• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing
729X90.gif

Porsche Endurance: Com prova de 300 km definida nas voltas finais, Werner Neugebauer e Sergio Jimene


Com mais de 8 mil torcedores nas arquibancadas, primeira vez com público sem ser na prova disputada no evento da Fórmula 1, paddock agitadíssimo e o grid com a lotação máxima de 30 carros, a Porsche Império GT3 Cup Endurance Series teve sua jornada de abertura em grande estilo com os 300 km de Interlagos.

No fim do dia quem sorriu foi a dupla do carro #8, Sergio Jimenez e Werner Neugebauer. Eles cruzaram a linha de chegada com menos de um segundo de desvantagem para o carro #7 dos poles Miguel Paludo e Beto Gresse – que venceram na pista mas foram punidos com 20s em seu tempo de prova e terminaram oficialmente em terceiro lugar, atrás também da dupla Ricardo Baptista e Lucas di Grassi.

Na classe 4.0 Sport a vitória foi de Alan Hellmeister e Luca Seripieri, os atuais campeões de endurance na classe Challenge.

William Freire e Chico Horta receberam a bandeirada em primeiro lugar na classe 3.8, e a vitória na classe 3.8 Sport ficou com Alan Turres e Gil Farah.

A prova teve ritmo de corrida de sprint, com pegas intensos em todos os pelotões. E os carros de corrida mais produzidos no planeta corresponderam com louvor: nenhum dos 30 veículos sofreu panes mecânicas durante a corrida.

A próxima jornada da temporada 2018 será de Sprint, no Velo Città em 20 de setembro. O campeonato de Endurance retorna em Goiânia, para nova prova de 300 km em 13 de outubro.

O que eles disseram:

"Essa prova não foi só minha, o Jimenez trabalhou muito bem desde a quinta-feira, o Guilherme Ferro também fez um baita de um trabalho, com uma estratégia perfeita. Fiz o que tinha de fazer e entreguei o carro onde tinha de entregar. Ele terminou com um baita ritmo no fim, e também fez a parte dele, e o o resultado do trabalho desde quinta-feira veio. Uma pena o toque no fim com o Betinho, mas foi bom que o resultado foi justo, a gente já tinha passado, o Jimenez vinha voando e foi o resultado que tinha de ser. Não tem como estar mais feliz" - Werner Neugebeuer

"Em 2016 perdi o título por um ponto, em 2017 eu liderava até metade da corrida mas tivemos uma quebra, sou o maior vencedor do Endurance e estou muito contente com o resultado. Trabalhamos bem todo o fim de semana, sempre pensando no carro no fim, faltou um segundinho ou dois para sair em primeiro na foto, mas a disputa foi limpa, passei o Betinho, deixei espaço para ele mas bateu com a roda dianteira na minha traseira. A justiça foi feita e ganhamos merecidamente. Vamos ver se mantemos assim até o fim." - Sérgio Jimenez

"Quero agradecer o trabalho da Brandt, equipe e do pessoal do box. Acho que tivemos um fim de semana de bastante destaque, nos treinos quanto na classificação e durante a corrida, onde lideramos boa parte da prova. Infelizmente houve a punição e não concordamos, vamos recorrer. Fico triste com a decisão que foi tomada, foi um fim de semana positivo, disputando e conseguindo a pole em um grid muito qualificado. Acho que a decisão foi tomada de uma forma muito rápida, vamos tentar reverter a decisão e focar na próxima etapa." - Miguel Paludo

"Sem dúvida o fim de semana inteiro foi muito bom pra gente. Estávamos rápidos nos treinos, conseguimos a pole na classificação e nossa estratégia estava funcionando muito bem na corrida. Deixamos um jogo de pneu usado para o último stint e sabíamos que não teríamos um carro muito rápido, mas estava dentro do nosso plano. O Jimenez estava mais rápido que eu no final da prova, eu defendi a posição por dentro ele veio por fora e acabou acontecendo o toque. Esse toque me desequilibrou e acabou acontecendo um segundo toque, quando eu não tinha mais o controle do carro. Não concordamos com a punição e vamos recorrer do resultado, de uma forma geral fico feliz com o desempenho. Quero novamente agradecer a todos da equipe, Brandt e Bardahl e ao Miguel por me darem a oportunidade de disputar o Endurance." - Betinho Gresse

Resultado geral:

Werner Neugebauer – S. Jimenez

Ricardo Baptista – Lucas Di Grassi

Miguel Paludo – Beto Gresse

Pedro Queirolo – Vitor Baptista

JP Mauro – Bruno Baptista

Sylvio de Barros – Caca Bueno

Lico Kaesemodel – Ricardo Zonta

Luca Seripiere – Alan Hellmeister (S)

Daniel Schneider – Nelson Piquet

Rodolfo Toni – Danilo Dirani (S)

Carlos Ambrósio – Popó Bueno (S)

Marcel Coletta – Murilo Coletta

Dominique Teysseyre – Fabio Carbone (S)

Tom Filho – Rodrigo Mello (S)

Marcel Visconde – Fernando Fortes (S)

Nonô Figueiredo – Beto Leite (S)

Chico Horta – William Freire (*)

Matheus Coletta – Dennis Dirani (*)

Marcelo Brisac – Diego Nunes (*)

Adalberto Baptista – Rodrigo Baptista (S)

Alan Turres – Gil Farah (S) (*)

Alexandre Auler – Leandro Romera (S) (*)

Kreis Jr – Pedro Aguiar (*)

Maurizio Billi – Marco Billi (S) (*)

Patrick Choate – Nelson Monteiro (S) (*)

Guilherme Reischel – Pedro Boesel (S) (*)

Pedro Costa – Carlos Renaux (S) (*)

Paulo Totaro – Renan Guerra (*)

Constantino Jr – Lucas Foresti

Ramon Alcaraz – Enzo Elias (S)

Fotos: Luca Bassani

#PORSCHECUP

Laja Revista Publiracing
Planos.jpg
Reserve seu espaço