• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Volkswagen Fox consegue apenas três estrelas nos testes da Latin NCAP


O primeiro resultado do ano de 2019 do programa de avaliação de novos veículos para a América Latina e o Caribe, Latin NCAP, foi apresentado hoje com um resultado moderado de três estrelas para o Suran/Fox, modelo presente no mercado da América Latina e do Caribe há vários anos.

O Volkswagen Suran/Fox, produzida na Argentina (até março de 2019) e no Brasil, apenas alcançou três estrelas para a Proteção de Ocupantes Adultos e três estrelas para a Proteção de Ocupantes Infantis. O Volkswagen Fox foi avaliado em 2015 sob o protocolo anterior, conseguindo quatro estrelas para adultos e duas estrelas para a segurança das crianças.

Como foi feito anteriormente pelo Latin NCAP com outros modelos, a Suran, também conhecida como Spacefox, foi avaliada no teste de impacto lateral, sob um protocolo mais exigente. Embora a Suran/Fox tenha apresentado uma alta intrusão no impacto lateral, as leituras no peito do dummy alcançaram a pontuação necessária para obter apenas um resultado de três estrelas.

A estrutura lateral do assento, juntamente com os elementos de absorção de energia localizados na porta e no banco, ajudou o dummy a manter os valores biomecânicos críticos abaixo dos limites máximos permitidos. O Suran/Fox agora tem ancoragens ISOFIX como equipamento padrão, mas ainda oferece cintos de segurança de dois pontos na posição central traseira.

A sinalização das ancoragens ISOFIX não atende aos requisitos do Latin NCAP. O modelo não proporciona Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC) como equipamento padrão, tecnologia que o Latin NCAP entende que deveria ser padrão em 2019. O Latin NCAP recomenda considerar apenas modelos com ESC ao comprar um veículo novo.

Alejandro Furas, Secretário Geral do Latin NCAP, disse: "Quando entramos na décima fase do Latin NCAP, consideramos inaceitável que, em 2019, modelos populares ainda não ofereçam ESC como padrão, cintos de três pontos em todas as posições, proteção de pedestres, proteção de ocupantes frontal e lateral, entre outros elementos de segurança. A Volkswagen testou sua sólida política de cinco estrelas para novos modelos, que incentivamos a expandir, o mais rápido possível, para todo o leque de veículos; assim sendo, impulsionamos todas as marcas a seguir essa política. O Latin NCAP mostrou sua capacidade de direcionar o mercado para obter mais segurança muito antes e além das demandas dos governos. Se apenas testando e publicando o uso de poucos modelos da vasta quantidade disponibilizada no mercado alcançou um claro efeito positivo, testando mais modelos, sem dúvida, conseguirá melhorar toda a frota disponível mais rapidamente do que as regras dos governos e de forma voluntária. Chegou a hora de os governos apoiarem e se envolverem no programa do Latin NCAP, como fazem os governos nos NCAPs em outros mercados, a fim de melhorar as informações proporcionadas aos consumidores e acelerar a mudança no mercado".

Ricardo Morales, Presidente da Comissão Diretiva do Latin NCAP referiu “O Latin NCAP inicia o ano com um resultado com pouco sabor, já que a Volkswagen possui uma forte estratégia em termos de segurança veicular, oferecendo novos modelos com as maiores pontuações. Este é um exemplo claro de que, ao falar sobre segurança veicular, não se deve estereotipar por marca ou pela origem dos modelos. A única maneira de saber o nível de segurança é testar o veículo para informar objetivamente os consumidores. Os governos devem assumir o compromisso de impulsionar o trabalho do Latin NCAP, promovendo e apoiando a expansão de nossos testes, assegurando a sustentabilidade deles e sendo uma parte ativa do programa, a fim de salvar vidas e reduzir lesões na América Latina e no Caribe”.

#Volkswagen #LATINNCAP

Pensando em vender seu veículo? - Nós compramos !