat 500 que voltou a ter um bom desempenho graças à sua versão elétrica.

 

Com jornalistas nos dois lados do oceano, informamos que nossos textos contêm expressões e palavras utilizadas tanto no Brasil como em Portugal, de acordo com a origem do conteúdo e o mercado principal a que se destinam.


Visite nossa Plataforma de Compra e Venda de Veículos e tenha atendimento com especialistas que vão ajudar você a realizar o melhor negócio



Gostou da matéria? – Saiba que a sua contribuição é muito importante para a realização do nosso trabalho de jornalismo independente e totalmente gratuito.


Para publicidade, apoio ou parcerias na seção #Automóveis entre em contato através do e-mail: publicidade@revistapubliracing.com.br

Comments


350x250.gif
300.250.png
bottom of page