• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Fórmula E: Nissan e.dams conquista primeira pole na categoria e lidera grande parte da corrida no Ch


Primeira montadora japonesa a participar do campeonato de rua 100% elétrico, a Nissan foi um dos grandes destaques da corrida de Fórmula E realizada em Santiago do Chile neste fim de semana.

A Nissan começou a semana projetando seu carro de Fórmula E e o Nissan LEAF – o veículo elétrico campeão de vendas em todo o mundo – na fachada do Edifício Costanera, o mais alto de Santiago e também da América Latina.

Sébastien Buemi conquistou a pole e liderou dois terços da prova, nesta terceira corrida do campeonato, realizada no circuito do Parque O'Higgins.

A Nissan está usando o campeonato para demonstrar o lado da performance da Nissan Intelligent Mobility, a visão da marca para a forma como os carros são conduzidos, propulsionados e integrados à sociedade.

Na eVillage, a Nissan apresentou o maior número de atrações já oferecido aos fãs do campeonato presentes no circuito. Além de uma exposição do Nissan LEAF de produção em série, o primeiríssimo cliente de um Nissan LEAF adquirido no Chile foi convidado de honra da marca.

Antes do fim de semana de prova, a Nissan também organizou uma recepção para seus convidados da imprensa no centro de eventos Vista Santiago, que oferece vistas espetaculares da capital. Sébastien Buemi e o diretor mundial da divisão de esportes a motor, Michael Carcamo, também participaram do evento.

Já no circuito no Parque O'Higgins, Buemi registrou a segunda volta mais rápida na qualificação para a Super Pole, mas foi elevado à pole position depois que o piloto melhor qualificado sofreu uma sanção por ter cometido uma infração ao regulamento.

Logo após a largada o piloto suíço manteve a liderança, mas quando faltavam apenas 15 minutos para o final da corrida, o sistema de freios travou quando o carro passou por uma irregularidade na pista, fazendo com que Buemi fosse parar no muro, sendo obrigado a abandonar a prova.

Oliver Rowland, companheiro de equipe de Buemi, largou em 13º no grid e já ficou entre os primeiros logo no início. Ele estava firme na briga quando também colidiu contra o muro – mais uma vítima da superfície irregular da pista.

"Tivemos uma semana brilhante no Chile demonstrando a Nissan Intelligent Mobility e por apenas 15 minutos quase conseguimos fechar o dia com chave de ouro na pista", comentou o diretor mundial de esportes a Motor da Nissan, Michael Carcamo.

"Conquistar a primeira pole da Nissan e liderar a corrida por tanto tempo foi incrível, mas também vimos como estas provas podem ser difíceis até o último instante".

"Um pequeno erro resultou no final da nossa corrida, mas sabemos que temos o ritmo, sabemos que temos um excelente grupo motopropulsor, por isso já estamos totalmente focados na próxima corrida".

O EPrix deste sábado em Santiago foi o fim de semana mais difícil desta quinta temporada para os aspirantes ao título do Campeonato de Fórmula E, pois apenas 14 dos 22 pilotos que deram a largada no grid conseguiram terminar a prova.

"Foi fantástico liderar boa parte da prova, mas o que queremos é liderar a última volta. A sorte não estava do nosso lado no sábado", comentou o diretor da equipe Nissan e.dams, Jean-Paul Driot.

"Todos na equipe estão trabalhando bastante pesado e nossa velocidade em geral indica que os resultados estão logo ali. O nível da competição na quinta temporada do Campeonato de Fórmula E está muito mais acirrado do que em qualquer das temporadas anteriores, mas vamos continuar enfrentando o desafio".

"Queremos transformar nosso ritmo em resultados para a Nissan, por isso vamos dar nosso melhor no México".

A quarta perna do campeonato será organizada na Cidade do México, em 16 de fevereiro.

COMENTÁRIOS DOS PILOTOS

Sébastien Buemi

"Vou sair daqui com o que ficou de positivo. Conquistamos a pole e liderei a maior parte da prova. O carro da Nissan e.dams foi rápido e tivemos uma melhoria claramente visível em comparação com a prova de abertura do campeonato".

"Agora vamos nos recuperar deste fim de semana e nos concentrar em voltar ainda mais fortes no México".

Oliver Rowland

"A segunda sessão de treinos foi muito boa, mas eu não consegui fazer uma boa volta no setor um durante o treino classificatório e, se não fosse assim, eu poderia ter ficado entre os seis primeiros na Super Pole".

"Durante a corrida, eu estava bem e mantive a regularidade, mas no final o asfalto estava simplesmente péssimo, por isso perdi o controle e fui parar no muro".

"A parte recapeada da pista estava à mostra, em uma situação deplorável. Nunca vi nada parecido. Foi uma grande decepção, mas estou pronto para voltar com tudo na próxima prova".

A quarta prova do campeonato será organizada na Cidade do México, no dia 16 de fevereiro.

#AUTOMOBILISMO #FÓRMULAE #NISSAN

Laja Revista Publiracing
Reserve seu espaço