• Keller Carvalho / Revista Publiracing E-mail:

Skank confirma datas para shows em São Paulo e Rio de Janeiro


Uma das bandas mais importantes do cenário nacional, o Skank está na estrada e segue percorrendo todo o Brasil com a turnê de seu mais recente projeto "Os Três Primeiros – Ao Vivo". O show celebra a sólida carreira e traz no repertório sucessos dos três primeiros álbuns da banda e algumas das músicas mais representativas do Skank nesse período. Entre as canções que farão parte do show, estão "Tanto", "Jackie Tequila", "Partida de Futebol", "Garota Nacional", "Tão Seu", "Pacato Cidadão", "O Homem que Sabia Demais", "Baixada News", "Sem Terra", "Eu Disse a Ela" e "Te Ver".

A tour, que já tem datas confirmadas no Nordeste, agora já tem os primeiros shows agendados no Sudeste: São Paulo, no Tom Brasil, dia 25 de maio; e Rio de Janeiro; dia 08 de junho, no Vivo Rio. Em breve mais cidades serão anunciadas.

Nessas duas cidades, Clientes Cartão Elo contarão com pré-venda exclusiva entre os dias 18 e 19 de fevereiro. A venda para o público em geral começa no dia 20 de fevereiro. Os ingressos, que podem ser parcelados em até 5x para clientes Cartão Elo e em 3x para os demais cartões, podem ser adquiridos pela internet (www.eventim.com.br em São Paulo e www.ingressorapido.com.br no Rio de Janeiro) e nas bilheterias oficiais (sem taxa de conveniência - Tom Brasil, em São Paulo; e Vivo Rio, no Rio de Janeiro). Todas informações da turnê, podem ser encontradas em www.livenation.lat

Sobre o Projeto “Os Três Primeiros”

O Skank lançou em 2018 o projeto "Os Três Primeiros – Ao Vivo". O show, gravado no Rio de Janeiro em novembro de 2017, foi lançado em DVD e CD.

A ideia do projeto surgiu durante os shows comemorativos aos 20 anos do Samba Poconé, a partir dos pedidos de canções do repertório também dos dois primeiros discos (Skank/1993 e Calango/1994). Além disso, nos anos 90, a banda não teve nenhum álbum ao vivo.

O primeiro disco foi lançado em 1992, de forma independente. Em fevereiro de 1993, depois de contratada pela Sony, a banda remixou o álbum, que vendeu 250 mil cópias. “Calango”, lançado em 1994, é o álbum em que o Skank mais se mostrou influenciado pelo dancehall jamaicano. Vendeu ao todo 1,2 milhões de cópias. Já “Samba Poconé” é o álbum mais vendido da banda e o primeiro da carreira do grupo a receber um cuidadoso lançamento no exterior. Ele foi lançado em 1996 e, ao todo, foram vendidas 1,8 milhões de cópias.

#SHOWS #LAZER #ENTRETENIMENTO