• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Emirates assina acordo para 40 Airbus 330-900s e 30 aeronaves do modelo A350-900s


A Emirates Airline anunciou hoje um pedido para 40 aeronaves A330-900 e 30 aeronaves A350-900 em um acordo assinado com a Airbus. O negócio está estimado em US$ 21,4 bilhões a preço de tabela.

As aeronaves Airbus A330neo e A350 de última geração serão entregues à Emirates a partir de 2021 e 2024, respectivamente.

Além disso, a Airbus e a Emirates chegaram a um acordo em relação às entregas pendentes do A380. A companhia aérea receberá mais 14 A380s a partir de 2019 até o final de 2021, elevando seu total de pedidos do A380 para 123 unidades.

Comentando o acordo sobre as entregas do A380, Sua Alteza Sheikh Ahmed bin Saeed Al Maktoum, Presidente e CEO da Emirates Airline e do Grupo, disse: "Após muitos meses de discussões, chegamos a um acordo com a Airbus e a Rolls-Royce".

"A Emirates tem sido uma forte defensora do A380 desde a sua criação. Embora estejamos decepcionados por ter que desistir de nosso pedido, e tristes que o programa não poderá ser mantido, nós aceitamos que esta é a realidade da situação. Para nós, o A380 é um maravilhosa aeronave, amada por nossos clientes e nossa tripulação. É um diferencial da Emirates. Nós mostramos como as pessoas podem realmente voar melhor no A380, e a Emirates ditou os parâmetros nesse aspecto, introduzindo experiências de cliente exclusivas no A380, como os nossos Shower Spas e Onboard Lounge. O A380 permanecerá como um pilar da nossa frota até a década de 2030 e, como sempre fizemos, a Emirates continuará investindo em novos produtos e serviços a bordo para que nossos clientes possam ter certeza de que a experiência do A380 da Emirates será sempre a melhor possível".

Sobre a decisão de comprar o A330Neo e o A350, Sua Alteza Sheikh Ahmed disse: "A estratégia da Emirates para operar uma frota de fuselagem larga nova, moderna e eficiente permanece inalterada. Os 40 A330neos e 30 A350s que estamos encomendando hoje complementarão o mix de frota da Emirates, apoiarão nosso crescimento de rede e nos darão mais flexibilidade para atender melhor à demanda sazonal ou pontual. Tanto o A330neo quanto o A350 desempenharão um papel importante em nossos planos futuros de frota e de rede".

Os A330neos serão implantados nos destinos regionais da Emirates e também permitirão que a companhia aérea atenda a aeroportos menores e, com isso, abra novas rotas e conectividade para sua rede global. Os A350s complementarão as operações de longa distância da Emirates, proporcionando à companhia aérea flexibilidade adicional em termos de implantação de capacidade em missões de 8 a 12 horas a partir de seu hub em Dubai.

#AVIAÇÃO #EMIRATES #TRANSPORTE

Laja Revista Publiracing