• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing

Região de Belém do Pará recebe nova estrutura náutica para atender setor em potencial


Festas náuticas movimentadas; calor de 35 graus principalmente entre maio a novembro; navegação tranquila e confortável por meio de rios, muitos deles abrigados, e com profundidade compatível para atender lanchas, iates e veleiros de diversos portes; fácil acesso para o mar; infraestrutura de bares e restaurantes flutuantes, entre outros inúmeros atrativos. Mesmo em meio à insegurança política econômica que o país vem atravessando, o grandioso potencial náutico do Norte do Brasil, como é o caso da capital do Pará e do seu entorno, tem impulsionado empresários a investirem no setor náutico para atenderem proprietários e locatários de embarcações que buscam por uma opção diferenciada e confortável de lazer.

É o caso da empresa Marina Porto Seguro que, graças à movimentação do seu empreendimento, desde 2007 em Belém, anuncia a inauguração de nova estrutura náutica no Estado, que deve ocorrer no final de julho. Trata-se da Marina Reserva Jardins, projeto com mais de 15 mil m², localizada nos arredores de Belém, próxima a outras cidades como Benfica, Marituba, Benevides, Castanhal e outras. O projeto prevê inicialmente a estruturação de 50 vagas com área de expansão para 400 vagas, localizadas no novo bairro planejado da FGR Urbanismo. Além de um píer devidamente estruturado para embarque e desembarque, a marina contará com loja de conveniência, passarela e deve gerar cerca de 90 empregos, entre diretos e indiretos.

"Belém pode ser considerado um imenso parque náutico com rios enormes, além da proximidade com a foz do Rio Amazonas que liga ao mar. Existem inúmeras opções de lazer para os navegadores, sem contar com um ótimo clima de verão durante o ano todo. Enquanto faz frio em outras regiões do país, estamos em um calor em torno de 35 graus e com grande movimentação. Além disso, em qualquer época do ano, a temperatura da água é em torno de 30 graus, independentemente de chuvas. Apostamos, por isso, na náutica de Belém e seu entorno. É o futuro. A tendência é, certamente, de crescimento", diz o diretor da Marina Porto Seguro e também a futura Marina Reserva Jardins, além de atuar da representação de vendas e locações de embarcações, Maxwell Cordeiro Moreira.

Triton Yachts é destaque no Norte do Brasil.

Entre os destaques de lanchas entre 20 a 30 pés, as que mais circulam pela região, Maxwell aponta para a marca Triton Yachts, que representa mais de 35% das embarcações localizadas nas 160 vagas da Marina Porto Seguro.

"Todos os modelos da marca são muito bem aceitos, mas a Triton 250 (open e cabinada) é um grande sucesso. Além de ser um barco com tamanho ideal aos nossos clientes, confortável e com ótima navegabilidade, a marca Triton se transformou em um objeto de desejo para o público do Norte. Acredito também que o novo modelo Triton 300 Sport, lançado recentemente ao mercado nacional, será o barco do momento, com suas características esportivas e ótimo aproveitamento de espaços", comenta o executivo da Marina Porto Seguro, empresa que representa a Triton Yachts para o norte do país desde 2010, Maxwell Cordeiro Moreira.

O diretor da Triton Yachts Allan Cechelero complementa sobre o potencial náutico brasileiro e a importância de novas estruturas para o desenvolvimento do setor. “Assim como é o caso de Belém, com esse incrível cenário natural, temos uma imensa costa e vias navegáveis interiores que proporcionam o lazer perfeito para as famílias em toda as épocas do ano. É importante, para isso, que governo e empresas, a exemplo da Marina Porto Seguro, tenham esse olhar cada vez mais apurado para a náutica, um setor que gera negócios, emprego, renda e desenvolvimento. Temos certeza que a nova Marina Reserva Jardins será um importante impulso ao mercado náutico do Norte do país, além de proporcionar momentos de lazer únicos aos nossos clientes e navegadores em geral”, destaca.

#NÁUTICA

Laja Revista Publiracing
Reserve seu espaço