• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Transportes Gavazzoni aponta para 10% de economia em diesel com a nova geração da caminhões da Scani


A Transportes Gavazzoni, de Concórdia (SC), está obtendo no mínimo 10% de economia de combustível com seus cinco caminhões da Nova Geração Scania. “A Gavazzoni é mais uma transportadora que vem comprovando a impressionante economia de diesel da Nova Geração, que pode chegar a até 12% em comparação com a gama anterior”, afirma Silvio Munhoz, diretor comercial da Scania no Brasil. “Com a Nova Geração de caminhões, a Scana oferece cada vez mais o produto ideal customizado com base no menor custo total de operação por km rodado. Aliado à conectividade, ao programa de manutenção adequado, o financiamento ou consórcio, mais o seguro, numa solução verdadeiramente completa ao cliente.”

A Scania faz parte da frota da Gavazzoni desde 1996. Nos últimos anos, o Scania R 440 era o carro-chefe da economia. Até que Felipe e seu pai Neori Gavazzoni, os donos da empresa, ficaram sabendo da promessa da Scania com todos os benefícios da chegada da Nova Geração. “Não pensamos duas vezes e compramos quatro R 450 e um R 500. Eles substituíram alguns R 440 mais antigos. Nesses primeiros meses de uso já estamos chegando ao mínimo de 10% de economia, em média, e ultrapassando em várias ocasiões, dependendo da topografia. Estamos impressionados pela performance”, avalia Felipe, o sócio-proprietário de apenas 32 anos.

A jovialidade do empresário impressiona também pela forma que enxerga a gestão de uma empresa de transportes. “Mantemos uma idade média baixíssima da frota. O R 440 mais velho é de 2016 e os outros de 2017 e 2018. Contratamos o plano flexível em todos os caminhões da Nova Geração, os outros também estão cobertos por programas de manutenção, além do pacote mais completo de conectividade e o serviço de Driver Coaching do Driver Services. Minha frota precisa gerar dinheiro e disponibilidade. Invisto no que for preciso para ter uma máquina de economia”, diz Felipe Gavazzoni.

“Comprovando os benefícios da conectividade nos modelos da Nova Geração, resolvi conectar os R 440 mais velhos com o programa mais completo. Ao acompanhar o desempenho no trajeto inteiro já subimos, em média, 8% na economia. Ou seja, mais rentabilidade na frota nova e na mais antiga. Nunca tive uma visão tão profunda do comportamento dos meus caminhões numa viagem. É uma nova gestão.”

Na frota de pesados, a Scania é a marca 100% escolhida pelos Gavazzoni, num total de 14 modelos (quatro R 450, um R 500 e restante de R 440). No dia a dia, 12 rodam na transferência de graneis líquidos no implemento tanque e dois na carga seca (rotas pelo Sul e Goiás).

A empresa adquiriu através da concessionária Casa Cavese (SC), mais quatro modelos R 450 e um R 500, todos 6x2.

#SCANIA #CAMINHÕES #TRANSPORTE

Laja Revista Publiracing