• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Revista Publiracing
729X90.gif

Aliança Renault, Nissan e Mitsubishi celebra a venda de 5,54 milhões de unidades no primeiro semestr


As vendas da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, aumentaram 5,1% no primeiro semestre de 2018, quebrando um novo recorde com um total de 5.538.530 veículos.

Houve um incremento da demanda tanto no segmento de crossovers, SUVs e picapes, como de veículos elétricos e híbridos, segmentos muito importantes e onde as marcas da aliança têm produtos que se destacam.

A Renault registrou uma alta nas vendas dos modelos Clio, Captur e Scénic; já a Dacia teve um recorde no volume de vendas semestrais. A Nissan se beneficiou de uma demanda maior por seus modelos Note, Serena, X-Trail e Qashqai, enquanto a Mitsubishi registrou um incremento nas vendas do novo Eclipse Cross e do XPANDER.

As vendas de veículos elétricos (VE) da Renault e da Nissan registraram uma forte demanda. Na Europa, a participação de mercado da Renault é de 21,9%, com destaque para o ZOE e também o Kangoo Z.E., que totaliza 38% do mercado de veículos elétricos utilitários. Na Nissan, as vendas do novo LEAF chegaram a 47.000 unidades, das quais 18.000 na Europa, onde ele se tornou o veículo elétrico campeão de vendas. A Mitsubishi Motors se mantém como líder no mercado de SUVs híbridos recarregáveis, graças às vendas do Outlander.

Carlos Ghosn, CEO da Renault-Nissan-Mitsubishi, destacou que “As vendas das empresas que fazem parte da Aliança aumentaram em vários mercados, comprovando a performance e a atratividade de nossas marcas. As vendas recordes da Aliança durante o primeiro semestre de 2018 indicam que estamos no caminho certo para cumprir com os objetivos fixados pelo plano ‘Alliance 2022’”.

O plano estratégico de médio prazo “Alliance 2022” prevê vendas anuais superiores a 14 milhões de unidades até o fim de 2022, uma alta de mais de 30% em relação às 10,6 milhões de unidades vendidas pela Renault-Nissan-Mitsubishi em 2017. O plano também tem o objetivo de aprofundar a convergência entre as empresas parceiras, com plataformas e motorizações compartilhadas, além do compartilhamento de inovações tecnológicas nas áreas de veículos elétricos, conectividade e condução autônoma.

Durante o primeiro semestre de 2018, a Aliança vendeu aproximadamente um a cada nove veículos comercializados em todo o mundo.

O Grupo Renault vendeu 2,1 milhões de veículos no primeiro semestre de 2018, estabelecendo novos recordes para as marcas Renault e Dacia. Na Europa, a Renault mantém a posição de segunda marca mais vendida, sendo que o Captur ocupa a primeira posição em seu segmento.

A Nissan Motor Co. Ltd. vendeu 2,8 milhões de veículos sob as marcas Nissan, INFINITI e Datsun. Na China, as vendas da Nissan aumentaram 10,8%.

A Mitsubishi Motors vendeu 616.648 veículos em todo o mundo. Estes resultados foram alavancados pela comercialização do novo Eclipse Cross em mais de 60 países e do XPANDER (montado na Indonésia) nas Filipinas, desde abril. Destaque também para o sucesso das picapes da marca vendidas na Tailândia e do SUV Outlander, na China.

10 primeiros mercados da Aliança

1 China

2 Estados Unidos

3 França

4 Japão

5 Rússia

6 Alemanha

7 México

8 Itália

9 Brasil

10 Espanha

10 primeiros mercados do Grupo Renault

1 França

2 Rússia

3 Alemanha

4 Itália

5 China

6 Espanha

7 Brasil

8 Argentina

9 Turquia

10 Irã

10 primeiros mercados da Nissan

1 Estados Unidos

2 China

3 Japão

4 México

5 Canadá

6 Reino Unido

7 Rússia

8 Brasil

9 Espanha

10 França

10 primeiros mercados da Mitsubishi Motors

1 Indonésia

2 China

3 Estados Unidos

4 Japão

5 Austrália

6 Tailândia

7 Filipinas

8 Alemanha

9 Rússia

10 Reino Unido

Sobre a Renault-Nissan-Mitsubishi:

O Grupo Renault, Nissan Motor e Mitsubishi Motors formam uma aliança automotiva por meio da parceria intercultural mais antiga do setor. As vendas acumuladas das três empresas parceiras ultrapassaram os 10,6 milhões de veículos em quase 200 países em 2017. As empresas parceiras se baseiam na colaboração e otimização de sinergias para levar sua competitividade a um nível máximo, além de firmar acordos de colaboração estratégica com outras montadoras, incluindo a Daimler (Alemanha) e a Dongfeng (China). Esta aliança estratégica é líder na produção de veículos zero emissão e desenvolve tecnologias inovadoras com o objetivo de oferecer uma ampla gama de veículos acessíveis, equipados com recursos de condução autônoma e conectividade.

#RENAULT #NISSAN #MITSUBISHI

Laja Revista Publiracing
Planos.jpg
Reserve seu espaço