• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Editorial: 2018, o ano da recuperação na venda de veículos no país


Naturalmente que nosso primeiro editorial do ano de 2019 tinha que falar do fechamento do mês de Dezembro e os resultados totais de 2018 apresentados hoje pela Fenabrave, e no que se refere ao emplacamento de veículos no Brasil.

Como principal destaque, e mais uma vez, o compacto Onix da Chevrolet, que fecha seu quarto ano na liderança do mercado nacional, pulverizando a concorrência, totalizando 210 458 unidades ao longo dos últimos 12 meses, com 19 642 unidades saindo das concessionárias só no mês de Dezembro. Este impressionante fulgor representa praticamente o dobro do segundo classificado, disputa vencida pelo HB20 da Hyundai com 8 995 unidades emplacada em dezembro e 105 506 no total do ano. Destaque ainda para o bom desempenho do Renault Kwid, emplacando 7 653 unidades, pouco atrás do terceiro da lista o Ford Ka com 8 534 unidades vendidas no último mês do ano.

Cabe aqui um comentário para a matéria que iremos publicar na próxima semana e que juntou mais uma vez os dois principais protagonistas do mercado local, e onde iremos destacar o que faz o brasileiro gostar tanto dos modelos Onix e HB20.

Já nos SUVs compactos a grande surpresa de dezembro é o retorno do Jeep Renegade ao topo da lista com 5 498 unidades emplacadas. Ele superou o Hyundai Creta que totalizou 4 920 unidades, o Kicks da Nissan com 4 328 e o HR-V da Honda com 3 719, modelo que deve retomar seu desempenho após as últimas atualizações que deixaram o veículo mais interessante, inclusivamente antecipando a versão equipada com motor turbo, prevista para os próximos meses e que vai elevar a fasquia da qualidade da motorização no segmento. Ainda destaque para o Captur da Renault que teve 3 363 unidades saindo das concessionárias.

Outro segmento importante, o dos sedãs médios, mantem o inabalável Corolla da Toyota na liderança absoluta, totalizando 59 062 unidades vendidas em 2018, 5 182 só no mês de Dezembro, contra as 1 974 unidades do Honda Civic e 1 696 do Chevrolet Cruze.

Ainda antes de falar dos números totais por marca, referência para o fato da Chevrolet e Toyota, e apesar do sucesso bem consolidado dos seus modelos Onix e Corolla, já prepararem para 2019 a chegada de novas gerações dos modelos.

Olhando para o resultado por marcas, a Chevrolet termina mais um ano na frente, com 389 487 unidades emplacadas em 2018, representando impressionantes 18,53% do mercado total de veículos no Brasil, deixando na sequencia a Volkswagen, com 14,36% e totalizando 302 185 unidades, a Ford com uma taxa de participação de 9,79% após 205 845 unidades saírem das concessionárias da marca, e a Hyundai, muito próxima da marca americana, com 202 356 unidades, sendo que os carros sul-coreanos representam hoje 9,63% do mercado nacional de veículos .

Ainda como destaques, primeiro o ótimo desempenho da Renault, que aparece como quinta força, muito por conta do vigor dos modelos Sandero, do seu atual carro chefe, o pequeno Kwid, e ainda do Captur, que apesar de patinar nas vendas durante algum tempo, apresenta atualmente um bom desempenho. A marca francesa tem hoje 9,18% de participação no mercado brasileiro, seu melhor resultado até hoje, fechando o ano com 193 040 unidades emplacadas.

No sentido inverso a Fiat, que vem perdendo folego num mercado que já dominou anos atrás. Ano após ano ela vem perdendo seu espaço, isto apesar de modelos como o sedã Cronos e o HB Argo que tiveram boa aceitação nos meses iniciais, mas que no caso da versão HB já vem perdendo ritmo, inclusivamente em Dezembro, onde teve recuo nas vendas.

Com 2018 representando a consolidação da recuperação no setor, e animadas ainda pelas previsões otimistas para o ano que agora começa, as marcas retomam o fulgor de outros tempos no Brasil, com vasto espaço para crescer, num setor que mantem sua grande importância na atividade econômica e criação de emprego.

#EDITORIAL #OPINIÃO #AUTOMÓVEIS #VEÍCULOS

Laja Revista Publiracing