top of page

A Alstom assina contrato de € 500 milhões para desenvolver projeto pioneiro de VLT na Arábia Saudita


A Alstom assina contrato de € 500 milhões para desenvolver projeto pioneiro de VLT na Arábia Saudita

A Alstom, assinou um contrato no valor de mais de 500 milhões de euros para o fornecimento de um veículo VLT pioneiro movido a bateria, naquela que será a linha mais longa sem catenária do mundo.


Este sistema totalmente integrado e pronto para uso consistirá em 20 unidades Citadis B de última geração movidos a bateria. A linha de 22,4 km será uma aliança sem precedentes de opulência, história e mobilidade sustentável. Servindo 17 estações construídas em locais estratégicos, facilitará o acesso aos cinco bairros históricos essenciais de AlUla, incluindo vários locais que são Património Mundial da UNESCO: Cidade Velha de AlUla (distrito 1), Dadan (distrito 2), Jabal Ikmah (distrito 3), Nabataean Horizon (distrito 4) e a cidade histórica de Hegra (distrito 5).


“Este projeto é verdadeiramente único porque combina desenvolvimento sustentável, integração num ambiente natural e uma experiência única para o passageiro, numa região rica em história e joias culturais “ - disse Mohamed Khalil, diretor administrativo da Alstom Arábia Saudita

A Alstom assina contrato de € 500 milhões para desenvolver projeto pioneiro de VLT na Arábia Saudita

A Alstom é parceira da Arábia Saudita há mais de 70 anos. A empresa apoiou a linha de alta velocidade Haramain que liga Meca e Medina, forneceu um sistema integrado de metro para as linhas 3, 4, 5 e 6 e garantiu a sua operação e manutenção. A Alstom também forneceu um sistema automatizado de transporte de passageiros para o Aeroporto Internacional King Abdulaziz em Jeddah, que está em operação desde 2020 e com operação e manutenção mantida pela Alstom desde 2022.

350x250.gif
300.250.png
bottom of page